Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Educação, Informação e Comunicação
 
Disciplina: 5960121 - Didática Geral II
General Didactic II

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 120 h ( Estágio: 60 h , Práticas como Componentes Curriculares = 20 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2014 Desativação:

Objetivos
O Curso de Didática Geral pretende contribuir para a formação de um profissional que atue nas Instituições Escolares e que tenha uma perspectiva de trabalho interdisciplinar. Isto pressupõe:
A disciplina de Didática Geral II pretende contribuir para a formação de um profissional que atue nas Instituições Escolares e que tenha uma perspectiva de trabalho interdisciplinar. Para tanto, propõe o estudo de teorizações sobre o ensino, bem como sobre as práticas que constituem o cotidiano da escola e da sala de aula, evidenciando as determinações sociais da organização e do desenvolvimento do trabalho pedagógico. É fundamental subsidiar o futuro professor, que necessita de uma formação teórica e técnica para que realize satisfatoriamente o trabalho docente, em condições de criar sua própria didática, ou seja, sua prática de ensino em situações didáticas específicas, em conformidade com o contexto social em que ele atue.
O Curso de Didática Geral II pretende contribuir para a formação do futuro professor mediante o exame das especificidades do trabalho docente na situação institucional escolar. Esta especificidade compreende:
a) a percepção reflexiva e crítica das situações didáticas, no seu contexto histórico e social;
b) a compreensão crítica do processo de ensino na sua função de assegurar, com eficácia, o encontro ativo do aluno com as disciplinas que compõem o currículo escolar e a construção do conhecimento;
c) o domínio dos elementos constitutivos do planejamento do processo de ensino.
O pressuposto, assim, é que o futuro professor necessita de recursos ao mesmo tempo teórico e prático para que realize satisfatoriamente o trabalho docente, em condições de criar sua própria didática, ou seja, sua prática de ensino em situações didáticas específicas conforme o contexto social em que ele atue.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
6273736 - Cristina Cinto Araujo Pedroso
 
Programa Resumido
 
 
 
Programa
9.1 Da relação entre Educação, Escola e Didática

 O papel da Educação e da escola.
 Educação e Humanização.

9.2 Da relação com o conhecimento e a organização da aula

 Projeto Político Pedagógico
Os pressupostos para elaboração e implementação do Projeto Político Pedagógico.
Princípios norteadores do Projeto Político Pedagógico.
O Projeto Político Pedagógico da escola de educação básica.
A relação do Projeto Político Pedagógico com o processo de ensinar-aprendizagem.

 Planejamento de Ensino
O planejamento pedagógico como processo.
Planejamento, Plano de Ensino e Plano de Aula.
O planejamento da prática docente.
Elementos constitutivos do planejamento.
As teorias pedagógicas e a prática docente.

 Organização da Aula
A aula como espaço-tempo de construção de conhecimento.
A dimensão ética da aula.
Elementos estruturantes da organização didática da aula.
A relação professor-estudante-conhecimento.
A aula em contextos não convencionais.

9.3 Do trabalho docente e o ensino

 Profissão professor: saberes e identidade.
 Profissionalidade docente.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, discussões de textos, seminários, filmes, análise de relatórios dos temas investigados.
Critério
1) Provas escritas - valor 30%
2) Relatórios individuais sobre os temas dos seminários, trabalhos de classe e exercícios - 30%
3) Relatório em grupo sobre o projeto de pesquisa desenvolvido nas escolas – valor 40%.
Norma de Recuperação
Os alunos que não conseguirem aprovação, deverão fazer uma nova avaliação escrita, sobre todo o conteúdo visto no curso, e obter nesta, nota igual ou superior a 5 (cinco).
 
Bibliografia
     
AQUINO, J. G. A violência e a crise da autoridade docente. Campinas, Cadernos CEDES, n. 47, 1998.
ANASTASION, L.G. C.;ALVES, L. P. (orgs). Estratégias de Ensinagem. In: ANASTASION, L.G. C.; ALVES, L. P. (orgs). Processos de Ensinagem na Universidade. Joinville, Santa Catarina. UNIVILLE, 2003. 67 – 78.
CHARLOT, B. O professor na sociedade contemporânea: um trabalhador da contradição. Salvador, Revista FAEEBA, v. 17, n. 30, p. 117-31, 2008.
___________. A noção de relação com o saber: bases de apoio teórico e fundamentos antropológicos. In CHARLOT, B. (org.) Os jovens e o saber: perspectivas mundiais. Porto Alegre: Artmed Editora, 2001, p. 15 a 31.
FARIAS, I. M. S. de (Org.) Didática e Docência: aprendendo a profissão. Brasília: Líber Livro, 2009.
FRANCO, M. A. S. e PIMENTA, S. G. (orgs.) Didática: embates contemporâneos. São Paulo: Edição Loyola, 2010.
FREIRE, P. Papel da educação na humanização. In: Uma Educação para a liberdade. Porto: Textos Marginais, 1974 (7-21).
FUSARI, J. C. O planejamento do trabalho pedagógico: algumas indagações e tentativas de respostas. In: Revista Ideias, 8,1990.
HOFFMANN, Jussara. Avaliar para promover. 2ª ed. Porto Alegre: Mediação, 2002.
LIBÂNEO, J. C.; ALVES, N. (Orgs.). Temas de Pedagogia: diálogos entre didática e currículo. São Paulo: Cortez, 2012.
LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem: componente do ato pedagógico. São Paulo: Cortez, 2011.
PIMENTA, S. G., Projeto Pedagógico e identidade da Escola. In: PIMENTA, S.G. De professores, Pesquisa e Didática. Campinas. Papirus. 2001
_________. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA (org.) Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo. Cortez Ed. 2009. 7a. ed. p. 15 - 34.
PIMENTA, S.G. & LIMA, S.L Estágio e Docência. São Paulo. Cortez Ed. 2004: 31-57. (1ª parte cap. I); e 281-284.
VEIGA, I. P.A. Projeto político-pedagógico da escola: uma construção coletiva. In: VEIGA, I. P. A. (org.) Projeto político pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus,1995.
_________. Organização didática da aula: um projeto colaborativo de ação imediata. In: VEIGA, I. P. A. (org.). Aula: Gênese, dimensões, princípios e práticas. Campinas: Papirus, 2008. p.267 - 297.
RIOS, T. A. A dimensão ética da aula ou o que nós fazemos com eles. In: VEIGA, I. P. A. (org.). Aula: Gênese, dimensões, princípios e práticas. Campinas: Papirus, 2008.
SAVIANI, D. Os saberes implicados na formação do educador. In: BICUDO, M. A. V.; SILVA JÚNIOR, C. A. (org.) Formação do educador: dever do Estado, tarefa da universidade. São Paulo: Editora da UNESP, 1996.
VASCONCELLOS, C. S. Avaliação: concepção dialética e libertadora do processo de avaliação escolar. São Paulo, Libertad, 2005, p. 51-62.
________. Avaliação da aprendizagem: práticas de mudança por uma práxis transformadora. São Paulo: Libertad, 2008.
ZABALA, A. As sequências didáticas e as sequências de conteúdo. In: ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998. p. 53-87.
 

Clique para consultar os requisitos para 5960121

Clique para consultar o oferecimento para 5960121

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP