Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Psicologia
 
Disciplina: 5940647 - Psicologia e Políticas Públicas em Saúde
PSYCHOLOGY AND PUBLIC HEALTH POLICIES

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2018 Desativação:

Objetivos
Geral: Proporcionar ao aluno o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias ao trabalho do psicólogo que atua no contexto da saúde publica no Brasil considerando as políticas desenvolvidas ao longo da história, a sistemática básica de funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS) e suas principais características assistenciais e gerenciais. Específicos: Ao final da disciplina o aluno deve estar apto a: - Identificar as marcas ideológicas e políticas que contribuíram para a estruturação das ações em saúde no Brasil, distinguindo os campos de saúde pública e saúde coletiva; - Conhecer, e identificar no campo de práticas profissionais, os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), articulando-os ao contexto específico da Psicologia; - Conhecer a reorganização assistencial e gerencial dos serviços de saúde proposta pelo SUS; - Conhecer os processos de financiamento e gestão em saúde; - Analisar as implicações das políticas públicas de saúde para a construção do trabalho do psicólogo no Brasil, tanto em ações de assistência quanto de gestão.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3157550 - Marina Simões Flório Ferreira Bertagnoli
 
Programa Resumido
Esta disciplina visa desenvolver múltiplos recursos (conhecimentos, habilidades e atitudes) necessários ao trabalho do psicólogo que atua no campo da Saúde Pública considerando especificamente a história do desenvolvimento das políticas públicas, as características de organização do sistema de serviços (considerando tanto assistência quanto gestão) e suas implicações para a atuação do psicólogo.
 
 
 
Programa
1- Construção e desenvolvimento das políticas públicas em saúde no Brasil 1.1. Política e políticas públicas 1.2. Ações em saúde no Brasil: breve histórico - epidemiologia e indicadores de saúde: risco e culpa; - determinação social do processo saúde-doença; - o público e o privado na saúde; - saúde pública e saúde coletiva; - mercantilização da saúde: direito de classe ou direito de todos? 2. Sistema Único de Saúde 2.1. Assistência - universalidade, equidade e integralidade; - rede assistencial e níveis de atenção. 2.2. Gestão - descentralização, regionalização e hierarquização; - rede assistencial e regulação; - ferramentas e formas de gestão; - órgãos colegiados na saúde. 2.2.1. Gestão local - construção do “projeto local”; - participação e controle social. 2.3. Financiamento - blocos de financiamento; - organização administrativa e controle orçamentário. 3. Possibilidades para a prática profissional da Psicologia - relatos em assistência e gestão.
 
 
 
Avaliação
     
Método
- Aulas expositivas dialogadas; - Grupos de discussão e trabalho; - Entrevista com profissional de saúde; - Apresentação e análise da entrevista realizada, para discussão ampliada com a turma toda; - Elaboração de relatório final. Atividades discentes: - Busca de referências e relatos; - Participação em sala de aula e nos grupos de discussão; - Leituras das referências indicadas; - Visita a serviço de saúde e entrevista com profissionais; - Análise do cenário assistencial e de gestão do serviço visitado, com indicação de possibilidades para a intervenção profissional do psicólogo; - Apresentação em sala de aula e discussão com a turma; - Elaboração e entrega de relatório final.
Critério
- Assiduidade; - Participação nas atividades (discussão em sala e nos grupos, visita ao serviço, entrevista com profissionais, apresentação e elaboração do relatório final); - Apresentação da visita realizada e proposta de intervenção profissional do psicólogo; - Entrega do relatório final 1) Visitas: caracterização da estrutura e funcionamento da unidade visitada; 2) Análise do cenário e adequação da proposta de intervenção profissional (viabilidade de execução e originalidade); 3) correlação com conceitos; - Auto-avaliação.
Norma de Recuperação
Prova escrita e/ou oral sobre o conteúdo.
 
Bibliografia
     
BAHIA, L. Avanços e percalços do SUS: a regulação das relações entre o público e o privado. Trab. Educ. Saúde, Rio de Janeiro, v. 4, n.1, 2006. BARATA, R.B. Epidemiologia e políticas públicas. Rev. Bras. Epidemiologia. v.16, n.1, p. 3-17. 2013. BRASIL/ MINISTÉRIO DA SAÚDE. Lei nº 8080, de 19 de setembro de 1990. Disponível em: Acesso em 12 de abril de 2017. BRASIL/ MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011, que aprova a Política Nacional de Atenção Básica. Disponível em < https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/registro/Portaria_n__2_488__de_21_de_outubro_de_2011/120> Acesso em 12 de abril de 2017. BRASIL/ MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria nº 4.279, de 30 de dezembro de 2010, que estabelece diretrizes para organização da Rede de Atenção à Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Disponível em Acesso em 12 de abril de 2017. BRASIL/MINISTÉRIO DA SAÚDE. O SUS de A a Z (2009). Disponível em . Acesso em 12 de abril de 2017. BRASIL/ MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria nº 399, de 22 de fevereiro de 2006, que divulga o Pacto pela Saúde 2006 - Consolidação do SUS e aprova as Diretrizes Operacionais do referido Pacto. Disponível em Acesso em 12 de abril de 2017. BRASIL/ MINISTÉRIO DA SAÚDE. HumanizaSUS: Política Nacional de Humanização, 2003.Disponívelem . Acesso em 12 de abril de 2017. BRASIL/ MINISTÉRIO DA SAÚDE. Norma Operacional da Assistência à Saúde – NOAS-SUS 01/01 e Portaria MS/GM n.º 95, de 26 de janeiro de 2001. Disponívelem; Acesso em 12 de abril de 2017. BRASIL/ MINISTÉRIO DA SAÚDE, Norma Operacional Básica do Sistema Único de Saúde (SUS), 1996. Disponível em acesso em 12 de abril de 2017. CAMARGO JR.,K.R. (Ir)racionalidade médica: os paradoxos da clínica. Physis, Revista de Saúde Coletiva, vol. 02, n. 02, p. 203-228, 1992. CAMPOS, C.E.A. As origens da rede de serviços da atenção básica no Brasil: o Sistema Distrital de Administração Sanitária. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro. v.14, n.3, p.877-906, jul.-set. 2007. CAMPOS et al (orgs). Tratado de Saúde Coletiva. São Paulo-Rio de Janeiro: HUCITEC/FIOCRUZ, 2006. CASTIEL, L.D.; ÀLVAREZ-DARDET, C. La salud persecutoria. Rev. Saúde Pública, v.41, n.3, 2007. CHAUÍ, M. Convite à Filosofia. Editora Ática. São Paulo, 2000. Disponível em: http://www.filosofia.seed.pr.gov.br/arquivos/File/classicos_da_filosofia/convite.pdf. Acesso em 07/01/2016. COMISSÃO NACIONAL SOBRE DETERMINANTES SOCIAIS DA SAÚDE. As causas sociais das iniqüidades em saúde no Brasil. Relatório da Comissão Nacional de Determinantes Sociais da Saúde. Brasília. 2008. CZERESNIA, D. Promoção da Saúde: conceitos, reflexões tendências. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 1999, 174p. DALLARI, D. A. Elementos de teoria geral do Estado. Editora Saraiva, 20ª Ed., 1998. GIOVANELLA, L. et al (orgs) Políticas e Sistema de Saúde. RJ/SP: Fiocruz/CEBES, 2009. HEIMANN, L.S.; IBANHES, L. C.; BARBOZA, R. (Org.). (2005). O Público e o Privado na Saúde. São Paulo: HUCITEC. HOCHMAN, G. Políticas nacionais e programas internacionais de saúde em perspectiva histórica e comparada. Rev. Eletr. de Com. Inf. Inov. Saúde. Rio de Janeiro, v.4, n.1, p.134-140, mar., 2010. LOPES, A. L. Noções de Teoria Geral do Estado: Roteiro de Estudos. Escola Superior Dom Hélder Câmara. Belo Horizonte, 2010. Disponível em: http://www.domtotal.com/direito/uploads/pdf/1627aa4f30ef0e7c1b149fccd97700c2.pdf. Acesso em 07/01/2016. LUZ, M.T. (2005). Novos saberes e práticas em Saúde Coletiva. Estudo sobre racionalidades médicas e atividades corporais. São Paulo: HUCITEC. MATOS, M.R.; MENEGHETTI, L.C.; GOMES, A.L.Z. Uma experiência em comunicação e saúde. Interface - Comunic., Saúde, Educ., v. 13, n.31, 2009. PAIM, J.S. O que é o SUS. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2009. 148 p. SOUZA, C. Políticas Públicas: uma revisão da literatura. Sociologias, Porto Alegre, ano 8, nº 16, jul/dez 2006, p.20-45.
 

Clique para consultar os requisitos para 5940647

Clique para consultar o oferecimento para 5940647

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP