Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Psicologia
 
Disciplina: 5940639 - Avaliação da Inteligência
INTELLIGENCE ASSESSMENT

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2018 Desativação:

Objetivos
Geral: Essa disciplina tem por objetivo apresentar ao estudante o histórico e os princípios dos processos de Avaliação Psicológica, assim como suas possíveis consequências sociais, com ênfase na avaliação cognitiva. Específicos: Ao final da disciplina, os alunos deverão estar aptos a: - Compreender o histórico e evolução dos instrumentos e dos processos de avaliação psicológica considerando especialmente sua influência na criação de práticas clínicas, sobretudo no campo cognitivo. - Caracterizar os tipos de instrumentos de avaliação psicológica voltados ao campo cognitivo, com base na definição e operacionalização de seus principais conceitos. - lanejar o uso de recursos de avaliação psicológica (sobretudo no campo cognitivo) em função de objetivos delineados para diferentes necessidades individuais ou de grupos de indivíduos. - Conhecer e refletir sobre as consequências sociais dos processos de avaliação psicológica, com ênfase no campo cognitivo.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1958803 - Valeria Barbieri
 
Programa Resumido
A avaliação psicológica: princípios e desenvolvimento histórico. O processo de avaliação psicológica. Legislação e ética dos processos de avaliação psicológica. Diferentes tipos de instrumentos de avaliação psicológica, suas características técnicas, uso e suas consequências sociais, com ênfase nos testes psicométricos para avaliação cognitiva.
 
 
 
Programa
UNIDADE I: - Aspectos históricos da avaliação psicológica em âmbito internacional e nacional - Legislação pertinente à avaliação psicológica (ênfase nas Resoluções do Conselho Federal de Psicologia) - Ética na avaliação psicológica e sua relação com os direitos humanos - Avaliação psicológica enquanto processo - Funções, origens, natureza e tipos de instrumentos de avaliação psicológica - Construção de instrumentos de avaliação psicológica, em especial testes psicológicos - Características psicométricas (validade, precisão e normatização) de instrumentos psicológicos - Padronização das condições de avaliação psicológica - Consequências sociais da avaliação psicológica UNIDADE II: - Fundamentação teórica de testes psicométricos para avaliação cognitiva - Instrumentos psicológicos para avaliação de fenômenos humanos de ordem cognitiva, em diferentes contextos e para diferentes públicos-alvo - Administração, correção, interpretação e redação de resultados de testes psicológicos e outras técnicas de avaliação cognitiva: a) Desenho de Figura Humana – D.A.P. (Wechsler, 1995), contrapondo-se com Goodenough (1926) e Goodenough-Harris (1963) b) As Matrizes Progressivas de Raven c) As Escalas Wechsler, suas revisões e versões atuais.
 
 
 
Avaliação
     
Método
- Aulas expositivas dialogadas, com discussão das temáticas das aulas com a turma. - Treinamentos práticos (role playing). Atividades discentes: - Leituras de referências bibliográficas, com discussão do material em sala de aula. - Treinamentos práticos nas atividades de aplicação, codificação e interpretação dos materiais de avaliação psicológica. - Elaboração de relatórios de avaliação psicológica (atividades práticas)
Critério
Prova escrita (peso 2, nota máxima = 10). Participação das atividades e exercícios práticos desenvolvidos em sala de aula (peso 1, nota máxima = 10).
Norma de Recuperação
Dado o caráter teórico e prático da disciplina, não há possibilidade de recuperação
 
Bibliografia
     
Alchieri, J. C. (2007). Avaliação psicológica: Perspectivas e contextos. São Paulo: Vetor. Alchieri, J. C., & Cruz, R. M. (2003). Avaliação psicológica: Conceito, métodos, medidas e instrumentos. São Paulo: Casa do Psicólogo. Ambiel, R. A. M., Rabelo, I. S., Pacanaro, S. V., Alves, G. A. S., & Leme, I. F. A. S. (2011) Avaliação psicológica: Guia de consulta para estudantes e profissionais de Psicologia. São Paulo: Casa do Psicólogo. Anastasi, A. & Urbina, S. (2000). Testagem psicológica. Tradução de Maria Adriana Veríssimo Veronese. Porto Alegre: Artes Médicas Sul. Ancona-Lopez, M. (Org.) (1987). Avaliação da inteligência. Vol. I e II. São Paulo: EPU. Candeias, A., Almeida, L., Roazzi, A., & Primi, R. (2008). Inteligência: Definição e medida na confluência de múltiplas concepções. São Paulo: Casa do Psicólogo. Hutz, C. S., Bandeira, D. R., Trentini, C. M., & Krug, J. S. (Orgs.) (2016). Psicodiagnóstico. Porto Alegre: ArtMed. Glasser, A. J. & ZImmerman, I. L. (1977). Interpretación clínica de la Escala de Inteligência de Wechsler para niños. Madrid: TEA Ediciones. MANUAIS dos vários testes psicológicos referidos no conteúdo da disciplina, publicados por diferentes editoras, parte do acervo clínico do Centro de Psicologia Aplicada desta Faculdade. Pasquali, L. (2010). Instrumentação psicológica: fundamentos e práticas. Porto Alegre: Artmed. Schelini, P. W. (2007). Alguns domínios da avaliação psicológica. Campinas: Alínea. Urbina, S. (2007). Fundamentos da Testagem Psicológica. Porto Alegre: Artmed. Wechsler, S. L. (1996). O desenho da figura humana: Avaliação do desenvolvimento cognitivo infantil: Manual para crianças brasileiras. Campinas: Editorial Psy.
 

Clique para consultar os requisitos para 5940639

Clique para consultar o oferecimento para 5940639

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP