Atividade

78832 - A obra literária e crítica de Elena Ferrante

Período:
Quinta 13:00 às 14:30
 
Descrição: Serão lidos e comentados trechos dos livros: La frantumaglia, Um amor incômodo, A filha perdida e a tetralogia A amiga genial (A amiga genial; História do novo sobrenome; História de quem foge e de quem fica; História da menina perdida). O curso será ministrado em português, com leitura dos textos de Ferrante na tradução em português e em italiano e com bibliografia crítica.

BIBLIOGRAFIA:

Obras literárias
FERRANTE, Elena. A amiga genial. São Paulo: Biblioteca Azul, 2015. 1 ed.
_______________. História do novo sobrenome. São Paulo: Biblioteca Azul, 2016. 1 ed.
_______________. História de quem foge e de quem fica. São Paulo: Biblioteca Azul, 2016. 1 ed.
_______________. História da menina perdida. São Paulo: Biblioteca Azul, 2017. 1 ed.
_______________. História do novo sobrenome. São Paulo: Biblioteca Azul, 2016. 1 ed.
_______________. Um amor incômodo. São Paulo: Intrínseca, 2017. 1 ed.
_______________. A filha perdida. São Paulo: Intrínseca, 2016. 1 ed.
_______________. La frantumaglia. Nuova edizione ampliata. Roma: edizioni e/o, 2016. 1 ed.

Crítica
BADINTER, Elizabeth. O mito do amor materno. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985.
BERMAN, Antoine. Bildung et Bildungsroman. Le temps de la réflexion, v. 4, Paris, 1984.
CHODOROW, Nancy. The reproduction of mothering. Los Angeles: University of California Press, 1999. 2 ed.
COELHO, Nelly Novaes. A literatura feminina no Brasil contemporâneo. São Paulo:
Siciliano, 1993.
____________________. O discurso em crise na literatura feminina portuguesa in Via Atlântica. São Paulo, n. 2, p. 121–128, julho de 1999.
KRISTEVA, JARDINE E BLAKE. Julia, Alice e Harry. Women's Time in Signs. Vol. 7, No. 1 (Autumn, 1981), pp. 13-35. The University of Chicago Press
LAZZARO-WEIS, Carol. The Female "Bildungsroman": Calling It into Question in NWSA Journal. Vol. 2, No. 1 (Winter, 1990), pp. 16-34., The Johns Hopkins University Press.
MILKOVA, Stiliana. Mothers, Daughters, Dolls: On Disgust in Elena Ferrante’s La figlia oscura in Italian culture. Vol. XXXI, No. 2, Setembro 2013, 91–109.
MORETTI, Franco. Il romanzo di formazione. Torino: Einaudi, 1999.
SANTOVETTI, Olivia. Lettura, scrittura e autoriflessione nel ciclo de L'amica geniale di Elena Ferrante in Alegoria 73. Anno XXVIII, terza serie, No. 73, gennaio/giugno 2016.
SAMBUCO, Patrizia. Construction and self-construction in Elena Ferrante's gendered space in S. Storchi (Ed.), Beyond the Piazza: Public and Private Spaces in Modern Italian Culture (pp. 115 - 127). Brussels Belgium: Peter Lang.
________________. Corpi e linguaggi: il legame figlia-madre nelle scrittrici italiane del novecento. Padova: Il poligrafo, 2014. 1 ed.
________________. Elena Ferrante's L'amore molesto: The renegotiation of mother's body in Corporeal Bonds: the daughter-mother relationship in twentieth century Italian women's writing. Toronto: University of Toronto Press, 2012. 1 ed.

Carga Horária:

9 horas
Tipo: Obrigatória
Vagas oferecidas: 50
 
Ministrantes: Mariana Cristine de Almeida


 
 voltar

Créditos
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP