Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Biologia
 
Disciplina: 5920858 - Gestão de Áreas Protegidas
Management of protected areas

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2017 Desativação:

Objetivos
Compreender o manejo das áreas naturais protegidas e que compõem o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC). Apresentar as diferentes categorias de manejo para poder gerenciar e selecionar as atividades que podem ou não ser desenvolvida nas unidades de conservação de Proteção Integral e nas de Uso Sustentável. Verificar as experiências internacionais e nacionais sobre o tema.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3624954 - Adriano Garcia Chiarello
55652 - Marcelo Marini Pereira de Souza
 
Programa Resumido
A disciplina contempla os princípios e métodos relativos à criação, planejamento e gestão de áreas protegidas de uma maneira geral e das unidades de conservação em particular
 
 
 
Programa
Histórico das Unidades de Conservação no Brasil e em âmbito internacional. Filosofia biocêntrica e antropocêntrica no manejo de áreas naturais protegidas; Base legal para o manejo das áreas naturais (SNUC). Situação atual das unidades de conservação no Brasil. Princípios e Diretrizes para a Gestão Participativa de Unidades de Conservação. Regularização fundiária. Gerenciamento de parcerias e concessões. Valores culturais na conservação. Financiamento das áreas protegidas. Estudo de casos.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas com auxílio audiovisual, estudos dirigidos, discussão dos conteúdos dos textos e seminários.
Critério
Média dos trabalhos e seminários: peso 1
Média das provas: peso 2
Norma de Recuperação
Uma prova com todo o conteúdo da disciplina, em data a ser definida de acordo com o calendário escolar.
 
Bibliografia
     
AZEVEDO, Sebastião (2002). Regularização Fundiária: A experiência do Ministério da Reforma Agrária. In.: Unidades de Conservação: atualidades e tendências. Organizador: Miguel Serediuk Milano. Curitiba: Fundação O Boticário de Proteção à Natureza. pag. 31-39 Bensusan, N.T. 2014. Conservação da Biodiversidade em Áreas Protegidas. Editora FGV, Rio de Janeiro. 176 pp. ESCOREL DE AZEVEDO, P. U. (2002). Implementando as Unidades de Conservação; Particularidades da Regularização Imobiliária. In.: Unidades de Conservação: atualidades e tendências. Organizador: Miguel Serediuk Milano. Curitiba: Fundação O Boticário de Proteção à Natureza. pag. 17-30. MMA. (2003). Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza -SNUC: lei No. 9.985, de 18 de julho de 2000; decreto no 4.340, de 22 de Agosto de 2003. 3a ed. aum. Brasília:MMA/SBF. 52 p. MMA (2004). Gestão Participativa do SNUC. Brasília: MMA/WWF/FUNBIO/IEB/TNC. Edição compartilhada. MMA. (2002). Roteiro Metodológico de Planejamento: Parque Nacional, Reserva Biológica, Estação Ecológica. Brasília: MMA/IBAMA. 135 p. HOUSEAL, B.L.S. Manual para la Planificación y Diseño de Los Parques Nacionales. FO DP/CHI/76/003. Documento de Trabajo no.25. Chile, 1979. 191p. HENDEE, J.C.; STANKEY, G.H. & LUCAS, R.C. (2002). Wilderness Management. (3ªed.). North American Press. MORSELLO, C. (2001). Áreas Protegidas Públicas e Privadas; seleção e manejo. São Paulo: Annablume:FAPESP. 344 p. Padua, M.T. J & Dourojeanni, M. 2913. Arcas à Deriva – Unidades de Conservação do Brasil. Technical Books Editora, Rio de Janeiro. 352 pp. Pureza, F.; Pellin, A. & Padua, C. 2015. Unidades de Conservação. Fatos e Personagens que Fizeram a História das Categorias de Manejo. Matriz, São Paulo. 225 pp. TERBORGH, J.; van SCHAIKI, C.; DAVENPORT, L. & RAO, M. (organizadores) (2002). Tornando os Parques Eficientes: estratégias para a conservação da natureza nos trópicos. Curitiba: Ed. da UFPR/Fundação O Boticário. 518 p.
 

Clique para consultar os requisitos para 5920858

Clique para consultar o oferecimento para 5920858

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP