Atividade

76205 - Literatura, Nação e Identidade: Introdução à literatura galega

Período:
Quinta 14:00 às 16:00
 
Descrição: LITERATURA, NAÇÃO E IDENTIDADE: INTRODUÇÃO À LITERATURA GALEGA

Analisar-se-á, a partir de diferentes textos literários, o processo de reconhecimento/criação e consolidação de uma identidade galega diferenciada desde o período medieval até a atualidade. Será dada especial atenção ao papel que a língua e os processos político-culturais tiveram nesse processo de construção identitária.
1. Literatura galega e identidade: definições, caracterização e periodização.
2. O esplendor medieval: lírica e prosa galego-portuguesa
3. Séculos XVI-XVIII. Produção literária entre luzes e sombras: Os “Séculos Escuros” e o Ilustrados galegos.
4. Século XIX: O Ressurgir cultural e político-identitário
4.1. Provincialismo e os Precursores
4.2. Regionalismo e Agrarismo
5. Século XX
5.1. Do Regionalismo ao Nacionalismo: celtismo, atlantismo e ideário nacionalista
5.2. Europeização da cultura galega: as vanguardas
5.3. Ditadura e repressão franquista (1936-1975).
a) Literatura galega no interior: A resistência cultural
b) Literatura e Diáspora: literatura, cultura e identidade galega no exterior
5.4. Finais do séc. XX: Caminhando cara á democracia
6. Literatura galega atual: tendências e novas produções.
7. Gênero e cânone na literatura galega

Textos que serão trabalhados:
Rosalía de Castro: Follas Novas
Curros Enríquez, Aires da miña terra
Ramón Otero Pedrayo: Arredor de si

Bibliografia:
ALONSO MONTERO, X. (1997), Os poetas galegos e Franco. Estudio e antoloxía. Madrid, Akal.
BARREIRO, X. R. (1981), Historia de Galicia. IV. Edade Contemporánea, Vigo, Galaxia.
BHABHA, Homi K. (1990), Nation and Narration. London-N.Y., Routledge.
FRATESCHI VIEIRA, Y. (1996), Antologia de poesia galega, Campinas, UNICAMP.
FREITAS JUVINO, Mª Pilar (2008): A represión lingüística en Galiza no Século XX, Vigo, Xerais.
GONZÁLEZ BERAMENDI, J. - NÚÑEZ SEIXAS, X.M. (1995), O nacionalismo galego, Vigo, A Nosa Terra.
GONZÁLEZ MILLÁN, X., (2000). Resistencia cultural e diferencia histórica, Barcelona, Sotelo Blanco.
HERMIDA, C. (1992): Os precursores da normalización. Defensa e reivindicación da lingua galega no Rexurdimento (1840-1991), Vigo, Xerais.
MÁIZ, B. (1988), Galicia na II República e baixo o franquismo, Vigo, Xerais,.
MÉNDEZ-FERRÍN, X. L. (1984): De Pondal a Novoneyra, Vigo, Xerais.
MONTEAGUDO, H. (1999), Historia social da lingua galega, Vigo, Xerais.
NÚÑEZ SEIXAS, X. M. (1992), O galeguismo en América, 1879-1936. Sada, Ed. Do Castro.
RODRÍGUEZ FER, C. (1989), Poesía galega. Crítica e metodoloxía, Vigo, Xerais.
SEOANE, X. (1994), Reto ou rendición. Unha aproximación aos presupostos teóricos e criativos da arte galega, Sada, Do Castro.
SETHI, Rumina (1999), Myths of the Nation: National Identity and Literary Representations. Clarendon Press.
SIXIREI PAREDES, C. (1995): Galeguidade e cultura no exterior, Santiago de Compostela, Xunta de Galicia.
VÁZQUEZ CORREDOIRA, F. (1998): A construção da língua portuguesa frente ao castelhano. O galego como exemplo a contrario. Vigo, Laiovento.
VILANOVA, F. M. (1998), A pintura galega (1850-1950), Vigo, Xerais.
VILAVEDRA, D. (1999), Historia da literatura galega, Vigo, Xerais.

Carga Horária:

45 horas
Tipo: Obrigatória
Vagas oferecidas: 45
 
Ministrantes: Gabriel Torres Madureira


 
<<  voltar

Créditos
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP