Atividade

101758 - Arte e redes sociais: da fotografia nos espaços museológicos e imagens em redes

Período:
Quinta 14:00 às 16:00
 
Descrição: Programação:

1. Arte enquanto reprodução
O impacto da criação da fotografia nos museus de arte e como as discussões sobre a reprodução da obra se relacionam com o debate atual sobre a circulação de imagens em rede.

2. Musealização do museu: o visitante como contracolecionador
A partir de uma discussão sobre a febre da memória que marcou as últimas décadas, o que acontece quando esses espaços também se tornam objeto de musealização?
Como os visitantes interferem nos discursos institucionais ao fotografar e reproduzir imagens das coleções?

3. Intervenções artísticas em redes: práticas colaborativas e inserção midiática
Exemplos de produções artísticas que nascem em redes sociais, a partir de uma discussão sobre agenciamento e estratégias de inserção e (in)visibilidade.

4. Museus em rede pós-pandemia
Análise de ações colaborativas criadas por instituições durante o fechamento de seus espaços físicos e outros desafios quando o espaço até então complementar das redes foi assumindo um protagonismo na ausência dos espaços físicos.


Sugestões iniciais de leituras:

BEIGUELMAN, Giselle; MAGALHÃES, Ana Gonçalves, Futuros Possíveis: Arte, Museus e
Arquivos Digitais, editora Peirópolis, 2014
CASTELLS, Manuel. “Museus na era da informação: conectores culturais de tempo e espaço”.
In: Revista Musas (5): 8-21, ano VII, 2011. http://www.museus.gov.br/wp-
content/uploads/2015/01/Revista-Musas-5.pdf

CRARY, Jonathan. Techniques of the observer: On vision and modernity in the nineteenth
century. MIT press, 1992.
JOSELIT, David. After Art. Princeton, NJ: Princeton University Press, 2013.
GRAHAM, Beryl. “Exhibition Histories and Futures:
The Importance of Participation and Audiences.” In A Companion to Digital Art (ed. Christiane
Paul), Wiley Blackwell, 2016
MALRAUX, André, O Museu Imaginário. Lisboa: Edições 70, 1965.
MANOVICH, Lev. Instagram and Contemporary Image (2017). Retrieved from:
http://manovich. net/index.php/projects/instagram-and- contemporary-image
GROYS, Boris. In the Flow. New York: Verso, 2016.
PAUL, Christiane. “The Database as System and Cultural Form: Anatomies of Cultural
Narratives”. In Vesna, V. (Ed), Database Aesthetics Art in the Age of Information Overflow. (p.
94- 108). London: University of Minnesota Press, 2007.
WALSH, Peter. “Rise and Fall of the Post-Photographic Museum: Technology and the
Transformation of Art.” In Theorizing Digital Cultural Heritage, ed. Fiona Cameron and Sarah
Kenderdine. Cambridge, MA, and London: MIT Press, 2007.

Carga Horária:

8 horas
Tipo: Obrigatória
Vagas oferecidas: 250
 
Ministrantes: Nathalia de Castro Lavigne


 
 voltar

Créditos
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP