Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Biociências
 
Disciplinas Interdepartamentais do Instituto de Biociências
 
Disciplina: 0410109 - Fauna, Flora e Ambiente
Fauna, Flora and Environment

Créditos Aula: 5
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 135 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 35 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2021 Desativação:

Objetivos
Estabelecer o conceito de diversidade biológica, enfatizando o papel da evolução como geradora de diversidade e a diversidade como fonte da evolução. Discutir o papel dos fatores ambientais sobre as variações da biodiversidade em diferentes escalas espaciais e temporais. Promover a integração de conceitos evolutivos fundamentais para o estudo da diversidade e a sua relação com fatores bióticos e abióticos. Fomentar a reflexão sobre o papel do professor em sala de aula mediante a discussão das estratégias usadas na própria disciplina pelo corpo docente. Capacitar o aluno para algumas das abordagens usadas pelos biólogos em pesquisas de campo, fornecendo noções de seus princípios teóricos e fundamentos metodológicos por meio de uma excursão didática. Fundamentar o entendimento do papel do biólogo na sociedade.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2091006 - Antonio Carlos Marques
2143719 - Carlos Arturo Navas Iannini
206232 - Cristina Yumi Miyaki
2801060 - Marcio Roberto Costa Martins
2792356 - Paulo Takeo Sano
 
Programa Resumido
1. Biodiversidade: padrões e processos 2. O papel de fatores bióticos e abióticos na geração de biodiversidade. 3. Fundamentos da pesquisa em biologia 4. Papel do biólogo na sociedade 5. O biólogo como professor (tema transversal)
 
 
 
Programa
1. Conceito de diversidade biológica e suas aplicações. 2. Padrões e processos em biodiversidade. 3. Fatores bióticos e abióticos e sua relação com a geração de biodiversidade. 4. Interações biológicas. 5. Biodiversidade brasileira. 6. Obtenção e análise de dados em estudos de fauna e flora e dos ambientes nos quais estes ocorrem. 7. Disseminação de resultados de pesquisa científica: formas e procedimentos. 8. Papel do biólogo na sociedade 9. O biólogo como professor. A disciplina está composta por três eixos de desenvolvimento e um momento síntese dos três: o primeiro centrado em conteúdos teóricos; o segundo voltado ao desenvolvimento de habilidades e competências relacionadas à pesquisa em biologia; e o terceiro relacionado com papel do biólogo na sociedade, com realce para sua atuação como docente. A síntese dos três eixos ocorre em uma excursão didática na qual a abordagem teórica e a prática são correlacionadas. O primeiro eixo é desenvolvido mediante discussões teóricas, exposições sistematizadas do conteúdo, atividades em grupo e dinâmicas diversas na sala de aula. A segunda parte envolve visitas dirigidas a ambientes externos e uma excursão didática obrigatória, com o objetivo de capacitar para a observação de elementos relevantes da flora, da fauna e do ambiente, assim como o aprendizado de métodos básicos de trabalho biológico no campo. * Para a excursão didática, é necessária a atualização da carteira de vacinação, contendo vacina anti-tetânica e anti febre amarela. OBSERVAÇÕES Eventualmente, haverá aula(s) de campo aos sábados. A excursão didática da disciplina inclui o final de semana (sábado e domingo) na qual é realizada.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Prova parcial Prova final Presença e participação na excursão didática Trabalhos em grupo Trabalhos individuais.
Critério
A prova parcial consiste de avaliação de conteúdo conceitual e das habilidades de análise e síntese referentes aos temas trabalhados até a data de sua aplicação. A prova final consiste de avaliação dos mesmos itens, referentes a todo o conteúdo trabalhado no semestre. A presença e a participação na excursão didática são consideradas indispensáveis para a obtenção de competências específicas do profissional biólogo, sendo, portanto obrigatórias. Os trabalhos em grupo visam ao desenvolvimento de aprendizado coletivo e cooperativo, capacidade de diálogo, superação de conflitos, e potencialização de resultados. Os critérios de avaliação, nesse quesito, levarão em conta os resultados e o processo formativo.
Norma de Recuperação
Estarão aptos para Recuperação alunos com média final igual ou superior a 3,0 (três) e frequência igual ou superior a 70%. Será realizada uma única avaliação de recuperação, após o término da disciplina, compreendendo todo o programa do semestre.
 
Bibliografia
     
Darwin, C. 1859. A Origem das Espécies. (versões eletrônicas em inglês e português disponíveis no site da disciplina) Martins, M. e P. T. Sano. 2009. Biodiversidade Tropical. Coleção Paradidáticos, Série Evolução. São Paulo: Editora UNESP. 128 pp. Meyer, D. e El-Hani, C. N. 2005. Evolução, o sentido da Biologia. Coleção Paradidáticos, Série Evolução. São Paulo: Editora UNESP. 136 pp. Townsend, C. R., M. Begon e J. L. Harper 2010. Fundamentos em Ecologia. 3 ed. Artmed, Porto Alegre. Wilson, E. O. & Peter, F. M. (Ed.) 1988. Biodiversity. National Academy Press, Washington, 521 p Disponível em http://www.nap.edu/catalog/989/biodiversity
 

Clique para consultar os requisitos para 0410109

Clique para consultar o oferecimento para 0410109

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP