Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Biologia
 
Disciplina: 5920931 - Ecologia Evolutiva
Evolutionary Ecology

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 4
Carga Horária Total: 150 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2020 Desativação:

Objetivos
Geral: Esta disciplina tem por objetivo introduzir conceitos básicos em ecologia evolutiva, bem como apresentar aos alunos os principais métodos de análise de dados ecológicos em um contexto evolutivo, apresentando o ambiente como agente tanto indutor quanto seletor de variação fenotípica. Específico: A introdução de conceitos em ecologia evolutiva é relevante para a formação de pesquisadores na área de Biologia Evolutiva por apresentar ferramentas de estudo e abordagens teóricas fundamentais para a compreensão da evolução fenotípica associada ao uso diferencial de habitats. Para fortalecer o contexto evolutivo da disciplina, os diversos parâmetros ecológicos abordados podem ser discutidos sob o enfoque de adaptações a ambientes extremos e gradientes ecológicos, discutindo ainda o conceito de normas de reação e plasticidade fenotípica. Análises de processos de evolução e coevolução moldando a estrutura ecológica e dinâmica de populações e espécies, além de interações intra e inter-específicas ao longo da história evolutiva de grupos animais e vegetais também serão abordadas. Esta disciplina objetiva também estabelecer um contato inicial dos alunos com métodos comparativos utilizados para investigar padrões de evolução ecológica em um contexto filogenético.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3046491 - Tiana Kohlsdorf
 
Programa Resumido
1) História da Ecologia Evolutiva; 2) Métodos de análise de dados ecológicos em um contexto filogenético; 3) Conceitos evolutivos: valor adaptativo (fitness), adaptação, coevolução, compromisso evolutivo, plasticidade fenotípica e normas de reação; 4) Sinal Filogenético e Inércia Filogenética; 5) Conceitos ecológicos: relações competitivas e cooperativas, forrageamento e relações predador-presa, seleção diferencial de hábitats e microhábitats; 6) Sensibilidade a fatores ambientais (temperatura, luminosidade, umidade relativa); 7) Gradientes ecológicos e ambientes extremos; 8) Evolução de parâmetros de história de vida; 9) Desenvolvimento de Projetos
 
 
 
Programa
1) História da Ecologia Evolutiva; 2) Métodos de análise de dados ecológicos em um contexto filogenético; 3) Conceitos evolutivos: valor adaptativo (fitness), adaptação, coevolução, compromisso evolutivo, plasticidade fenotípica e normas de reação; 4) Sinal Filogenético e Inércia Filogenética; 5) Conceitos ecológicos: relações competitivas e cooperativas, forrageamento e relações predador-presa, seleção diferencial de hábitats e microhábitats; 6) Energética animal e vegetal; 7) Sensibilidade a fatores ambientais (temperatura, luminosidade, umidade relativa); 8) gradientes ecológicos e ambientes extremos; 9) evolução de parâmetros de história de vida.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas teóricas, exercícios, desenvolvimento de projetos com análise de dados e apresentação de seminários
Critério
1 ensaio teórico, 1 seminário e 1 trabalho escrito com análise de dados em ecologia histórica (evolutiva)
Norma de Recuperação
a disciplina não prevê recuperação.
 
Bibliografia
     
- Brooks DR & McLeman DA, 1991. Phylogeny, Ecology, and Behavior. The University of Chicago Press. 434 pp.
- Diniz-Filho JAF, 2002. Métodos Filogenéticos Comparativos. Editora Holos.
- Stearns SC & Hoekstra RF, 2000. Evolution. Oxford University Press. 381pp.
- Garland T Jr, Bennet AF and Rezende EL, 2005. Phylogenetic approaches in comparative physiology. J. Exp. Biol. 208: 3015-3035.
- Randall D, Burggren W, French K & Eckert R, 1997. Eckert - Animal Physiology – Mechanisms and Adaptations. Freedman & Co., Ltd. 727 pp.
- Darwin C. 1859. A origem das espécies e a seleção natural.
- Futuyma J.D. 1995. Biologia Evolutiva. Sociedade Brasileira de Genética/CNPq.
- Krebs J.R. & Davies N.B. 1993. Introdução à Ecologia Comportamental. Atheneu Editora São Paulo.
- Bradshaw D, 2003. Vertebrate Ecophysiology. Cambridge University Press.
 

Clique para consultar os requisitos para 5920931

Clique para consultar o oferecimento para 5920931

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP