Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Psicologia
 
Disciplina: 5940672 - Neurobiologia da Ansiedade e da Depressão: Modelos Animais
NEUROBIOLOGY OF ANXIETY AND DEPRESSION: ANIMAL MODELS FOR THE STUDY OF THESE PSYCHOPATHOLOGIES

Créditos Aula: 8
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2018 Desativação:

Objetivos
O objetivo geral da disciplina é apresentar e discutir as bases neurobiológicas da ansiedade e da depressão, através da discussão de correlatos comportamentais de diferentes modelos experimentais dessas psicopatologias. O objetivo secundário é introduzir o aluno na linguagem científica através de uma visão geral da utilização de modelos animais das diferentes psicopatologias, despertando o interesse do aluno para atividades de pesquisa científica básica.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
418002 - Claudia Maria Padovan
 
Programa Resumido
A disciplina discute as bases neurobiológicas da ansiedade e da depressão, através de correlatos comportamentais de diferentes modelos experimentais dessas psicopatologias, apresentados durante o curso, introduzindo o aluno na linguagem científica e despertando o interesse do aluno para atividades de pesquisa científica básica na área da Psicologia Experimental
 
 
 
Programa
- O sistema Límbico e as emoções ; - As bases Neuroanatômicas das Emoções; - Neurobiologia da Ansiedade; - Neurobiologia da Depressão; - Aulas Teóricas (T1 – T3). T1 – Introdução – Conceito de Ansiedade. Sistema de inibição comportamental e sistema cerebral aversivo. Papel da neurotransmissão mediada por diferentes neurotransmissores como GABA, serotonina, noradrenalina e glutamato. T2- Introdução – Conceito de Depressão. Papel da neurotransmissão mediada por diferentes neurotransmissores como GABA, serotonina, noradrenalina e glutamato. T3 - Métodos de Estudo: Modelos Animais de Transtornos Psiquiátricos Aulas Práticas (P1 - P3). P1 – Cirurgia Estereotáxica para implantação de cânulas-guia em estruturas do Sistema Nervoso Central. P2 – Efeitos da administração aguda de ansiolíticos sobre o comportamento de animais submetidos ao teste do Labirinto em Cruz Elevado. P3 – Efeitos da administração sub-crônica de antidepressivos sobre o comportamento de animais submetidos a estressores inescapáveis. Seminários (S1 - S2). S1 – Substratos neurais da Ansiedade S2 - Substratos neurais da Depressão
 
 
 
Avaliação
     
Método
- Aulas teóricas expositivas, aulas práticas e discussão de artigos científicos apresentados pelos alunos em seminários orientados. - Avaliação da participação do aluno nas aulas práticas e seminários - Participação nas práticas e seminários - Apresentação de seminários - Relatórios de aulas práticas
Critério
- Relatórios das aulas práticas - 70% de presença - O aluno será aprovado somente se obtiver média igual ou superior a cinco, referente à média aritmética das notas obtidas na apresentação e discussão dos seminários e nos relatórios das aulas práticas. O aluno será submetido a exame de Recuperação se sua média final for igual ou superior a três e inferior a cinco. Alunos com média final inferior a três serão considerados reprovados.
Norma de Recuperação
Os alunos que obtiverem nota inferior a 5 (cinco) e maior que 3 (três) e 70% de presença deverão apresentar dois trabalhos escritos, sendo um sobre Ansiedade e outro sobre Depressão, envolvendo os aspectos abordados durante o curso. O trabalho deverá ser entregue no máximo sete dias após a divulgação da média final. O aluno será considerado aprovado somente se a média das notas atribuídas a cada um dos trabalhos for igual ou superior a cinco
 
Bibliografia
     
Bear, M. F., Connors, P. W., & Paradiso, M. A. (1996). Neuroscience: Exploring the brain. Baltimore: William & Wilkins. Graeff, F. G., & Brandão, M. L. (1999). Neurobiologia das doenças mentais. Ed. Lemos. Graeff, F. G. (1992). Drogas psicotrópicas e seu modo de ação. São Paulo: EPU. Graeff, F. G., & Guimarães, F. S. (1999). Fundamentos de Psicofarmacologia. São Paulo: Atheneu. Guyton, A. C. (1988). Tratado de fisiologia médica. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan. Lent, R. (2002). Cem bilhões de neurônios – Conceitos fundamentais de neurociência. São Paulo: Atheneu. Machado, A. (1993). Neuroanatomia funcional. São Paulo: Atheneu. Noback, C. R., Stroeminger, N. L., & Demarest, R. J. (1999). Neuroanatomia: Estrutura e função do Sistema Nervoso Humano. Editorial Premier. Kandel, E. R., Schwartz, J. H., & Jessel, T. M. (2000). Principles of neural science. New York: McGraw Hill. Schmidt, R. F. (1979). Neurofisiologia. 4a. Edição. São Paulo: EPU. Bibliografia complementar: - Deakin, J. F. W., Graeff, F. G., & Guimarães, F. S. (1992). 5-HT receptor subtypes and the modulation of aversion. In: C. A. Marsden & D. J. Heal (Eds), Central Serotonin Receptors and Psychotropic Drugs. Oxford, Blackwell Sci. Pub.
 

Clique para consultar os requisitos para 5940672

Clique para consultar o oferecimento para 5940672

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP