Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Biologia
 
Disciplina: 5920818 - Evolução e Sistemática Biológica
Evolution and biological systematics

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2021 Desativação:

Objetivos
Geral:: - Compreender a questão da diversidade biológica sob uma visão de conjunto, abordando o problema da forma (as semelhanças), do tempo e do espaço. Paralelamente, compreender a necessidade de um sistema de nomes que permita a comunicação a respeito da ordem subjacente percebida sobre a diversidade. Específico: - O aluno deverá compreender a importância do biólogo, dentro do rol das profissões, sendo a quem cabe lidar com a questão da diversidade biológica. Ele deve conhecer a história das soluções dadas para o reconhecimento da ordem subjacente à diversidade biológica, que resultaram nas escolas essencialista, gradista, fenética e filogenética. Ele deverá saber os fundamentos do método de reconstrução filogenética e conseguir enxergar as diferenças de condições de quaisquer estruturas homólogas sob uma perspectiva temporal.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3046491 - Tiana Kohlsdorf
 
Programa Resumido
A origem do conhecimento da diversidade biológica. Fixismo e transformismo. As categorias Linneanas e as classificações Linneanas. A teoria evolução e as classificações biológicas pós-evolucionistas. Reconstruções filogenéticas e as diferentes escolas de sistemática. Processos e Padrões na evolução.
 
 
 
Programa
- A origem do conhecimento da diversidade biológica. O problema da existência de uma ordem subjacente à diversidade biológica e dos vários critérios para reconstruir essa ordem. História da compreensão da ordem da diversidade biológica. O Livro do Gênesis. Platão e o idealismo. Aristóteles: as essências; o conceito de classe, genus e eidos; categorias aristotélicas; a classificação aristotélica; homologia; o início da biologia; - As grandes navegações, imperialismo e a constituição de coleções biológicas. Linnaeus. Fixismo e transformismo. As categorias linneanas. Hierarquia de táxons e hierarquia de categorias. As classificações linneanas. Homologia pré-evolucionista. A teoria da evolução e as classificações biológicas pós-evolucionistas. As filogenias de Haeckel. - O problema da reconstrução da filogenia dos grupos. Horizonte temporal e a filogenia. O método de análise filogenética de Willi Hennig. Homologia evolutiva. Direção temporal para estruturas homólogas e diferentes entre si: plesiomorfia e apomorfia. Apomorfias compartilhadas e agrupamentos monofiléticos. - Sinapomorfias, homoplasia e reversões. Congruência entre caracteres. Parcimônia. Topologias possíveis. Filogenias como hipóteses. Decisão sobre a melhor filogenia. - As diferentes escolas de sistemática. Sistemática essencialista e taxonomia sem teoria. Sistemática fenética: objetivos e métodos. Sistemática gradista. Sistemática filogenética. Método de recuperação de ordem e sistema de nomes na classificação: hierarquia de táxons, hierarquia de nomes e hierarquia de categorias; - As classificações lineanas originais; o latim como língua básica para as classificações biológicas. Os códigos de nomenclatura. Normas para a criação de binômios específicos; - Nomes do grupo do gênero; nomes do grupo da família; categorias acima do nível da família. Exercícios de nomenclatura; - Aplicação do método filogenético a caracteres morfológicos, fisiológicos, genéticos, bioquímicos, ecológicos e comportamentais. A origem dos principais caracteres bioquímicos, citogenéticos, fisiológicos, morfológicos e comportamentais. A universalidade da ferramenta filogenética como meio de compreender a distributividade de caracteres biológicos. - Processos e padrão. Anagênese: mutação, seleção, deriva genética, sinapomorfia. Cladogênese: dispersão, vicariância, barreiras geográficas, modos de especiação
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas para introduzir e discutir novos conceitos; discussão de textos.
Critério
- Prova única com data a ser marcada.
Norma de Recuperação
Normas de recuperação - incluir
Justificativa: O conteúdo da disciplina corresponde a uma mudança radical de forma de pensar toda a diversidade biológica e evolução, que demanda um processo gradual de ajuste. Assim, embora a maioria dos alunos consiga, dentro do semestre letivo, o progresso necessário para alcançar os patamares esperados, alguns alunos precisam de uma prova de recuperação em que o conteúdo completo é revisto, criando a oportunidade para completar a formação dentro da disciplina.
 
Bibliografia
     
AMORIM, D.S. 2002. Fundamentos de Sistemática Filogenética. Holos Editora, Ribeirão Preto.
CRISCI, J.V. & M.F.L. ARMENGOL. 1983. Introducción a la teoría y práctica de la taxonomia numérica. The General Secretariat of the Organization of American States, Washington, D.C.
FUTUYMA, D.J. 1992. Biologia Evolutiva. Sociedade Brasileira de Genética, Ribeirão Preto (2ª Edição, 1993).
HENNIG, W. 1966. Phylogenetic systematics. University of Illinois Press, Urbana.
MAYR, E. 1969. Principles of systematic zoology. McGraw-Hill, New York.
NELSON, G. & PLATNICK, N. I. 1981. Systematics and Biogeography. Cladistics and Vicariance. Columbia University Press, New York.
PAPAVERO, N. (org.). 1994. Fundamentos práticos de Taxonomia Zoológica. Editora Unesp, São Paulo.
PAPAVERO, N.; J. LLORENTE-BOUSQUETS; D. ESPINOSA ORGANISTA & R. MASCARENHAS. 2000. História da Biologia Comparada. I. Desde o Gênesis até o fim do Império Romano do Ocidente. Holos Editora, Ribeirão Preto.
WILEY, E.O. 1981. Phylogenetics. The theory and practice of phylogenetic systematics. John Wiley & Sons, New York.
WILEY, E.O., SIEGEL-CAUSEY, D., BROOKS, D. R., & FUNK, V. A. 1991. The complete cladist. A primer of phylogenetic procedures. The University of Kansas, Lawrence.
 

Clique para consultar os requisitos para 5920818

Clique para consultar o oferecimento para 5920818

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP