Atividade

84241 - Seminários de Processos Assistenciais - Educação Física

Período:
Sexta 8:00 às 18:00
 
Descrição: 1- Ementa: desenvolve o planejamento, apresentação e discussão de Seminários relacionados aos processos assistenciais para o profissional de Educação Física.

2- Referências

AMARANTE, Paulo Duarte de Carvalho. A trajetória do pensamento crítico em saúde mental no Brasil: planejamento na desconstrução do aparato manicomial. In: KALIL, Maria Eunice Xavier. (Org.). Saúde mental e cidadania no contexto dos sistemas locais de saúde. São Paulo: Hucitec, 1992. P. 103-119.

AMARANTE, Paulo Duarte de Carvalho. Saúde Mental e Atenção Psicossocial. Rio de Janeiro:
FIOCRUZ, 2007.

BAGRICHEVSKY, Marcos; OLIVEIRA, Alexandre Palma de; ESTEVÃO, Adriana (Org.). A saúde em
debate na Educação Física. Blumenau: Edibes, 2003. v. 1.

BASAGLIA, Franco et al. Considerações sobre uma experiência comunitária. In: BASAGLIA, Franco.
Escritos selecionados em saúde mental e reforma psiquiátrica. Organização de Paulo Amarante.
Rio de Janeiro: Garamond, 2005. p. 11-40.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 336 estabelece CAPS I, CAPS II, CAPS III, CAPS i
II e CAPS ad II. Brasília, DF: 19 fev. 2002. Disponível em: http://dtr2004.saude.gov.br/susdeaz/
legislacao/arquivo/39_Portaria_336_de_19_02_2002.pdf. Acesso em: 29 jun. 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas
Estratégicas. Saúde mental no SUS: os centros de atenção psicossocial. Brasília: Ministério da
Saúde, 2004.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Lei n. 10.216 de 6 de abril de 2001. Dispõe sobre
a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo
assistencial em saúde mental. Diário Oficial da União, Brasília, DF: 9 abr. 2001, p. 2.

CHIAVERINI, Dulce Helena (Org.). Guia prático de matriciamento em saúde mental. [Brasília, DF]:
Ministério da Saúde. Centro de Estudo e Pesquisa em Saúde Coletiva, 2011.

CHIZZOTTI, Antonio. Pesquisa em ciências humanas e sociais. 11. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

CIRQUEIRA, Márcio Vinicius B. Reflexões acerca da cultura corporal no espaço de atenção à Saúde
Mental. In: RABELO, Ionara Vieira; TAVARES, Rosane C; FARIA, Yuse R. A. de (Org.). Olhares experiências de CAPS: Centro de Atenção Psicossocial. Goiânia: Kelps, 2009. p. 53-66.

FRAGA, Alex Branco. Exercício da informação: governo dos corpos no mercado da vida ativa.
Campinas: Autores Associados, 2006.

FREITAS, Fabiana Fernandes de; BRASIL, Fernanda Kundrát; SILVA, Cinthia Lopes da. Práticas
Corporais e saúde: novos olhares. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 27, n. 3,
p. 169-183, maio 2006.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2008.

GOFFMAN, Erving. Manicômios, prisões e conventos. Tradução Dante Moreira Leite. 7. ed. São
Paulo: Perspectiva, 2001. (Coleção Debates).

LEMKE, Ruben Arthur; SILVA, Rosane Azevedo Neves da. A busca ativa como princípio político das
práticas de cuidado no território. Revista Estudos e Pesquisas em Psicologia, Rio de Janeiro, v. 10,
n. 1, p. 281-295, 2010.

MINAYO, Maria Cecília de. Souza. Ciência, Técnica e Arte: o Desafio da Pesquisa Social. In:
MINAYO, Maria Cecília de. Souza. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis:
Vozes, 1994. p. 9-15.

MIRA, Carlos Magallanes. Exercício físico e saúde: da crítica prudente. In: BAGRICHEVSKY, Marcos;
OLIVEIRA, Alexandre Palma de; ESTEVÃO, Adriana (Org.). A saúde em debate na Educação
Física. Blumenau: Edibes, 2003. v. 1, p.169-191.

NIEL, Marcelo; SILVEIRA, Dartiu Xavier da. Drogas e redução de danos: uma cartilha para profissionais de saúde. Programa de Orientação e Atendimento a Dependentes (PROAD). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Ministério da Saúde. São Paulo, 2008. Disponível em:< https://www.google.com.br/?gws_
C+Marcelo%3B+SILVEIRA%2C+Dartiu+Xavier+da.+Drogas+e+redu%C3%A7%C3%A3o+de+danos>. Acesso em: 19 mar. 2014.

WACKS, F. Educação física e saúde mental: uma prática de cuidado emergente em Centros de
Atenção Psicossocial (CAPS). Dissertação (Mestrado) - Escola de Educação Física, Universidade
Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

Carga Horária:

104 horas
Tipo: Obrigatória
Vagas oferecidas: 1
 
Ministrantes: Adriano Nascimento Silva
Marcia Aparecida Ferreira de Oliveira


 
 voltar

Créditos
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP