Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Pró-Reitoria de Graduação - Cursos Interunidades
 
Pró-Reitoria de Graduação
 
Disciplina: PRG0012 - Segurança em Laboratórios de Ensino e Pesquisa
Safety in Teaching and Research Laboratories

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2022 Desativação:

Objetivos
Oferecer educação e treinamento básico de segurança em laboratórios de ensino e pesquisa, através do conceito RAMP, isto é, Reconhecer perigos, Avaliar os riscos dos perigos, Minimizar os riscos dos perigos e se Preparar para emergências, aplicado aos riscos e atividades típicas desses laboratórios. Também será oferecida uma breve introdução às normas e à legislação relacionadas ao assunto. A disciplina tem caráter introdutório e os temas são abordados de forma básica. é oferecida na modalidade à distância (EAD), com uma avaliação presencial. 
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2189248 - Nadja Cristhina de Souza Pinto
1816781 - Reinaldo Camino Bazito
 
Programa Resumido
1) Introdução
2) Reconhecimento de perigos
3) Avaliação de riscos
4) Minimização de riscos
5) Preparação para emergências
6) Legislação e normas
 
 
 
Programa
1) Introdução
- A necessidade da segurança em laboratório (exemplos de acidentes);
- Definições, diferença entre perigo e risco;
- Os 4 princípios da segurança em laboratório (RAMP);
- Introdução aos principais perigos num laboratório: materiais perigosos, perigos físicos, químicos e biológicos; 
- Rotas de exposição a perigos;
- Segurança Química (“protegendo as pessoas de produtos químicos”);
- Segurança de Produtos Químicos (Chemical Security – “protegendo os produtos químicos das pessoas”) 

2) Reconhecimento de Perigos
- Agentes biológicos, químicos e físicos;
- O GHS (Sistema Globalmente Harmonizado) e as FISPQ (Ficha de Informação sobre Segurança de Produto Químico);
- A linguagem da segurança (comunicação de perigos e seus riscos associados; cartazes, símbolos e rótulos);

3) Avaliação de Riscos
- Introdução à avaliação de riscos;
- Métodos de avaliação de riscos.

4) Minimização de Riscos
- Princípios básicos (hierarquia das medidas de controle);
- Controles do tipo eliminação/substituição;
- Controles de engenharia (EPCs - Equipamentos de Proteção Coletiva, ventilação, capelas e similares, organização de espaços)
- Controles administrativos (POPs - Procedimentos operacionais padrão)
- EPIs - Equipamentos de Proteção individual (proteção ocular,auditiva, cutânea e respiratória);
- Noções de armazenamento seguro de materiais perigosos e de gerenciamento e descarte de resíduos perigosos.

5) Preparação para Emergências
- Reconhecimento de uma emergência e acionamento efetivo de socorro (Bombeiros, SAMU, CETESB etc);
- Incêndio (a química do fogo e das explosões; combate a princípios de incêndio; abandono de ambientes);
- Emergências Químicas (derramamentos e similares);

6) Legislação e Normas
- Incêndio;
- Normas Regulamentadoras da CLT;
- Materiais perigosos.

7) Política e cultura de segurança em instituições de ensino e pesquisa
 
 
 
Avaliação
     
Método
A avaliação constará de um conjunto de atividades a serem desenvolvidas no próprio sistema eletrônico onde ela será oferecida (e-disciplinas da USP), na forma de testes ou similares e de uma avaliação presencial. A avaliação presencial, sempre que possível, será oferecida em mais de uma ocasião por semestre (meio e final do semestre).
Critério
A média da disciplina (M) é a média simples entre a nota da avaliação presencial (AP) e a média das notas de atividades on line (AO). M = (AP+AO)/2 O critério de aprovação é M >= 5,0 e frequência >= 70%. A frequência será controlada pelo acesso às vídeo-aulas e demais materiais do curso e pela finalização das atividades propostas.
Norma de Recuperação
Não há recuperação.
 
Bibliografia
     
Robert H. Hill Jr., David C. Finster, “Laboratory Safety for Chemistry Students”, 2nd edition, 2016, Wiley, 556p.
Marcela Gerardo Ribeiro, Walter dos Reis Pedreira Filho, Elena Elisabeth Riederer, “Avaliação Qualitativa de Riscos Químicos”, 1ª edição, 2012, Fundacentro, 266p.
Jorge Luiz Nobre Gouveia (coordenador) et al. “Manual de Atendimento a Emergências Químicas”, 1ª edição, CETESB, 288p.
ABIQUIM “O Que é o GHS”, 2005, ABIQUIM, 
Além disso, artigos, livros e outros tipos de literatura específica sobre cada tópico serão indicados ou disponibilizados durante o próprio curso.
 

Clique para consultar os requisitos para PRG0012

Clique para consultar o oferecimento para PRG0012

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP