Disciplina Discipline RMS5775
Métodos de Avaliação da Dieta em Estudos Epidemiológicos

Methods of Assessment of Dietary Intake in Epidemiological Studies

Área de Concentração: 17139

Concentration area: 17139

Criação: 15/12/2023

Creation: 15/12/2023

Ativação: 15/12/2023

Activation: 15/12/2023

Nr. de Créditos: 4

Credits: 4

Carga Horária:

Workload:

Teórica

(por semana)

Theory

(weekly)

Prática

(por semana)

Practice

(weekly)

Estudos

(por semana)

Study

(weekly)

Duração Duration Total Total
2 2 2 10 semanas 10 weeks 60 horas 60 hours

Docentes Responsáveis:

Professors:

Daniela Saes Sartorelli

Lívia Castro Crivellenti

Objetivos:

Capacitar os(as) pós-graduandos(as) a reconhecer os principais métodos de avaliação da dieta empregados em estudos epidemiológicos; contextualizar e discutir as limitações dos métodos de estimativa da dieta; aplicar e direcionar o conteúdo da disciplina ao projeto de pesquisa e/ou interesse pela temática; permitir uma avaliação crítica sobre a análise do consumo alimentar e estimativa da dieta

Justificativa:

Sabe-se que os estudos epidemiológicos constituem como um dos pilares fundamentais para fomentar a tríade em Sáude Coletiva (Planejamento, Política e Gestão). Nesse contexto, a escolha de um método apropriado ao desenho do estudo é um passo crucial para uma investigação epidemiológica. Portanto, a compreensão de metódos de avaliação da dieta em estudo epidemiológicos é de grande relevância, pois requer o emprego de métodos que tenham precisão e acurácia para sua devida aplicabilidade na investigação entre a dieta e desfechos de saúde. Além disso, esta exposição ambiental (dieta) é de natureza complexa e o aprimoramento da qualidade dos dados se faz necessário

Conteúdo:

1. Limitações dos métodos de estimativa da dieta. 2. Eleição do método de estimativa da dieta segundo desenho e objetivos do estudo. 3. Desenvolvimento, reprodutibilidade e validação de questionários de frequência alimentar. 4. Correção de erros de medida da dieta. 5. Multiple Source Method (MSM). 6. Simulação prática com uso do MSM.

Content:

1. Limitations of methods of dietary intake assessment 2. Election of the method of evaluation of dietary intake assessment according to study design and objectives. 3. Development, reproducibility, and validation of food frequency questionnaires. 4. Correction of dietary measurement errors. 5. Multiple Source Method (MSM) 6. Simulação prática com uso do MSM.

Forma de Avaliação:

Apresentação de seminários e um relatório final

Observação:

Atividades: serão desenvolvidas remotamente, de maneira síncrona e com tempo contínuo máximo de 4 horas. Plataformas utilizadas: Moodle e Google Meet. Materiais e conteúdo: Artigos científicos, capítulos de livros digitalizados e simulação com o software MSM. Controle da frequência nas aulas: Recurso disponível no Moodle. Metodologia e critérios de avaliação: O objetivo principal da avaliação será contemplar o aprendizado (cognitivo); aplicação do conhecimento (habilidades); e interação com o grupo/desenvolvimento de postura e responsabilidade profissional (atitudinal). A metodologia empregada na avaliação será apresentação e discussão de seminários sobre o conteúdo abordado na disciplina e entrega de um relatório final, com o relato das contribuições da disciplina para o projeto de pesquisa dos(as) pós-graduandos(as). Os critérios de avaliação serão: capacidade argumentativa e domínio do conteúdo; capacidade de síntese; capacidade de comunicação; e clareza e domínio da língua culta.

Bibliografia:

1. Willett WC (org). Nutritional Epidemiology. New York: Oxford University Press, Inc; 1990. 2. Fisberg RM, Slater B, Marchioni DML, Martini LA (org). Inquéritos alimentares: métodos e bases científicos. São Paulo: Manole; 2005. 3. Dietary Assessment Primer, Section Name. National Institutes of Health, National Cancer Institute. (https://dietassessmentprimer.cancer.gov/). 4. Cardoso MA. Desenvolvimento, validação e aplicações de questionários de freqüência alimentar em estudos epidemiológicos. In: Kac G, Sichieri R, Gigante DP (org). Epidemiologia Nutricional. Rio de Janeiro/ São Paulo: FIOCRUZ/ Atheneu, 2007. 5. Cardoso MA, Olinto MTA, Sichieri R. Methodological advances in population studies of food and nutrition. Cad Saúde Pública 2010; 26(11): 2011-2204. 6. Cade JE, Burley VJ, Warm DL, Thompson RL, Margetts BM. Food frequency questionnaires: a review of their design, validation and utilization. Nutr Res Rev. 2004;17:5–22. 7. Haubrock J, Nothlings U, Volatier JL, Dekkers A, Ocké M, Harttig U, Illner AK, Knuppel S, Andersen LF, Boeing H, European Food Consumption Validation Consortium. Estimating usual food intake distributions by using the multiple source method in the EPIC-Potsdam Calibration Study. J Nutr 2011; 141: 914-920. 8. Harttig U, Haubrock J, Knuppel S, Boeing H, EFCOVAL Consortium. The MSM program: web-based statistics package for estimating usual dietary intake using the Multiple Source Method. Eur J Clin Nutr 2011; 65 (Suppl 1): S87-91. 9. Sartorelli DS, Barbieri P, Perdoná GCS. Fried food intake estimated by the multiple source method is associated with gestational weight gain. Nutr Res. 2014; 34: 667-673. 10. Freedman LS, Midthune D, Carroll RJ, Tasevska N, Schatzkin A, Mares J, Tinker L, Potischman N, Kipnis V. Using regression calibration equations that combine self-reported intake and biomarker measures to obtain unbiased estimates and more powerful tests of dietary associations. Am J Epidemiol. 2011; 174(11):1238-45. 11. Carroll RJ, Midthune D, Subar AF, Shumakovich M, Freedman LS, Thompson FE, Kipnis V. Taking advantage of the strengths of 2 different dietary assessment instruments to improve intake estimates for nutritional epidemiology. Am J Epidemiol. 2012; 175(4):340-7. 12. Sartorelli DS, Barbieri P, Perdoná GCS. Fried food intake estimated by the multiple source method is associated with gestational weight gain. Nutr Res. 2014; 34: 667-673.

Idiomas ministrados:

Português

Languages taught:

Portuguese

Tipo de oferecimento da disciplina:

Não-Presencial

Class type:

Não-Presencial

Informações adicionais do oferecimento da disciplina:

I. A porcentagem da disciplina que ocorrerá no sistema não presencial (1% a 100%): 100%. II. Detalhamento das atividades que serão presenciais e das que serão desenvolvidas via remota, com discriminação do tempo de atividade contínua online: Todas as atividades serão desenvolvidas remotamente, com tempo contínuo máximo de 4 horas. III. As aulas, quando online, serão síncronas ou assíncronas? As aulas serão síncronas. IV. Descrição do tipo de material e/ou conteúdo que será disponibilizado para o aluno: Artigos científicos, capítulos de livros (digitalizados) e simulação com o software Multiple Source Method. Todo conteúdo da disciplina, materiais e instruções sobre as atividades desenvolvidas serão disponibilizados no Moodle. V. A plataforma que será utilizada: Moodle e Google Meet. VI. Definição sobre a presença na Universidade e, quando necessária, discriminar quem deverá estar presente (professora/professor; aluna/aluno; ambos): Professora. VII. Descrição dos tipos e da frequência de interação entre aluna/aluno e professora/professor (somente durante as aulas; fora do período das aulas; horários; por chat/e-mail/fóruns ou outro): A interação entre as professoras e alunos(as) será realizada durante as aulas síncronas, com frequência semanal (quarta-feira das 14 às 18h). Esta interação acontecerá, principalmente, mediante a participação ativa dos(as) pós-graduandos(as) com a apresentação dos objetivos de seus projetos de pesquisa, discussão e aplicação do conteúdo da disciplina nos respectivos projetos e apresentação e discussão de seminários. Fora do período as aulas, as professoras permanecem à disposição para esclarecimentos de dúvidas e apoio nas atividades, por e-mail e/ou fórum (Moodle). VIII. A forma de controle da frequência nas aulas: Recurso disponível no Moodle para controle de frequência. IX. Informar sobre a obrigatoriedade ou não de disponibilidade de câmera e áudio (microfone) por parte dos alunos: Necessário disponibilidade de câmera e áudio. X. Forma de avaliação da aprendizagem: Remota XI. Critérios de avaliação contemplando qual a(s) metodologia(s) utilizada(s) e como ser(á)ão atribuído(s) o(s) conceito(s): O objetivo principal da avaliação será contemplar o aprendizado (cognitivo); aplicação do conhecimento (habilidades); e interação com o grupo/desenvolvimento de postura e responsabilidade profissional (atitudinal). A metodologia empregada na avaliação será apresentação e discussão de seminários sobre o conteúdo abordado na disciplina e entrega de um relatório final, com o relato das contribuições da disciplina para o projeto de pesquisa dos(as) pós-graduandos(as). Os critérios de avaliação serão: capacidade argumentativa e domínio do conteúdo; capacidade de síntese; capacidade de comunicação; e clareza e domínio da língua culta. XII. Quais as medidas que garantam aos alunos acesso à plataforma (sala de aula com infraestrutura de multimídia, sala pró-aluno; equipamentos necessários a participação dos alunos e outros): Necessário computador/notebook e/ou outro equipamento eletrônico com acesso à internet e disponibilidade de câmera e áudio.

