Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Psicologia
 
Disciplina: 5940653 - Psicologia Organizacional e do Trabalho I
WORK AND ORGANIZATIONAL PSYCHOLOGY I

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2018 Desativação:

Objetivos
Geral: A presente disciplina é de caráter obrigatório. Tem como propósito preparar o aluno nos aspectos relativos ao comportamento humano nas organizações e no trabalho e informar sobre os principais campos de atuação e pesquisa do Psicólogo Organizacional e do Trabalho (POT). A orientação é a de formar todos os alunos do Curso, inclusive quem não pretende estagiar ou atuar na subárea de POT, para agir em organizações e ambientes de trabalho e compreender sua lógica de funcionamento. A ênfase não será a de fornecer instrumentos de intervenção, mas a de prover quadros de referência e de apresentar a área de POT ao aluno. A construção de instrumentos de intervenção será trabalhada na disciplina Psicologia Organizacional e do Trabalho II. Até o final do presente semestre esperamos que os alunos sejam capazes de: - Explicar e predizer o comportamento humano nas organizações e ambientes de trabalho. - Descrever as formas predominantes e as tendências inovadoras relativas à atuação e pesquisa do Psicólogo Organizacional e do Trabalho. Específicos: Para facilitar o alcance dos objetivos gerais, a disciplina está organizada em 4 unidades, nas quais existem subunidades, cada uma com uma série de objetivos específicos, como descrito a seguir, no item 9.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
6313692 - Thaís Zerbini
 
Programa Resumido
1. Contexto e Atuação Profissional em Psicologia Organizacional e do Trabalho • O Mundo do Trabalho e a Evolução Histórica da Psicologia Industrial e Organizacional • O Psicólogo em Organizações e Trabalho • Dimensões Básicas de Análise das Organizações 2. A Pesquisa em Psicologia Organizacional e do Trabalho 3. O Indivíduo no Contexto • Motivação no Trabalho • Aprendizagem Humana em Organizações de Trabalho • Vínculos do Indivíduo com o Trabalho e com a Organização 4. Gestão de Pessoas
 
 
 
Programa
Unidade 1 - Contexto e Atuação Profissional em Psicologia Organizacional e do Trabalho 1.1. O Mundo do Trabalho e a Evolução Histórica da Psicologia Industrial e Organizacional Objetivos – Ao final desta unidade, o aluno deverá ser capaz de: • Descrever a construção histórica do conceito de trabalho; • Discutir a evolução histórica em Psicologia Industrial, do Trabalho e das Organizações no Brasil e no mundo; • Identificar as principais mudanças no mundo do trabalho; • Discutir as relações do trabalho na atualidade. Conteúdo Ideologia do trabalho A construção da sociedade do bem-estar O esgotamento do modelo taylorista-fordista e as novas concepções do trabalho Evolução histórica em Psicologia Organizacional e do Trabalho (POT) Psicologia organizacional e do trabalho como área de conhecimento e campo de intervenção O Psicólogo em Organizações e Trabalho Objetivos – Ao final desta unidade, o aluno deverá ser capaz de: • Identificar os fenômenos e processos relativos à ação do psicólogo organizacional e do trabalho, seus âmbitos de intervenção e suas interfaces com outras áreas de conhecimento; • Descrever as práticas que constituem o modelo tradicional de intervenção do psicólogo organizacional e do trabalho e as diversas críticas que apontaram os limites, vieses e dificuldades desse modelo; • Caracterizar as tendências inovadoras e os desafios no exercício profissional do psicólogo organizacional e do trabalho que vêm se consolidando no momento atual. Conteúdo Perspectivas do campo e desafios do psicólogo organizacional e do trabalho brasileiro Frentes de atuação e níveis de intervenção do pesquisador e profissional da POT na atualidade Tendências e Desafios da área de POT Dimensões Básicas de Análise das Organizações Objetivos – Ao final desta unidade, o aluno deverá ser capaz de: • Descrever as dimensões básicas para uma análise organizacional: estrutura, relações da organização com o seu ambiente e estratégias organizacionais; • Discutir diferentes perspectivas teóricas sobre a estrutura organizacional: teoria da contingência estrutural, teoria institucionalista e abordagem cognitivista; • Discutir dois modelos de análise das relações ambiente-organização: modelo tradicional dos acionistas e modelo emergente dos stakeholders; • Caracterizar as organizações como uma unidade multidimensional, socialmente construída, que articula processos individuais e coletivos. Conteúdo Abordagens teóricas sobre as organizações Dimensões de Análise das Organizações Unidade 2 – A Pesquisa em Psicologia Organizacional e do Trabalho Objetivos – Ao final desta unidade, o aluno deverá ser capaz de: • Descrever o campo de conhecimento científico da POT, em termos de seu foco central e das relações que este estabelece com outros fenômenos, outros sub-domínios da psicologia e campos disciplinares afins; • Descrever as características essenciais do pensamento científico em POT; • Descrever as múltiplas dimensões em que a pesquisa científica em POT pode ser analisada; • Realizar análises simples de pesquisas divulgadas em POT, identificando aspectos essenciais do processo de produção do conhecimento nelas desenvolvido. Conteúdo Elementos fundamentais da pesquisa em Psicologia Organizacional e do Trabalho A Psicologia Organizacional e do Trabalho como Campo de Investigação e Produção do Conhecimento A Produção do Conhecimento em Psicologia Organizacional e do Trabalho Unidade 3 – O Indivíduo no Contexto 3.1. Motivação no Trabalho Objetivos – Ao final desta unidade, o aluno deverá ser capaz de: • Definir motivação no trabalho e identificar os principais aspectos envolvidos neste processo psicológico; • Descrever os aspectos essenciais das principais teorias da motivação no trabalho; • Identificar e analisar criticamente os fatores mediadores entre a motivação e o desempenho no trabalho; • Analisar os limites das teorias psicológicas que dificultam a sua aplicação à realidade organizacional. Conteúdo Motivação: definições, modelos de classificação e teorias Principais fatores de mediação entre motivação e desempenho no trabalho: significado do trabalho, sistema de recompensas e punições, ambiente psicossocial de trabalho, estilo gerencial e valores pessoais e organizacionais 3.2. Aprendizagem Humana nas Organizações Objetivos – Ao final desta unidade, o aluno deverá ser capaz de: • Descrever os conceitos de aprendizagem e competências humanas; • Estabelecer relações entre princípios de aprendizagem humana, para medir e tornar possível a aprendizagem e sua transferência em contextos organizacionais e do trabalho; • Descrever a aplicação de conceitos e princípios de aprendizagem humana em organizações e trabalho. Conteúdo Concepções de aprendizagem e classificações de competências Contextos organizacionais que apoiam a aprendizagem 3.3. Vínculos do Indivíduo com a Organização e com o Trabalho Objetivos – Ao final desta unidade, o aluno deverá ser capaz de: • Descrever os conceitos psicossociais que tratam de vínculos do indivíduo com a organização e com o trabalho, diferenciando-os quanto à sua natureza psicossocial e às suas bases teóricas; • Identificar a interdependência entre vínculos do indivíduo com a organização e com o trabalho; • Avaliar as consequências para organizações decorrentes dos múltiplos vínculos que seus colaboradores desenvolvem com elas e com o trabalho que nelas realizam; • Planejar ações de diagnóstico e de intervenção psicossociais em organizações para a prática profissional do psicólogo, com base na literatura sobre vínculos com a organização e com o trabalho. Conteúdo Vínculos com o trabalho: satisfação e envolvimento Vínculos com a organização: troca econômica e social, reciprocidade, comprometimento, suporte e justiça. Unidade 4 – Gestão de Pessoas Objetivos – Ao final desta unidade, o aluno deverá ser capaz de: • Definir e discutir as premissas conceituais para a construção de um modelo de gestão de pessoas com base em competências; • Discutir as ferramentas estratégicas utilizadas pelas empresas nos subsistemas de gestão de pessoas: Recrutamento e Seleção de Pessoal; Avaliação de Desempenho; Administração de Carreiras; Sistemas de Reconhecimento e Remuneração; • Discutir processos de aquisição de aprendizagem mais utilizados em organizações de trabalho: Treinamento, Desenvolvimento e Educação (presencial e a distância) e Educação Corporativa; • Analisar as tendências em Gestão de Pessoas. Conteúdo Premissas conceituais da Gestão de Pessoas com base em competências Recrutamento e Seleção de Pessoal Treinamento, Desenvolvimento e Educação Avaliação de Desempenho Administração de carreiras Sistemas de reconhecimento e remuneração
 
 
 
Avaliação
     
Método
- Aulas expositivas: serão desenvolvidas para apresentar as informações essenciais necessárias para aquisição de cada objetivo e para esboçar um quadro das referências que auxiliem os alunos a sistematizar estas informações. - Estudos dirigidos e discussões em sala: servirão para fixar essas informações por meio de respostas a questões previamente elaboradas. - Atividade prática de campo: entrevistas com profissionais da área de Gestão de Pessoas visando mapear as atividades relacionadas à área, bem como identificar as percepções em relação ao papel do psicólogo nas organizações. Atividades discentes: - Leitura dos textos inidicados - Estudos dirigidos - Discussões em sala dos textos indicados - Atividade prática de campo
Critério
- Duas Provas – totalizando 5 pontos - Participação (respondendo perguntas) em seis Estudos Dirigidos dos oito existentes, sendo que o ED 8 é obrigatório – 2,0 pontos - Atividade Prática em sala de aula de construção de instrumentos de intervenção – 2,0 pontos - Apresentação em Power Point da Atividade Prática – 1,0 ponto
Norma de Recuperação
Realização de uma prova escrita. Conteúdo: unidades 1 a 4 do programa.
 
Bibliografia
     
Bibliografia básica: Abbad, G., & Borges-Andrade, J. E. (2004). Aprendizagem Humana em Organizações de Trabalho. In J. C. Zanelli; J. E. Borges-Andrade & A. V. B. Bastos (Orgs.), Psicologia, organizações e trabalho no Brasil (pp. 237-275). Porto Alegre: Artmed. Abbad, G. S., Loiola, E., Zerbini, T., & Borges-Andrade, J. E. (2013). Aprendizagem em Organizações e no Trabalho. In Borges, L.; Mourão, L. (Org). O Trabalho e as Organizações. Atuações a partir da Psicologia (pp. 497-527). Porto Alegre: Editora Artmed. Bastos, A. V. B., Yamamoto, O. H., & Rodrigues, A. C de A. (2013). Compromisso Social e Ético: Desafios para a atuação em Psicologia Organizacional e do Trabalho. In Borges, L.; Mourão, L. (Org). O Trabalho e as Organizações. Atuações a partir da Psicologia (pp. 25-52). Porto Alegre: Editora Artmed. Borges, L. O., & Álvaro, J. L. (2013). O Psicólogo e as Relações de trabalho. In Borges, L.; Mourão, L. (Org). O Trabalho e as Organizações. Atuações a partir da Psicologia (pp. 85-118). Porto Alegre: Editora Artmed. Borges, L. O., & Yamamoto, O. H. (2014). O Mundo do Trabalho. In J. C. Zanelli; J. E. Borges-Andrade & A. V. B. Bastos (Orgs.), Psicologia, organizações e trabalho no Brasil (pp. 24-62). Porto Alegre: Artmed. Borges-Andrade, J. E., & Zanelli, J. C. (2014). Psicologia e Produção de Conhecimento em Organizações e Trabalho. In J. C. Zanelli; J. E. Borges-Andrade & A. V. B. Bastos (Orgs.), Psicologia, organizações e trabalho no Brasil (pp. 492-517). Porto Alegre: Artmed. Borges-Andrade, J. E., Zerbini, T., Abbad, G. S., & Mourão, L. (2013). Treinamento, desenvolvimento e educação: Um modelo para sua gestão. In Borges, L., Mourão, L. (Org). O Trabalho e as Organizações. Atuações a partir da Psicologia (pp. 465-498). Porto Alegre: Editora Artmed. Dutra, J. S. (2001). Gestão de Pessoas com Base em Competências. In J. S. Dutra (Org.), Gestão por Competências: Um Modelo Avançado para o Gerenciamento de Pessoas (pp. 25-43). São Paulo: Editora Gente. Dutra, J. S. (2001). Gestão do Desenvolvimento e da Carreira por Competência. In J. S. Dutra (Org.), Gestão por Competências: Um Modelo Avançado para o Gerenciamento de Pessoas (pp. 46-69). São Paulo: Editora Gente. Dutra, J. S. (2001). Tendências no Campo da Remuneração para o Novo Milênio. In J. S. Dutra (Org.), Gestão por Competências: Um Modelo Avançado para o Gerenciamento de Pessoas (pp. 71-94). São Paulo: Editora Gente. Dutra, J. S. (2002). A Gestão de Pessoas Passada a Limpo. In J. S. Dutra (Org.), Gestão de Pessoas: Modelo, Processos, Tendências e Perspectivas (pp. 15-39). São Paulo: Editora Atlas. Dutra, J. S. (2002). Modelo de Gestão de Pessoas. In J. S. Dutra (Org.), Gestão de Pessoas: Modelo, Processos, Tendências e Perspectivas (pp. 41-60). São Paulo: Editora Atlas. Dutra, J. S. (2002). Movimentação de Pessoas. In J. S. Dutra (Org.), Gestão de Pessoas: Modelo, Processos, Tendências e Perspectivas (pp. 64-99). São Paulo: Editora Atlas. Gondim, S. M. G., & Silva, N. (2014). Motivação no Trabalho. In J. C. Zanelli; J. E. Borges-Andrade & A. V. B. Bastos (Orgs.), Psicologia, organizações e trabalho no Brasil (pp. 145-176). Porto Alegre: Artmed. Gondim, S. M. G. et al. (2013). Gestão de Pessoas. In Borges, L.; Mourão, L. (Org). O Trabalho e as Organizações. Atuações a partir da Psicologia (pp. 343-375). Porto Alegre: Editora Artmed. Gondim, S. M. G., & Queiroga, F. (2013). Recrutamento e Seleção de Pessoas. In Borges, L.; Mourão, L. (Org). O Trabalho e as Organizações. Atuações a partir da Psicologia (pp. 376-405). Porto Alegre: Editora Artmed. Loiola, E., Bastos, A. V. B., Queiroz, N., & Silva, T. D. (2014). Dimensões Básicas de Análise das Organizações. In J. C. Zanelli; J. E. Borges-Andrade & A. V. B. Bastos (Orgs.), Psicologia, organizações e trabalho no Brasil (pp. 91-141). Porto Alegre: Artmed. Peixoto, A. L. A., & Caetano, A. (2013). Avaliação de desempenho. In Borges, L., Mourão, L. (Org). O Trabalho e as Organizações. Atuações a partir da Psicologia (pp. 528-556). Porto Alegre: Editora Artmed. Pizzato, F. (2010). É possível pensar em remuneração por competência? In: Bitencourt, C. (Org). Gestão Contemporânea de Pessoas: novas práticas, conceitos tradicionais. Porto Alegre: Bookman. Ruas, R. (2005). Gestão por competências: Uma contribuição à estratégia das organizações. In R. Ruas, C.S., Antonello, & L.H. Boff (Orgs.), Aprendizagem organizacional e competências: os novos horizontes da gestão. Porto Alegre, RS: Bookman. Siqueira, M. M. M., & Gomide Júnior, S. (2014). Vínculos do Indivíduo com o Trabalho e com a Organização. In J. C. Zanelli; J. E. Borges-Andrade & A. V. B. Bastos (Orgs.), Psicologia, organizações e trabalho no Brasil (pp. 300-328). Porto Alegre: Artmed. Vargas, M. R. M., & Abbad, G. (2006). Bases Conceituais em Treinamento, Desenvolvimento e Educação – TD&E. In J. E. Borges-Andrade, G. Abbad & L. Mourão (Orgs.), Treinamento, desenvolvimento e educação em organizações e trabalho: fundamentos para a gestão de pessoas (pp. 137-158). São Paulo: Artmed. Zanelli, J. C., & Bastos, A. V. B. (2014). Inserção Profissional do Psicólogo em Organizações e no Trabalho. In J. C. Zanelli; J. E. Borges-Andrade & A. V. B. Bastos (Orgs.), Psicologia, organizações e trabalho no Brasil (pp. 466-491). Porto Alegre: Artmed.
 

Clique para consultar os requisitos para 5940653

Clique para consultar o oferecimento para 5940653

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP