Atividade

86451 - História da Geografia no Brasil

Período:
Terça 18:30 às 20:30
 
Descrição: Conteúdo:

Aula 1: Expedições científicas e saberes geográficos antes da institucionalização do curso
universitário de geografia
Aula 2: A fundação da cadeira de Geografia na Universidade de São Paulo
Aula 3: Formação do curso de Geografia no Rio de Janeiro
Aula 4: O planejamento territorial brasileiro (1940-1950)
Aula 5: A geografia do IBGE durante a ditadura militar
Aula 6: Controvérsias em torno da separação do curso de Geografia e História
Aula 7: Concepção de capitalismo antes e depois da geografia crítica (1950-1960): longa duração, atores e ideias.

Forma de Avaliação:
Participação no debate, problematização.


Bibliografia básica:
ABRANTES, V. Fragmentos de memória das pesquisas geográficas de campo no IBGE
(1939-1968): imagens e representações numa abordagem da história oral. Rio de Janeiro: Abrantes,
2000.
ADAS, S. O campo do geógrafo: colonização e agricultura na obra de Orlando Valverde
(1917-1964). Tese. Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas,
Departamento de Geografia, 2 vols. São Paulo: 2006.
ALMEIDA, Roberto Schmidt de. A Geografia e os Geógrafos do IBGE no período de
1938-1998. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Geociências. Tese de doutorado.
Rio de Janeiro, 2000.
ARANHA, Patricia. Geografia como profissão: campo, auto-representação e historiografia
(1934-1955). Tese de Doutorado em História Social. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio
de Janeiro, 2017.
DANTES, Maria Amélia. Espaços da ciência no Brasil. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz,
2001.
CONTEL, Fábio. “As divisões regionais do IBGE no século XX (1942, 1970 e 1990)”, Terra
Brasilis (Nova Série) [Online], 3 | 2014, posto online no dia 26 Agosto 2014, consultado em 06
Abril 2017. URL : http://terrabrasilis.revues.org/990 ; DOI : 10.4000/terrabrasilis.990.
FERREIRA, Marieta de Moraes. A História como Ofício: a constituição de um campo
disciplinar. Rio de Janeiro: FGV, 2013
GUIMARÃES, Lúcia Maria Paschoal. Debaixo da imediata proteção de Sua Majestade
Imperial: o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (1838-1889). Revista do IHGB, Rio de
Janeiro: n. 388, 1995.
_________. Da escola palatina ao silogeu: Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro
(1889-1938). Rio de Janeiro: Museu da República, 2007.
IUMATTI, Paulo (Org.); SEABRA, Manoel (Org.); HEIDEMANN, Dieter (Org.). Caio
Prado Jr. e a Associação dos Geógrafos Brasileiros. São Paulo: EDUSP, 2008. v. 1.
LIRA, Larissa Alves de, « Pierre Monbeig (1908-1987) », Terra Brasilis (Nova Série) [En
ligne], 9 | 2017, mis en ligne le 29 décembre 2017, consulté le 18 juin 2018. URL : http://
journals.openedition.org/terrabrasilis/2236 ; DOI : 10.4000/terrabrasilis.2236
LIRA, L. A. A inserção do Brasil no sistema-Terra, na totalidade-mundo e na economia
mundial, segundo a geografia regional: de Vidal de la Blache a Pierre Monbeig (1911-1957).
Geousp – Espaço e Tempo (Online), v. 21, n. 3, p. 793-811, dez. 2017. ISSN 2179-0892
LIRA, L. A. A controvérsia da regionalização do Brasil de 1941: Pierre Monbeig e os
geógrafos do Conselho Nacional de Geografia; The controversy of the regionalization of Brazil of
1941: Pierre Monbeig and the geographers of the National Geography Council. No prelo.
MOREIRA, Ruy. O pensamento geográfico brasileiro: I - as matrizes clássicas originárias.
SP: Contexto, 2008.
NUNES PEREIRA, Sergio. Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro: origens, obsessões e
conflitos (1883-1944). Tese de Doutorado em Geografia (Geografia Humana). Universidade de São
Paulo, 2003.
PENHA, E. A. A criação do IBGE no contexto de centralização política do Estado Novo. Rio
de Janeiro: Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 1993.
SÁ, Dominichi Miranda de; SÁ, Magali Romero; LIMA, Nísia Trindade. Telégrafos e
Inventário do Território no Brasil: as atividades científicas da Comissão Rondon (1907-1915).
História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro: v.15, 2008.
SCWARCZ, Lilia Moritz. Os guardiões de nossa história oficial, os institutos históricos e
geográficos brasileiros. São Paulo: Idesp, 1989.
SOUSA NETO, M. F. de. Planos para o Império. Os planos de viação do Segundo Reinado
(1869-1889). São Paulo: Alameda, 2012.

Carga Horária:

14 horas
Tipo: Obrigatória
Vagas oferecidas: 47
 
Ministrantes: Larissa Alves de Lira
Patricia Marinho Aranha


 
 voltar

Créditos
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP