Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
 
Música
 
Disciplina: 5970432 - Canto Coral III
Choral Singing III

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 30 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2019 Desativação:

Objetivos
Abordagem da atividade coral como ferramenta de educação musical, social e humana: 1. Aproximar o aluno do seu aparelho vocal, tanto da expressão falada quanto cantada, em sua expressão individual ou coletiva (coral). 2. Propiciar ao aluno o contato com o repertório coral e seu papel no desenvolvimento da linguagem musical. 3. Propiciar ao aluno a oportunidade de fazer música vocal em conjunto, com o aprendizado técnico do auditivo da realização de parâmetros como: afinação, precisão equilíbrio, fraseado, etc. 4. Instrumentar o aluno para as disciplinas Introdução à Regência Coral I e II, e Regência Coral I e II a serem ministradas em semestres posteriores. Dirigida aos alunos de bacharelado e licenciatura, pretende fornecer subsídios teóricos e desenvolver habilidades próprias da prática musical como: Prática de conjunto do aluno com seu primeiro instrumento; Dinâmica de ensaio; Noções de técnica vocal aplicada ao canto coral; Prática da leitura à primeira vista (aplicação do "solfejo"); Desenvolvimento da audição polifônica e harmônica; Conhecimento do repertório e da bibliografia específicos, com ênfase no Cancioneiro Coral Brasileiro (tanto arranjos quanto composições originais). Vivências no processo de apresentação pública, envolvendo produção, organização, agendamento, elaboração do repertório, notas de programa, divulgação, infraestrutura, etc...
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1362420 - Marcos Camara de Castro
 
Programa Resumido
Classificação Vocal, respiração para o canto, apoio e coluna de ar, leitura coral, leitura à 1ª vista com grupos reduzidos, "Boca Chiusa", relaxamento, posicionamento da língua, suspensão do palato, passagem de boca chiusa para vogais e outros sons nasais e guturais. Situações simuladas de práticas de ensino em canto coral.
 
 
 
Programa
Classificação Vocal - Métodos e critérios - através da classificação dos ingressantes no DM a cada ano. Respiração para o canto - exercícios para localização da respiração baixa e média. Apoio e coluna de ar. Simultâneo aos itens 2 e 4. Leitura coral: a) testagem da leitura à 1ª vista do grupo a quatro ou cinco vozes. b) testagem da escuta harmônica e afinação da 1ª vista a quatro e cinco vozes. Colocação da emissão em "Boca Chiusa". a) relaxamento da mandíbula. b) posicionamento da língua. c) suspensão do palato mole. d) exercícios de percepção do local onde a voz está se colocando. e) conexão do apoio e a missão vocal em "Boca Chiusa". f) o crescimento em "Boca Chiusa" e as colocações frontal e craniana do som. Passagem da "Boca Chiusa" para vogais e outros sons nasais e guturais. Leitura coral (simultâneo aos itens 5 e 7). Através da leitura, montagem e aperfeiçoamento de peças relativamente simples, promover a aplicação da técnica aprendida, agora já com um objetivo mais diretamente musical. Situações simuladas de práticas de ensino em canto coral: cada aluno deverá preparar uma composição para coral, ensaiando com os colegas e apresentando o resultado em classe, sob sua regência. Práticas como Componentes Curriculares: 30 horas – Situações simuladas de práticas de ensino em canto coral: cada aluno deverá preparar uma composição para coral, ensaiando com os colegas e apresentando o resultado em classe, sob sua regência.
 
 
 
Avaliação
     
Método
A cada semestre, é proposto um programa com ênfase no Cancioneiro Coral Brasileiro. 30 horas – Aquecimento, ensaio, leitura das vozes e performance pública. 30 horas de PCC como atividades de aplicação dos conteúdos estudados.
Critério
Dentro de uma atividade eminentemente prática e de grupo, fica impossível a realização de provas ou outras formas similares de avaliação. Esta se dará no dia a dia, levando em conta a prontidão, o envolvimento do aluno com a disciplina, seu real aproveitamento vocal e musical e seu desenvolvimento quanto à sua capacidade de leitura coral. – Assiduidade, pontualidade e material completo na – pasta – Participação construtiva em sala de aula e nas apresentações públicas – Participação nos fóruns – Colaboração na editoração de manuscritos de partituras corais (Cancioneiro Coral Brasileiro) – Desempenho nas situações simuladas de aula.
Norma de Recuperação
Não haverá prova de recuperação.
 
Bibliografia
     
AGUIAR, Frederico Neves de. FREIRE, Vanda Lima Bellard. A prática coral sob perspectiva de musicalização. In: ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇAÕ MUSICAL, 18, 2009, Londrina. Anais... Londrina: ABEM, p. 229-236. AMATO, Rita de Cássia Fucci. Cooperação e integração no canto coral. In: ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL, Goiânia. Anais... Goiânia: ABEM p. 618-625. AMATO, Rita F.. O canto coral como prática sócio-cultural e educativo-musical. Opus, Goiânia, v. 13, n. 1, p. 75-96, jun. 2007. Disponível em: Acesso em 04 abril 2012. AMATO, Rita de Cássia Fucci. O processo de ensino-aprendizagem no canto coral, do ensaio ao concerto: dimensões educativomusical, historicomusicológica e performática. In: BÜNDCHEN, Denise Sant’Anna. A relação ritmo-movimento no fazer musical criativo: uma abordagem construtivista na prática de canto coral. In: ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL, 18, 2009, Londrina. Anais... Londrina: ABEM p. 269-275. ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL, 18, 2009, Londrina. Anais... Londrina: ABEM p. 909-915. CARPEAUX, Otto Maria. Uma nova História da Música: da Idade Média ao Século XX. Rio de Janeiro: Ediouro, 2001. CORNELOUP, Marcel. Guide pratique du chant choral. Paris, Éditions Francis Van de Velde, 1979. CORNUT, Guy. La voix. Coleção "Que sais-je", Presses Universitaires de France, Paris, 1983, 5ª edição. DIAS, Caio; LEME, Mirella. Coral Vivo Canto: um relato sobre as experiências e as contribuições na formação de educadores musicais. In: ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL, 17., 2008, Campo São Paulo. Anais... São Paulo: ABEM, 2008. DIAS, Caio Vinicios Cerzósimo de Souza. SANTOS, Jane Borges de Oliveira. Coral Vivo Canto: aplicabilidade de metodologias de educação musical no contexto atual – Dalcroze, Willems, Kodály e Schafer. In: ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL, 18, 2009, Londrina. Anais...Londrina: ABEM p. 461-467. DIAS, Leila Miralva Martins. Interação pedagógico-musicais da prática coral. Revista da ABEM, v. 20, n. 27 jan-jun 2012, página 131-140. FIGUEIREDO, Sergio Luiz Ferreira de. O ensaio coral como momento de aprendizagem: a prática coral numa perspectiva de educação musical. Dissertação (Mestrado em Música). Instituto de Artes – Departamento de Música. Curso de pós-graduação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 1990. KAELIN, Pierre. L’Art Choral. Paris, Éditions Berger-Levrault, 1974. LAKSCHEVITZ, Eduardo (Org.). Ensaios: olhares sobre a música coral brasileira. Rio de Janeiro, Centro de Estudos de Música Coral, 2006. RAUGEL, Félix. Le chant choral. Paris, Presses Universitaires de France, 1948. ROCHA, Ricardo. Regência: uma arte complexa. Rio de Janeiro, Íbis Libris, 2004. SMITH, B.; SATALOFF, R. T. Choral Pedagogy. San Diego: Singular Publishing Group, 2001. TORRES, Cecilia; SCHMELING, Agnes; TEIXEIRA, Lúcia. SOUZA, Jusamara. Escolha e organização de repertório musical para grupos corais e instrumentais. In: HENTSCHKE, Liane; DEL BEN, Luciana (Org.). Ensino de Música: propostas para pensar e agir na sala de aula. São Paulo: Moderna, 2003, cap. 3, p.63-76.
 

Clique para consultar os requisitos para 5970432

Clique para consultar o oferecimento para 5970432

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP