Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Biociências
 
Disciplinas Interdepartamentais do Instituto de Biociências
 
Disciplina: 0410400 - Biologia de Campo
Field Biology

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 75 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2019 Desativação:

Objetivos
Apresentar exemplos de questões biológicas que podem ser exploradas por meio de trabalhos de campo. Apresentar exemplos de delineamento amostral e métodos de coleta de dados empregados em trabalhos de campo em Ecologia, Botânica e Zoologia.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2801060 - Marcio Roberto Costa Martins
2792356 - Paulo Takeo Sano
94110 - Vania Regina Pivello
 
Programa Resumido
Práticas de campo incluindo discussões teóricas, delineamento experimental, tomada de dados no campo, análise de dados, discussão dos resultados e preparação de relatório.
 
 
 
Programa
Práticas de campo incluindo discussões teóricas, delineamento experimental, tomada de dados no campo, análise de dados, discussão dos resultados e preparação de relatório.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, discussões de metodologias e atividades de campo.
Critério
- Participação no exercício de campo - Relatório
Norma de Recuperação
Não há recuperação
 
Bibliografia
     
Benites, V. M., A. N. Caiafa, E. S. Mendonça, C. E. Schaefer, J. C. Ker. 2003. Solos e vegetação nos complexos rupestres de altitude da Mantiqueira e do Espinhaço. Floresta e Ambiente, 10: 76-85. Brito, A.L. 2015. A geodiversidade na Unidade de Conservação do Parque Nacional da Serra do Cipó (MG). Revista Espinhaço, 4: 25-32. Fernandes, G. W., N. P.U. Barbosa, D. Negreiros, A. P. Paglia. 2014. Challenges for the conservation of vanishing megadiverse rupestrian grasslands. Natureza & Conservação, 12: 162-165. G. W. Fernandes, H. A. Almeida, C. A. Nunes, J. H. A. Xavier, N. S. Cobb, M. A. A. Carneiro, T. Cornelissen, F. S. Neves, S. P. Ribeiro, Y. R. F. Nunes, A. C. V. Pires, M. V. Beirio. 2016. Cerrado to Rupestrian Grasslands: Patterns of Species Distribution and the Forces Shaping Them Along an Altitudinal Gradient. Pp. 345-377 in G. W. Fernandes (Ed.), Ecology and Conservation of Mountaintop Grasslands in Brazil, Springer International Publishing Switzerland. Gonçalves, T. S., R. H. R. Silva, S. R. de Souza, M. D. M. Veloso, Y. R. F. Nunes. 2016. A vegetação dos afloramentos calcários na Serra do Cipó. Revista Espinhaço, 5: 18-29. Rapini, A., P. L. Ribeiro, S. Lambert, J. R. Pirani. 2008. A flora dos campos rupestres da Cadeia do Espinhaço 2008. Megadiversidade, 4: 15-23. Vasconcelos, M. F. 2011. O que são campos rupestres e campos de altitude nos topos de montanha do Leste do Brasil? Revista Brasileira de Botânica, 34: 241-246.
 

Clique para consultar os requisitos para 0410400

Clique para consultar o oferecimento para 0410400

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP