Atividade

75785 - Oficina de Paleografia

Período:
Terça 14:00 às 17:00
Quarta 14:00 às 17:00
Quinta 14:00 às 17:00
 
Descrição: Área de concentração: Filologia e Língua Portuguesa
Carga horária: 9 horas
Duração: 3 dias

Docentes responsáveis:
Sílvio de Almeida Toledo Neto
Phablo Roberto Marchis Fachin
Vanessa Martins do Monte

Objetivo: Apresentar os conceitos básicos da Paleografia; praticar a decifração e a transcrição de textos manuscritos em português, datados do século XV ao século XVI.

Justificativa: Todo estudo filológico sobre fontes manuscritas de séculos passados depende do conhecimento das peculiaridades gráficas da escrita de cada época. A Paleografia fornece as ferramentas teóricas e a prática necessária ao pesquisador interessado em dedicar-se à leitura de manuscritos antigos. Com o intuito de despertar o interesse pela leitura e o estudo de manuscritos em português, este curso apresenta os conceitos básicos da Paleografia e introduz o aluno na prática da decifração e da transcrição de textos datados do século XV ao XVI.

Conteúdo: Conceitos básicos. Etapas da escrita manuscrita em português; Dificuldades de decifração do manuscrito. Normas de transcrição; Exercício 1: textos do séc. XV; Exercício 2: textos do séc. XVI; Exercício 3: textos dos sécs. XV a XVI.

Bibliografia
ACIOLI, V. L. C. A escrita no Brasil colônia: um guia para leitura de documentos manuscritos. Recife: UFPe; Massangana, 1994.
BURGHART, M. Album interactif de paléographie médiévale. Disponível em: http://ciham.ish-lyon.cnrs.fr/paleographie/index.php. Acesso em: 24 out. 2016.
BELLOTTO, H. L. Como fazer análise diplomática e análise tipológica de documentos de arquivo. São Paulo: Arquivo do Estado; Imprensa Oficial do Estado, 2002.
BERWANGER, A. R.; LEAL, J. E. F. Noções de paleografia e de diplomática. 3. ed. rev. e ampl. Santa Maria: Editora da UFSM, 2008.
COSTA, A. de J. da. Estudos de cronologia, diplomática, paleografia e histórico-linguísticos. Porto: Sociedade portuguesa deestudos medievais, 1992.
CRUZ, A. Paleografia portuguesa. Porto: Cadernos Portucale, 1987.
DEROLEZ, A. The palaeography of gothic manuscript books. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.
FLEXOR, M. H. O. Abreviaturas: manuscritos dos séculos XVI ao XIX. 3. ed. rev. e aum. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2008.
HIGOUNET, C. História concisa da escrita. São Paulo: Parábola, 2003.
MARTÍNEZ, T. M. Paleografía y diplomática. Madrid: Universidad Nacional de Educación a Distancia, 1991.
MEGALE, H.; TOLEDO NETO, S. de A. (org.). Por minha letra e sinal. Cotia: Ateliê, 2005.
MEGALE, H. et al. A leitura de manuscritos em português: documentação do século XVII. In: MURAKAWA, C. de A.; GONÇALVES, M. F. (org.). Novas contribuições para o estudo da história e da historiografia da língua portuguesa. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2007, p. 127-158.
SAMARA, E. de M. (org.). Paleografia, documentação e metodologia histórica. São Paulo: Humanitas, 2010.
SANTOS, M. J. A. Da visigótica à carolina. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian/Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica, 1994.
SPINA, S. Introdução à edótica. 2.ª ed. rev. e atual. São Paulo: Ars Poetica/Editora da Universidade de São Paulo, 1994.

Carga Horária:

9 horas
Tipo: Obrigatória
Vagas oferecidas: 25
 
Ministrantes: Phablo Roberto Marchis Fachin
Sílvio de Almeida Toledo Neto
Vanessa Martins do Monte


 
 voltar

Créditos
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP