Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Física
 
Disciplinas Interdepartamentais do Instituto de Física
 
Disciplina: 4300456 - Produção de Material Didático
Educacional Material Production

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 60 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2022 Desativação:

Objetivos
O objetivo central desta disciplina é o de construir e desenvolver um material didático de física apresentando objetivos, metodologia e processo de avaliação. Isso passa, também, pelos processos de análise crítica e redimensionamento da proposta ao longo do processo que envolve: aprender a desenvolver um projeto de material didático de física; aprender a executar o projeto, redimensionando e adequando a proposta de material didático ao longo da sua produção; aprender a realizar leitura crítica de outros materiais didáticos de física a partir de critérios bem definidos.
 
The main objective of this course is to build and develop didactic material on physics presenting objectives, methodology and evaluation process. This also goes through the processes of critical analysis and resizing the proposal throughout the process: Learn to develop the physics didactic material project; Learn how to execute the project, resizing and adapting the teaching material proposal throughout its production; Learn to read critically other physics teaching materials based on well-defined criteria.
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
640391 - Cristiano Rodrigues de Mattos
292275 - Cristina Leite
 
Programa Resumido
Construção e desenvolvimento de um projeto de material didático. Execução de parte do projeto do material didático. Avaliação do material didático.
 
 
 
Programa
- Construção e desenvolvimento de um projeto de material didático. Nesta etapa os/as estudantes constroem  um projeto editorial do material didático de física para a educação básica. Como um projeto de ensino, devem ser explicitados: os conteúdos específicos de física, os pressupostos teóricos, os objetivos, a metodologia, o público a que se destina, o período de sua aplicação e os materiais necessários para sua execução. Ao mesmo tempo, devem estar explícitas as ênfases curriculares escolhidas, assim como os elementos e estratégias didáticas de ensino de física que serão adotados. O material deve estar em consonância com esses pressupostos, apresentando coerência e consistência interna.

- Execução de parte do projeto do material didático. Nesta etapa, uma amostra significativa do material didático projetado é produzida. Nela devem estar presentes todos os pressupostos apresentados no projeto inicial. Vários recursos didáticos podem ser utilizados, entre eles: textos, experimentos, demonstrações, páginas web, softwares, aplicativos, redes sociais, jogos etc. Estes instrumentos devem ser coordenados entre si de modo que reflitam a proposta editorial feita no planejamento.

- Avaliação do material didático. Nesta etapa, todo material didático produzido é apresentado aos colegas de turma, por meio de seminários, que são avaliados pelo professor e pelos outros colegas, por meio de uma análise crítica dos materiais apresentados e que serve como base para repensar o planejamento e os resultados obtidos até o momento. 
 
- Construction and development of a didactic material project. At this stage, the students build an editorial project of the physics teaching material for basic education. As a teaching project, specific physics content, theoretical assumptions, objectives, methodology, target audience, application period, and the materials needed for its implementation must be explained. At the same time, the chosen curricular emphasis must be explicit, and the elements and didactic strategies for teaching physics will be adopted. The material must be in line with these assumptions, showing internal consistency and consistency. - Execution of part of the teaching material project. At this stage, a significant sample of the projected teaching material is produced. It must include all the assumptions presented in the initial project. Various teaching resources can be used, including texts, experiments, demonstrations, web pages, software, applications, social networks, games, etc. These instruments must be coordinated with each other to reflect the editorial proposal made in the planning. - Evaluation of didactic material. At this stage, groups will present the didactic material produced to classmates through seminars, which are evaluated by the teacher and other colleagues, through a critical analysis of the materials presented, which serves as a basis for rethinking the planning and results obtained so far. If possible, materials can be tested in real classroom situations, and their results analyzed and reported.
 
 
Avaliação
     
Método
- Produção do material e discussões em grupos; - Apresentação de seminários e discussão crítica.
Critério
Material didático de física produzido e apresentado na forma de seminários e em sua forma física e/ou digital. A avaliação dos seminários e do material produzido é feita com base em quesitos delimitados pelo/a professor/a da disciplina.
Norma de Recuperação
Readequação do projeto editorial e do material didático de física produzido; Reapresentação dos resultados do projeto indicando quais problemas foram superados.
 
Bibliografia
     
ALVEAL, Carmen Margarida Oliveira; FAGUNDES, José Evangelista; ROCHA, Raimundo Nonato Araújo da. Reflexões sobre história local e produção de material didático. Natal: EDUFRN, 2017.
BANDEIRA, Denise. Materiais Didáticos. Curitiba/PR: IESDE, 2009.
BATISTA, Antônio A. G. Um objeto variável e instável: textos, impressos e livros didáticos. In: ABREU, Martha (Org.). Leitura, história e história da leitura. Campinas (SP): Mercado de Letras/ALB; São Paulo: Fapesp, 2002. p.529-573.
BORGES, O. N.; FILOCRE, J.; GOMES, A. E. Q. Modelo de desenvolvimento de materiais didáticos para o ensino de Física e Ciências. In: V Encontro de Pesquisadores em Ensino De Física, 1996. Anais... Águas de Lindóia: Soc. Brasileira de Física p. 418-433. Disponível em http://www.sbfisica.org.br/v1/arquivos_diversos/EPEF/V/V-Encontro-de-Pesquisa-em-Ensino-de-Fisica.pdf>.
BRAGA, Newton C. Projetos Eletrônicos Para o Ensino de Física e Ciências. São Paulo: Editora NCB. 2017.
BRASIL. Programa nacional do Livro Didático. Guia PNLD. Disponível em: https://www.fnde.gov.br/index.php/programas/programas-do-livro/pnld/guia-do-livro-didatico
CAPELLO, Claudia. Impacto da lei dos direitos autorais sobre a produção de material didático no Brasil. Revista FGV Online, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p. 29-30, abr. 2013. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/revfgvonline/article/view/19284
CHOPPIN, Alain. História dos livros didáticos e das edições didáticas: sobre o estado da arte. Educação e Pesquisa, v.30, p. 549-566, set/dez, 2004. 
COUTO, Zélia Seibt do; OLIVEIRA, Marcio Vieira; SANTOS, Rita de Cássia Grecco dos. Construindo outra cultura de Ead: a produção de material didático instrucional para o curso de pedagogia UAB/FURG. Revista Didática Sistêmica, Volume 8, julho a dezembro de 2008
CRISTOVÃO, Vera L.L.; BEATO-CANATO, Ana Paula M. O Desenvolvimento de Material Didático com Base no Interacionismo Sociodiscursivo: Propostas, Dificuldades e Contribuições. Pesquisa em discurso pedagógico, DOI:10.17771/PUCRio.PDPe.11980
EICHLER, Marcelo Leandro, DEL PINO, José Claudio. A produção de material didático como estratégia de formação permanente de professores de ciências. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, v. 9, n.3, p.633-656, (2010).
FARIAS, S. A. D.; RÊGO, R. G. Produção de material didático a distância para cursos de Licenciatura em Matemática. In: Conferência Interamericana de Educação Matemática, 13, 2011, Recife. Anais... Recife: Edumatec/UFPE, 2011. Disponível em: . Acesso em: 25 ago. 2013
FÁVERO, Osmar. Materiais Didáticos para Educação de Jovens e Adultos. In: Cadernos Cedes, Campinas, vol. 27, nº 71, p. 39-62, jan/abr., 2007.
FILGUEIRAS, Juliana Miranda. A produção de materiais didáticos pelo MEC: da campanha nacional de material de ensino à fundação nacional de material escolar. Rev. Bras. Hist., São Paulo, v. 33, n. 65, p. 313-335, 2013. Disponível em: .
FONSECA, Márcia Santos; BORGES, Antônio Tarciso. A produção de material didático e o desenvolvimento profissional de professores de ciências. In Atas II Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Valinhos (SP): ABRAPEC, 1999. http://www.abrapecnet.org.br/enpec/ii-enpec/trabalhos/G34.pdf
GASPAR, Alberto. Experimentos de Ciências. São Paulo: Editora da Física, 2015.
GASPAR, Alberto.Atividades Experimentais no ensino de física. Uma visão baseada na teoria de Vigotski. São Paulo Livraria da Física. 2014.
GRUPIONI, Luís Donisete B. (editor). Coleção de livros didáticos do Referencial curricular nacional para as escolas indígenas: informações para o professor. Brasília: MEC/SEF, 1998.
HIROO Saito, C.; da PURIFICAÇÃO DE BASTOS, F.; ABEGG, I. Teorias-guia educacionais da produção dos materiais didáticos para a transversalidade curricular do meio ambiente do MMA. Revista Iberoamericana De Educación, v.45, n.2, p.1-10, 2008. https://doi.org/https://doi.org/10.35362/rie4522145
HÖFLING, Eloisa de Mattos. Notas para discussão quanto a implementação de programas de governo: em foco o Programa Nacional de Livro Didático. Educação & Sociedade, ano XXI, n. 70, pag. 159- 170. abril/2000. 
JUNIOR, Décio Gatti. Estado e editoras privadas no Brasil: o papel e o perfil dos editores de livros didáticos (1970-1990). In: Cadernos Cedes, Campinas, vol. 25, nº 67, p. 365-377, set/dez, 2005.
LAJOLO, M. Livro Didático: um (quase) manual do usuário. Em aberto, Brasília, ano 16, n.69, p. 2-9, março. 1996.
LOPES DA SILVA, Aracy e FERREIRA, Mariana Kawall (org.). Práticas pedagógicas na escola indígena. São Paulo: Fapesp, Global, Mari, 2001.
LORENZONI, Ionice. Escolas indígenas criam o próprio material didático. Ministério da Educação, Brasília, 1 mar. 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=content&task=view&id=6535&FlagNoticias=1&Itemid=6684.
NARDI, R. A avaliação de livros e materiais didáticos para o ensino de Ciências e as necessidades formativas do docente. Formação do educador: avaliação institucional, ensino e aprendizagem, v.4. São Paulo: Editora UNESP, 1999.
NEVES, Natália Nascimento; MOURA, Larissa Pereira de; SOUZA, Hiale Yane Silva de; SOUZA, Gahelyka Aghta Pantano. Produção de material didático no ensino de química: contribuições no desenvolvimento de um ensino contextualizado e significativo. South American Journal EBTT, v. 6, n. 1, p. 319-326, 2019.
OLIVEIRA, Jane Raquel Silva de; QUEIROZ, Salete Linhares. Construção participativa do material didático “Comunicação e linguagem científica: guia para estudantes de Química”. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, v. 6, n.3, p. 673-690, 2007.
PASSOS, Frederico Vieira; BARBOSA, Telma Regina C. G. Produção de Material Didático. Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância. Goiás: UFG, 
PAULA, Helder F. Quântica para iniciantes: investigação e projetos. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2011.
POSSARI, Lucia Helena Vendrúsculo; NEDER, Maria Lucia Cavalli. Material Didático para a EaD: Processo de Produção. Cuiabá: EdUFMT, 2009.
SILVA, E. T. da. Livro didático: do ritual de passagem à ultrapassagem. Em aberto, Brasília, ano 16, n. 69, p. 10-15, março, 1996.
 

Clique para consultar os requisitos para 4300456

Clique para consultar o oferecimento para 4300456

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2023 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP