Disciplina Discipline ARQ5038
Teoria Arqueológica II

Archaeological theory II

Área de Concentração: 71131

Concentration area: 71131

Criação: 18/12/2020

Creation: 18/12/2020

Ativação: 18/12/2020

Activation: 18/12/2020

Nr. de Créditos: 4

Credits: 4

Carga Horária:

Workload:

Teórica

(por semana)

Theory

(weekly)

Prática

(por semana)

Practice

(weekly)

Estudos

(por semana)

Study

(weekly)

Duração Duration Total Total
6 0 0 10 semanas 10 weeks 60 horas 60 hours

Docentes Responsáveis:

Professors:

Eduardo Goes Neves

Fabiola Andrea Silva

Objetivos:

Este curso tem como objetivo evidenciar o debate teórico contemporâneo na arqueologia. Isto será realizado a partir da leitura e discussão de textos teóricos e de trabalhos arqueológicos que exemplificam a relação entre a teoria e a interpretação dos dados arqueológicos.

Justificativa:

Proporcionar aos alunos o contato com as diferentes proposições teóricas que embasam a disciplina arqueológica na contemporaneidade; Incentivar nos alunos a reflexão sobre a relação entre a teoria, a prática e os dados arqueológicos; Dar condições aos alunos de fundamentar teoricamente suas pesquisas.

Conteúdo:

1. Tendências teóricas da arqueologia na contemporaneidade 2. O objeto de estudo da arqueologia 3. O tempo e a temporalidade arqueológica 4. Temas de estudo na arqueologia contemporânea 5. Arqueologias pós-coloniais 6. O futuro da arqueologia

Forma de Avaliação:

Observação:

A bibliografia do curso poderá ser alterada periodicamente com o objetivo de contemplar as possíveis renovações do debate teórico na arqueologia.

Bibliografia:

ALBERTI, B. Archaeologies of ontology. Annual Review of Anthropology, 45:163-79. 2016. ANTHONY, D. The Archaeology of Language, in: The Horse, the Wheel and Language: how Bronze-Age Riders from the Eurasian Steppes shaped the Modern World, Princeton: Princeton University Press. 2007. COLWELL, C. Collaborative archaeologies and descendant communities. Annual Review of Anthropology, 45:113-27. 2016. GONZÁLEZ-RUIBAL, A.; Pablo Alonso González e Felipe Criado-Boado Against reactionary populism: towards a new public archaeology, Antiquity 362: 507-515. 2018. HAMILAKIS, Y. Archaeological Ethnography: A Multitemporal Meeting Ground for Archaeology and Anthropology, Annual Review of Anthropology 40: 399–414. 2011. HABER, A. Decolonizing archaeological thought in South America. Annual Review of Anthropology, 45:469-85. 2016. HARRISON, R. Arqueologias de futuros e presents emergentes. Vestígios. Revista Latino-Americana de Arqueologia Histórica, 12(2):82-104. 2018. LUCAS, G. The unburied. On archaeological objects and objectives. Archaeological Dialogues, 25(1): 21-25. 2018. OLSEN, B. After interpretation: remembering archaeology. Current Swedish Archaeology, 20:11-34. 2012. TRIGGER, B. The Future of Archaeology is the Past, in: Time and Traditions: Essays in Archaeological Interpretation, New York: Columbia University Press, 37-52. 1978.

Tipo de oferecimento da disciplina:

Presencial

Class type:

Presencial