Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Música
 
Disciplina: 5970005 - Introdução à Produção de Música Digital
Introduction to Digital Music

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2019 Desativação:

Objetivos
Complementar os tópicos vistos nas disciplinas de Tecnologia Musical introduzindo o aluno ao universo de tecnologias, dispositivos, processos e tendências para a produção e distribuição de música digital.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
5296560 - Gustavo Silveira Costa
 
Programa Resumido
A disciplina cobrirá os processos de autoria, ferramentas e mídias digitais musicais contemporâneos, abordando tecnologias, estratégias e processos digitais para criação sonora, formatos de distribuição e reprodução, e modelos de negócio para música digital.
 
 
 
Programa
1. Música digital: Conceituação. Mídias suporte e tecnologias envolvidas. Aspectos sociais e abrangência. Potencialidades e perspectivas para música em formato digital. 2) Aspectos de projeto: Propósito e ambientes de produção e audição. Registro e interação em tempo real. Produção em estúdio e ao vivo. Qualidade sonora, parâmetros técnicos, acústicos e musicais de produção e suas definições. 3) Processos e ferramentas: Ciclo da produção ao consumo. Processos e métodos para autoria e produção em meio digital. Programas e dispositivos para autoria e funcionalidades. Finalização e distribuição. 4) Oficina prática de produção: Compondo/criando com computadores, plataformas portáteis, instrumentos digitais, dispositivos interativos e reativos. 5) Modelos de negócio para música digital: Mercados para música digital. Metadados. Questões autorais. Distribuição. Música na web/internet. Tocadores digitais.
 
 
 
Avaliação
     
Método
O curso é baseado em aulas teóricas expositivas com demonstrações, aulas e atividades práticas e de cunho criativo realizadas em estúdio ou laboratório de informática musical.
Critério
O aluno será avaliado por uma prova teórica e por trabalhos práticos realizados no decorrer do curso.
Norma de Recuperação
Não será oferecida por motivos operacionais em função da natureza dos trabalhos e atividades desenvolvidos, de acordo com a resolução COG-3583, Art. 3º, Parágrafo 1º, de 29.09.89.
 
Bibliografia
     
AGOSTINI, L. (2008). Creating soundscapes. London: Lulu Enterprises. AUGOYARD, Jean-François. (2006). Sonic experience: a guide to everyday sounds. McGill-Queen’s University Press. BECKER, J. (2004). Deep listeners: music, emotion and trancing. Indiana University Press. BURGESS, R. (2005). The art of music production 3rd edition. London: Omnibus Press. COOK, N. (1998). Analysing Musical Multimedia. New York: Oxford Univesity Press. COOK, P. R. (2002). Real Sound Synthesis for Interactive Applications. Natick: A. K. Peters Ltd. DICKREITER, M. (1989). Tonmeister technology: recording environments, sound sources and microphone techniques. New York: Temmer Enterprises, Inc.DIXON, S. (2007). Digital performance: a history of new media in theater, dance, performance art and installation. Cambridge: MIT Press. DODGE, C., Jerse, T. A. (1985). Computer Music: Synthesis, Composition, and Performance. New York: Schirmer Books. DYSON, F. (2009). Sounding new media: immersion and embodiment in the arts and culture. Berkeley: University of California Press. GRIFFITHS, P. (1986). A Música Moderna. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. HANSEN, M. B. N. (2006). New philosophy for new media. MIT Press. HUGILL, A. (2012). The Digital Musician. 2a. ed. New York: Routledge, 313p. HUTCHISON, T. (2008). Web Marketing for the Music Business. Focal Press. KATZ, B. (2007). Mastering audio: the art and the science (2nd. ed.). Focal Press. KOSKO, B. (2006). Noise. New York: Viking Adult. MARTIN, George, ed. (1996). Making music: the guide to writing, performing & recording. New York: Quill. Revised Ed. MIRANDA, E. R. (1998). Computer Synthesis for the Electronic Musician. Oxford: Focal Press. MOORE, F. R. (1990). Elements of Computer Music. Prentice Hall. PERPETUO, I. F, Silveira, S. A. (Orgs.) (2009). O Futuro da Música depois da Morte do CD. São Paulo: Momento Editorial. POHLMANN, K. C. (1995). Principles of digital audio. New York: McGraw-Hill. PRIETO, E. (2007). Listening in: music, mind and the modernist narrative. Univ. of Nebraska Press. PUCKETTE, M. (2006) The Theory and Technique of Electronic Music. New Jersey: World Scientific Publishing Co. Pte. Ltd. ROADS, C. (1996). The Computer Music Tutorial. Cambridge, MA: The MIT Press. ROWE, R. (1993) Interactive music Systems. Cambridge, MA: The MIT Press. SIGAL, R. (2009). Compositional Strategies in Electroacoustic Music: Generating materials and creating an effective musical language in electroacoustic music. VDM Verlag. ZAGER, M. (2006). Music Production: A Manual for Producers, Composers, Arrangers, and Students. The Scarecrow Press. ZUBEN, P. (2004). Música e tecnologia: o som e seus novos instrumentos. Irmãos Vitale.
 

Clique para consultar os requisitos para 5970005

Clique para consultar o oferecimento para 5970005

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP