Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Biologia
 
Disciplina: 5920920 - História do Pensamento Biológico
History of Biological Thought

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2018 Desativação:

Objetivos
Geral: Compreender o desenvolvimento do pensamento biológico em seus aspectos científicos, relacionado ao contexto filosófico e social de cada época. Compreender a relação entre o desenvolvimento da Biologia com o das outras ciências ao longo da história. Conhecer a história do desenvolvimento do pensamento evolutivo e suas conseqüências para a Biologia como um todo. Específico: O aluno deverá compreender: (1) a posição da Biologia entre as ciências, e sua relação com os outros ramos do conhecimento humano ao longo da história; (2) o surgimento da Filosofia Natural na Grécia Antiga e o papel ocupado pelo que hoje denominamos de Biologia nesse contexto; (3) alguns elementos da revolução científica e intelectual dos séculos XVI e XVII, da mecanização da imagem do mundo (de Copérnico a Newton) e sua influência sobre a visão de mundo dos biólogos; (4) as primeiras tentativas de explicações materialistas para o mundo vivo ao longo do Iluminismo e as relações entre essas explicações, a religião e as outras ciências, como a Física e a Geologia; (5) o papel da Teologia Natural, desde a Idade Média até o século XVIII, para o desenvolvimento da Biologia; (6) o contexto social e científico do surgimento das teorias evolutivas, em especial Lamarck e Darwin-Wallace; (7) a história da Nova Síntese ou Neodarwinismo como um dos mais importantes movimentos para estruturação conceitual da Biologia Evolutiva moderna; (8) alguns detalhes da história da Sistemática e das mudanças ocorridas nessa disciplina em decorrência das mudanças de visão de mundo dos biólogos; e (9) elementos da história da Biologia Molecular e do seu papel na Biologia. O estudo da História e Filosofia da Ciência permite a construção de uma visão da Ciência muito diferente daquela que obtemos em uma leitura linear de artigos e livros científicos. Os artigos e livros científicos apresentam conceitos e resultados da pesquisa num determinado tempo. Mas a dimensão histórica da descoberta científica, de sua lógica subjacente e da evolução das idéias geralmente não é abordada na produção científica primária. Isso impossibilita uma compreensão maior, pelos estudantes de ciências, da verdadeira natureza e do processo de desenvolvimento da Ciência e dos debates em torno dessa questão. O resultado é a propagação de concepções equivocadas sobre a natureza da Ciência e sobre os próprios cientistas. A compreensão da história do desenvolvimento das idéias dentro da Biologia é central para que os estudantes possam melhor avaliar não apenas a própria natureza da Biologia, mas, também, adquirir uma visão mais ampla e uma postura mais crítica sobre suas próprias atuações como profissionais de ensino e pesquisa. Além disso, a compreensão do processo histórico de surgimento das idéias biológicas instrumentaliza os futuros professores a ensinar Biologia dentro da mesma perspectiva, evitando uma abordagem atemporal ou a-histórica, vista em quase todo o ensino de ciência atual.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
814832 - Flávio Alicino Bockmann
 
Programa Resumido
A disciplina abordará o desenvolvimento do pensamento biológico em seus aspectos científicos, relacionado ao contexto filosófico e social de cada época, bem como a relação entre o desenvolvimento da Biologia com o das outras ciências ao longo da história e a história do desenvolvimento do pensamento evolutivo e suas consequências para a Biologia como um todo.
 
 
 
Programa
1. De Platão a Aristóteles e o surgimento da Biologia. 2. Aspectos gerais da Filosofia na Idade Média e o estabelecimento da Teologia Natural. 3. As influências do Mecanicismo da revolução científica do fim do século XVII sobre a Biologia do século XVIII. 4. A Biologia e a Geologia na França e na Inglaterra nos séculos XVIII e XIX: Leibniz, Mapertuis, Buffon, Lamarck, Saint-Hilaire, Cuvier, Lyell e outros . 5. A Visão de Mundo de Lamarck e o contexto científico mais amplo de sua teoria evolutiva. 6. A visão de Mundo de Darwin e o contexto científico e social mais amplo de sua teoria evolutiva. 7. Wallace. 8. A recepção da teoria evolutiva de Darwin-Wallace. 9. O “eclipse” do Darwinismo. 10. A nova síntese ou Neodarwinismo. 11. Genética e Biologia Molecular: o papel dessas disciplinas durante a história da Biologia Evolutiva, de Mendel aos dias atuais. 12. História da Sistemática Filogenética.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas
Critério
Seminários e participação nas discussões durante as aulas.
Norma de Recuperação
Prova dissertativa
 
Bibliografia
     
BOWLER, P. 2003. Evolution: the history of one idea. University of California Press.
CREATH, R. & MAIENSCHEIN, J. 2000. Biology and Epistemology. Cambridge University Press.
GRENE, M. & DEPEW, D. 2004. The philosophy of Biology – an episodic history. Cambridge University Press.
MAYR, E. 1998. O desenvolvimento do Pensamento Biológico. Editora da Universidade de Brasília.
MAYR, E. 2005. Biologia, ciência única – reflexões sobre a autonomia de uma disciplina científica. Editora Companhia das Letras.
MAYR, E. 2006. Uma ampla discussão - Charles Darwin e a gênese
do moderno pensamento evolucionário. Editora FUNPEC.
PAPAVERO, N., BALSA, J. 1986. Introdução histórica e epistemológica à Biologia comparada, com especial referência à Biogeografia. I. Do Gênesis à queda do Império Romano do Ocidente. Belo Horizonte: Biótica & Sociedade Brasileira de Zoologia.
PAPAVERO, N. 1990. Introdução histórica à Biologia comparada, com especial referência à Biogeografia. II. A Idade Média. Rio de Janeiro: Universidade Santa Úrsula.
PAPAVERO, N. 1991. Introdução histórica à Biologia comparada, com especial referência à Biogeografia. III. De Nicolau de Cusa a Francis Bacon. Rio de Janeiro: Universidade Santa Úrsula.
PAPAVERO, N., TEIXEIRA, D. M., LLORENTE-BOUSQUETS, J. 1997. História da biogeografia no período pré-evolutivo. São Paulo: Editora Plêiade & FAPESP.
PAPAVERO, N., TEIXEIRA, D. M., RAMOS, M. C. 1997. A Protogaea de G. W. Leibniz (1749): Uma toria sobre a evolução da Terra e a origem dos fósseis. São Paulo: Editora Plêiade & FAPESP.
PAPAVERO, N., LUZ, J. R. P. 1998a. Introdução histórica à Biologia comparada, com especial referência à biogeografia. V. O Século das Luzes (Parte I). Seropédica, RJ: Editora Universidade Fedeal Rural do Rio de Janeiro.
PAPAVERO, N., LUZ, J. R. P. 1998b. Introdução histórica à Biologia comparada, com especial referência à biogeografia. IV. De Descartes a Leibniz (1628 a 1716). Seropédica, RJ: Editora Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.
PAPAVERO, N. & LUZ, J. R. P. 2000 . Introdução histórica à Biologia comparada, com especial referência à biogeografia. VI. O Século das Luzes (Parte II). Seropédica, RJ: Editora da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.
PAPAVERO, N., LLORENTE-BOUSQUETS, J., ESPINOSA ORGANISTA, D. &MASCARENHAS, R. C. S. 2000. História da Biologia comparada desde o Gênesis até o fim do Império Romano do Ocidente. Ribeirão Preto: Editora Holos.
RIEPPEL, O. C. 1988. Fundamentals of Comparative Biology. Birkhäuser Verlag.
 

Clique para consultar os requisitos para 5920920

Clique para consultar o oferecimento para 5920920

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP