Atividade

74566 - Como escrever um artigo científico em italiano na área de ciências humanas

Período:
Sexta 14:00 às 16:00
 
Descrição: Programa do curso
O curso visa promover capacidades, competências e atitudes que facilitem a elaboração de um artigo científico, redigido em língua italiana, na área de ciências humanas.
Na fase inicial serão propostas atividades de meta-analise que visem a identificar e a analisar os elementos “macro” que compõem um artigo cientifico, isto é: o título, o resumo, a introdução, o panorama teórico, o método, a discussão dos dados, as conclusões e a bibliografia. Logo em seguida, pretendemos criar uma primeira experiência de hétero-observação: os participantes serão convidados a analisar de forma critica uma amostra composta de artigos científicos ligados à sua própria área de pesquisa. No decorrer da fase sucessiva serão propostas atividades que ajudem a identificar e a analisar os traços linguísticos peculiares que compõem um artigo cientifico, isto é: os focalizadores, o léxico, as anáforas e as díxis, as citações diretas e indiretas e as paráfrases.
Com base na meta-analise efetuada, cada aluno será convidado a elaborar um artigo que será avaliado por meio de um processo de hétero-avaliação, realizado pelos pares. Espera-se, dessa forma, propor melhorias e possíveis planos de intervenção.

Justificativa
O fenômeno da internacionalização, ligado à globalização, é cada vez mais presente em todos os setores da vida econômica, social e cultural do país. É evidente, portanto, que sua presença seja uma realidade também no sistema educacional. Basta observar o aumento da mobilidade (na entrada e na saída) de estudantes e professores, o uso instrumental das línguas estrangeiras e o aumento exponencial de English-taught programmes na universidade, a difusão do inglês como língua franca, o crescimento de programas internacionais de intercâmbio, de estudos e de pesquisa e, não último, o surgimento, especialmente, mas não somente, em nível universitário, de ‘políticas de internacionalização’ destinadas a otimizar e valorizar esse fenômeno. Em âmbito educacional criam-se novas condições culturais e linguísticas, novas exigências e problemas, como, por exemplo, a necessidade de crescente, por parte de professores e estudantes, de difundir os resultados das suas pesquisas em revistas de impacto internacional. Nesse cenário de ampliação da natureza internacional do sistema educacional, este curso pretende desenvolver um conjunto de competências que habilitem os estudantes à redação de artigos de caráter científico em língua italiana.
Público-alvo: docentes, pesquisadores, alunos da pós-graduação e da graduação. É obrigatório possuir um nível mínimo de proficiência em italiano equivalente ao nível B2 do Quadro Europeu Comum de Referencias para as Línguas.

Bibliografia
Andorno, C. Linguistica testuale. Roma: Carocci, 2003.
Andorno, C. Focalizzatori fra connessione e messa a fuoco. Milano: Franco Angeli, 2000.
Beltramo, M. Abilità di scrittura. Torino: Paravia, 2000.
Cardoso, T.; Alarcão, I.; Antunes Celorico J. Revisão da literatura e sistematização do conhecimento. Porto: Porto Editora, 2010.
Silverman, D. Come fare ricerca qualitativa. Roma: Carocci, 2004.


CALENDÁRIO:
6 AULAS
das 14 horas as 16 horas
24 de março de 2017;
28 de abril de 2017;
5 de maio de 2017;
12 de maio de 2017;
19 de maio de 2017;
23 de junho de 2017.

Carga Horária:

12 horas
Tipo: Obrigatória
Vagas oferecidas: 20
 
Ministrantes: Roberta Ferroni


 
<<  voltar

Créditos
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP