Disciplina Discipline ARQ5012
Arqueologia dos Animais

Archaeology of animals

Área de Concentração: 71131

Concentration area: 71131

Criação: 18/12/2017

Creation: 18/12/2017

Ativação: 18/12/2017

Activation: 18/12/2017

Nr. de Créditos: 4

Credits: 4

Carga Horária:

Workload:

Teórica

(por semana)

Theory

(weekly)

Prática

(por semana)

Practice

(weekly)

Estudos

(por semana)

Study

(weekly)

Duração Duration Total Total
4 1 1 10 semanas 10 weeks 60 horas 60 hours

Docente Responsável:

Professor:

Levy Figuti

Objetivos:

Introduzir os princípios da Zooarqueologia. Noções de Identificação anatômica e taxonomica. Introdução aos métodos e análises quantitativas e qualitativas. O uso dos dados na Interpretação ambiental e cultural dos contextos arqueológicos.

Justificativa:

Os restos de animais em sítios arqueológicos constituem um dos registros mais interessantes para arqueologia, acessando diretamente dados sobre o ambiente, tecnologia, economia, etc. Entretanto dada a diversidade do reino animal, esses estudos requerem uma especialização intensa, neste curso esperamos fornecer alguns rudimentos para o reconhecimento desses materiais em campo e em laboratório, e para compreensão dos estudos de zooarqueologia.

Conteúdo:

1)O que é a Zooarqueologia. 2) Vestígios faunísticos. O que é? Quem é? Princípios de identificação anatômica e taxonômica - Vertebrados; crânios e dentes, Membros,Corpo.- Invertebrados; Conchas e carapaças. Identificação anatômica e taxonômica. 3) Estado dos vestígios. - Tafonomia; Fragmentação, Queima, Traços. - Indústria osteodontoqueratomalacológica. 4)Tipos de análise:.Com quantos ossos se faz um bicho? Noções de quantificação. - Amostragem. Índices de abundância relativa; NPI,NMI, Peso. - Estimativa de matéria comestível; Peso médio, Alometria. Interpretação ambiental. 5) Estórias da caça: Ambiente. - Sexo e idade. - Comportamento dos animais. Interpretação cultural. Estórias do caçador: Homem – presa, Homem-caçador, Homem-pastor

Forma de Avaliação:

Apresentação de Seminário e resenha.

Observação:

Bibliografia:

GRAYSON, D.K. 1984 - Quantitative zooarchaeology. Orlando, Academic Press. DAVIS, SIMON J.M. 1987 - The Archaeology of Animals. Yale University Press. O'CONNOR,T.2000. The Archaeology of animals bones. Texas A & M University Press. REITZ, E.J. & WING, E.S. 1999. - Zooarchaeology. Cambridge University Press. LYMAN, R.L. 1994. - Vertebrate Taphonomy. Cambridg University Press. HILSON, S. 1990. - Teeth. Cambridg University Press. DIAMOND, J. 1997 - Armas, Germes e Aço - Os Destinos das Sociedades Humanas. Ed. Record.