Additional class type information:

I. A porcentagem da disciplina que ocorrerá no sistema não presencial (1% a 100%): 100%. II. Detalhamento das atividades que serão presenciais e das que serão desenvolvidas via remota, com discriminação do tempo de atividade contínua online: Todas as atividades serão desenvolvidas remotamente, com tempo contínuo máximo de 4 horas. III. As aulas, quando online, serão síncronas ou assíncronas? As aulas serão síncronas. IV. Descrição do tipo de material e/ou conteúdo que será disponibilizado para o aluno: Artigos científicos, capítulos de livros (digitalizados) e simulação com o software Multiple Source Method. Todo conteúdo da disciplina, materiais e instruções sobre as atividades desenvolvidas serão disponibilizados no Moodle. V. A plataforma que será utilizada: Moodle e Google Meet. VI. Definição sobre a presença na Universidade e, quando necessária, discriminar quem deverá estar presente (professora/professor; aluna/aluno; ambos): Professora. VII. Descrição dos tipos e da frequência de interação entre aluna/aluno e professora/professor (somente durante as aulas; fora do período das aulas; horários; por chat/e-mail/fóruns ou outro): A interação entre as professoras e alunos(as) será realizada durante as aulas síncronas, com frequência semanal (quarta-feira das 14 às 18h). Esta interação acontecerá, principalmente, mediante a participação ativa dos(as) pós-graduandos(as) com a apresentação dos objetivos de seus projetos de pesquisa, discussão e aplicação do conteúdo da disciplina nos respectivos projetos e apresentação e discussão de seminários. Fora do período as aulas, as professoras permanecem à disposição para esclarecimentos de dúvidas e apoio nas atividades, por e-mail e/ou fórum (Moodle). VIII. A forma de controle da frequência nas aulas: Recurso disponível no Moodle para controle de frequência. IX. Informar sobre a obrigatoriedade ou não de disponibilidade de câmera e áudio (microfone) por parte dos alunos: Necessário disponibilidade de câmera e áudio. X. Forma de avaliação da aprendizagem: Remota XI. Critérios de avaliação contemplando qual a(s) metodologia(s) utilizada(s) e como ser(á)ão atribuído(s) o(s) conceito(s): O objetivo principal da avaliação será contemplar o aprendizado (cognitivo); aplicação do conhecimento (habilidades); e interação com o grupo/desenvolvimento de postura e responsabilidade profissional (atitudinal). A metodologia empregada na avaliação será apresentação e discussão de seminários sobre o conteúdo abordado na disciplina e entrega de um relatório final, com o relato das contribuições da disciplina para o projeto de pesquisa dos(as) pós-graduandos(as). Os critérios de avaliação serão: capacidade argumentativa e domínio do conteúdo; capacidade de síntese; capacidade de comunicação; e clareza e domínio da língua culta. XII. Quais as medidas que garantam aos alunos acesso à plataforma (sala de aula com infraestrutura de multimídia, sala pró-aluno; equipamentos necessários a participação dos alunos e outros): Necessário computador/notebook e/ou outro equipamento eletrônico com acesso à internet e disponibilidade de câmera e áudio.