Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Biociências
 
Disciplinas Interdepartamentais do Instituto de Biociências
 
Disciplina: 0410406 - Questões Sociocientíficas na Educação Científica
Sociocientific Issues in Health Education

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 120 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 45 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2023 Desativação:

Objetivos
Capacitar o estudante a: (a) Compreender a abordagem Ciência-Tecnologia-Sociedade-Ambiente (CTSA) e suas potencialidades na educação científica; (b) Analisar questões sociocientíficas (QSC); (c) Reconhecer as
potencialidades da abordagem QSC na educação científica em diferentes contextos; (d) Planejar ações educativas utilizando QSC para promover a Alfabetização Científica (AC).
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
501489 - Daniela Lopes Scarpa
2937176 - Maíra Batistoni e Silva
 
Programa Resumido
1. CTSA e QSC na educação científica: fundamentos teóricos e metodológicos; 2. As relações entre QSC e AC; 3. O uso de QSC em salas de aula de ciências; 4. QSC na educação científica: análise de temáticas atuais selecionadas coletivamente; 5. QSC na educação científica: elaboração e análise de materiais didáticos que utilizem QSC para a promoção da Alfabetização Científica; 6. Práticas de leitura e escrita de textos; 7. Práticas de discussão pautadas em argumentação com base em evidências.
 
 
 
Programa
1. CTSA e QSC na educação científica: fundamentos teóricos e metodológicos; 2. As relações entre QSC e AC; 3. As pesquisas sobre o uso de QSC em salas de aula de ciências; 4. QSC na educação científica: análise de temáticas atuais selecionadas coletivamente (exemplos: aquecimento global / mudanças climáticas, obesidade, tuberculose, vacinação, consumo de alimentos convencionais e orgânicos, endemias
tropicais, resistência aos antibióticos, mortalidade infantil, doenças psicológicas, etc.); 5. QSC na educação científica: elaboração e análise de materiais didáticos que utilizem QSC para a promoção da Alfabetização Científica; 6. Práticas de leitura e escrita de textos; 7. Práticas de discussão pautadas em argumentação com base em evidências.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Avaliação processual, considerando i) a participação dos alunos em aulas expositivas dialogadas e nas análises de QSC, e ii) a elaboração, apresentação e avaliação de abordagens didáticas pautadas no uso de QSC para a AC.
Critério
i. Espera-se que o estudante contribua com as discussões desenvolvidas em sala de aula, realizando análises fundamentadas dos referenciais teóricos abordados e dos materiais elaborados pelos colegas. ii. Espera-se que o estudante incorpore os subsídios teórico-metodológicos apresentados na disciplina no processo de planejamento de abordagens didáticas voltadas à promoção da Alfabetização Científica.
Norma de Recuperação
Não há recuperação.
 
Bibliografia
     
CONRADO, D. M.; NUNES-NETO, N. Questões sociocientíficas: fundamentos, propostas de ensino e perspectivas sociopolíticas. 1a edição. Salvador: EDUFBA, 2018. 570p.
European Project PARRISE (Promoting Attainment of Responsible Research and Innovation in Science Education). www.parrise.eu
FENSHAM, P. J. Preparing citizens for a complex world: the grand challenge of teaching socio-scientific issues in science education. In: ZEYER, A.; KYBURZGRABER, R. (Ed.). Science, environment, health: towards a renewed pedagogy for science education. Dordrecht: Springer, 2012. p. 7-29.
GALIETA, T. Temáticas Sociocientíficas na Formação de Professores. 1a edição. São Paulo: Livraria da Física, 2021.
KEEFER, M. W. Moral reasoning and case-based approaches to ethical instruction in science. In: ZEIDLER, D. L. (Org.). The role of moral reasoning on socioscientific issues and discourse in science education. Dordrecht: Kluwer Academic Press, 2003. p. 241- 259.
KRASILCHIK, M., MARANDINO, M. Ensino de Ciências e Cidadania. 2a ed.São Paulo: Editora Moderna, 2007, 87p.
LEE, Y. C. Socio-scientific issues in health contexts: treading a rugged terrain. International Journal of Science Education, v. 34, n. 3, p. 459-483, 2012.
NASCIMENTO, T.G.; LINSINGE, I.von. Articulações entre o enfoque CTS e a Pedagogia de Paulo Freire como base para o ensino de ciências. Convergencia, v. 13, n. 42, p. 95-116, 2006.
SADLER, T. D. Socio-scientific Issues in the Classroom: Teaching, Learning and Research (Contemporary Trends and Issues in Science Education Book 39). Springer, 2011.
SANTOS, W. L. P. dos; MORTIMER, E. F. Tomada de decisão para ação social responsável no ensino de ciências. Ciência e Educação, Bauru, v. 7, n. 1, p. 95-111, 2001.
SANTOS, W. P. dos; MORTIMER, E. F. Uma Análise de Pressupostos Teóricos da Abordagem CTS (Ciência – Tecnologia – Sociedade) no Contexto da Educação Brasileira. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 2, n. 2, 2002.
SIMONNEAUX, L. Questions Socialement Vives and Socio-scientific Issues: New Trends of Research to Meet the Training Needs of Postmodern Society. In: Bruguière, C., Tiberghien, A., Clément, P. (eds) Topics and Trends in Current Science Education. Contributions from Science Education Research, vol 1. Springer, Dordrecht, 2014.
 

Clique para consultar os requisitos para 0410406

Clique para consultar o oferecimento para 0410406

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2024 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP