Atividade

107841 - Cursos de inverno da FFLCH 2022 - O mundo em ruínas - George Orwell e Walter Benjamin

Período da turma: 02/08/2022 a 06/09/2022

Selecione um horário para exibir no calendário:
 
 
Descrição: Aula 01 – Introdução e conceitos, linha do tempo
Na nossa primeira aula veremos alguns conceitos importantes para conhecer melhor os autores analisados, Walter Benjamin e George Orwell. Montaremos uma linha do tempo dos principais eventos históricos que atravessam a obra dos autores, tendo em mente a Primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa (1914-1917). Assim faremos uma introdução a alguns conceitos importantes dentro da História, Filosofia e Literatura, como escrita política, fascismo, entre outros.

Aula 02 - Crise econômica e ascensão do fascismo
Na nossa segunda aula veremos questões sociais e históricas que envolvem o período do pós-guerra, especialmente entre os anos 1929 e 1933 na Europa. Também estudaremos a ascensão do Fascismo e os desdobramentos após a morte de Lenin e Trotsky na URSS em 1940. Analisaremos alguns conceitos utilizados por Walter Benjamin, tal como reificação, consciência de classe, além de fatos e acontecimentos históricos importantes, como a República de Weimar e a criação da Escola de Frankfurt. Tendo esse panorama em mente, veremos a experiência de George Orwell junto aos moradores de rua de Paris e Londres, e a experiência de Walter Benjamin em Paris.
Obras analisadas
George Orwell - “Na Pior em Paris e Londres” (1933) “O albergue” (1931)
Walter Benjamin - “Teses sobre o conceito de história” (1940) “Experiência e pobreza” (1933)

Aula 03 - Semelhanças e dissemelhanças
Na nossa terceira aula veremos como se deram alguns desdobramentos políticos e sociais após o pacto entre Hitler e Stalin, analisando a Segunda Guerra e os campos de concentração que se espalham pela Europa. Estudaremos alguns trechos em que Walter Benjamin e George Orwell criticam o regime stalinista, nas “Teses sobre o Conceito de História”, “A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica” e no prefácio à edição ucraniana de “Animal Farm”.
Obras analisadas
George Orwell - “Resenha de Mein Kampf” (1940) e “Prefácio à edição ucraniana de Animal Farm” (1945)
Walter Benjamin - “Teses sobre o Conceito de História” (1940), “A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica” (1936)

Aula 04 - A crítica ao progresso
Em nossa quarta aula veremos como os autores observam e comentam a relação entre progresso técnico e social na Europa, assim como o fenômeno do culto ao líder e a relação entre história e messianismo. Analisaremos os textos de Walter Benjamin que tratam a respeito da sua ruptura com Stálin e a URSS, e veremos como George Orwell construiu personagens alegóricas às figuras da Revolução Russa, na obra Animal Farm.
Obras analisadas
George Orwell - “Animal Farm” (1945) e “O que é o fascismo?” (1944)
Walter Benjamin - “Teses sobre o conceito de história” (1940) “Teorias do fascismo alemão” (1930)

Aula 05 - O reino da tecnologia
Na quinta aula veremos o panorama do pós-guerra e como os “avanços” tecnológicos ajudam a intensificar a reificação nas relações sociais. Veremos exemplos de ensaios e textos dos autores a respeito do avanço da técnica, como por exemplo no que culmina a ideia de vigilância no livro 1984.
Obras analisadas
George Orwell - “1984” (1949), trechos do diário de Orwell e cartas, trechos de “O caminho para Wigan Pier” (1937)
Walter Benjamin - “Teses sobre o conceito de história” (1940)
Theodor Adorno - “Culture Critique and Society,” (1949)

Aula 06 - Crise contemporânea
Em nossa última aula veremos como a obra de Walter Benjamin e George Orwell atuam como uma ferramenta interpretativa para a crise contemporânea, que surge de desdobramentos do neoliberalismo até o recrudescimento do neofascismo. Também veremos como a ideia do messianismo benjaminiano se baseia em seu potencial de transformação social, fazendo um paralelo com desdobramentos contemporâneos e políticos no Brasil.
Obras analisadas
Theodor Adorno - “Aspectos do novo radicalismo de direita”
Mark Fisher - “É mais fácil imaginar o fim do mundo do que o fim do capitalismo?” (2009)

Carga Horária:

12 horas
Tipo: Obrigatória
Vagas oferecidas: 120
 
Ministrantes: Caio César Rubini Pereira
Débora Reis Tavares


 
 voltar

Créditos
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP