Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH0182 - Arte, Literatura e Cultura – Fantasia e Ficção Científica na Cultura Pop
Art, Literature and Culture –- Phantasy and Science Fiction in Pop Culture

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2013 Desativação:

Objetivos
A disciplina visa oferecer subsídios relacionais entre artes e literatura na cultura, para uma compreensão e uma apreensão básica das linguagens expressivas, apresentadas através de suas correntes mais significativas, correlacionadas inter-disciplinarmente; desse modo, levar o aluno a um entendimento das diversas linguagens poéticas e da produção artística em seus processos identitários de suas especificidades. Objetiva-se ainda estudo e discussão de fundamentos estéticos e históricos que possam nortear o exercício das relações entre as linguagens.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
770448 - Luis Paulo de Carvalho Piassi
 
Programa Resumido
A disciplina subsidiará a compreensão da cultura pop em suas diversas manifestações a partir do estudo das linguagens artísticas e estéticas, com foco na ficção científica e no rock’n roll e suas inter-relações.
 
 
 
Programa
• Origens da ficção científica e da fantasia.
• Indústria cultural: literatura de massa, quadrinhos, cinema, televisão, publicidade.
• Ficção científica e da fantasia na primeira metade do século XX.
• Fantasias utópicas tecnológicas.
• Desdobramentos culturais da guerra fria e do American Way of Life.
• Origens do rock’n roll: impacto técnico, estético e comportamental.
• Narrativas distópicas na literatura e no cinema.
• A fantasia no rock dos anos 1970: estéticas musicais e visuais.
• Glam e psicodelismo: sinestesia entre música, moda, teatro e cinema.
• Utopias e distopias no hippie e no punk. Incorporação ao mercado de consumo.
• Do punk ao gótico: cinema, música, moda e comportamento.
• Soft science fiction e a subjetivação do espaço-tempo.
• Contradições humano-máquina na ficção científica e no rock. Cyberpunk e Techno.
• Retrofuturismo steampunk: a valorização do período vitoriano.
• O retrô pin-up e rockabilly: os anos 1950 revisitados.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Os alunos serão avaliados a partir de leituras, exercícios e reflexões a partir de textos; dinâmicas de grupo; participação nas aulas, trabalho final, apresentação e discussão de seminários, relatórios críticos a partir das visitas e de roteiros programados; bem como prova escrita.
Critério
Provas e/ou trabalhos.
Norma de Recuperação
Provas e/ou trabalhos.
 
Bibliografia
     
ASSIS, Jesus de Paula. Antiutopias: experimentos imaginários em sociologia. Tese de doutorado. São Paulo: Universidade de São Paulo, 1995.
BARTHES, Roland. Elementos de Semiologia. 16 ed. São Paulo: Cutrix, 2006.
BIVAR, Antônio. O que é punk. São Paulo : Brasiliense, 1982.
CASTILHO, K.; MARTINS, M. M. Discursos da Moda: semiótica, design e corpo. São Paulo: Anhembi Morumbi, 2005.
CAUSO, Roberto S. Ficção científica, Fantasia e Horror no Brasil. 1875 a 1950. Belo Horizonte, Editora UFMG, 2003.
CHARAUDEAU, Patrick. Discurso das mídias. São Paulo: Contexto, 2009.
CRANE, D. A moda e seu papel social: classe, gênero e identidade das roupas. São Paulo: Senac, 2006.
ECO, Umberto. Conceito de texto. São Paulo: T. A. Queiroz: Editora da Universidade de São Paulo, 1984.
______. Sobre o espelho e outros ensaios. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1989.
FIKER, Raul. Ficção científica: ficção, ciência ou uma épica da época? Porto Alegre, L&PM, 1985.
FIORIN, José Luiz. Elementos de análise do discurso. São Paulo: Contexto, 2008.
GINWAY, M. Elizabeth. Ficção científica brasileira: mitos culturais e nacionalidade no país do futuro. São Paulo, Devir, 2005.
GREIMAS, Algirdas Julius. Semântica estrutural. São Paulo: Cultrix, Edusp, 1973.
HODKINSON, Paul. Goth : identity, style, and subcultura. Oxford : Berg, 2002.
KELLNER, Douglas. A cultura da mídia. Bauru: Edusc, 2001.
LEMOS, José Augusto. Rock’n Roll, Coleção Para Saber Mais. São Paulo: Abril, 2003.
MAINGUENEAU, Dominique. Análise de textos de comunicação. São Paulo: Contexto, 2008.
MAZZARELLA, Sharon R. (org.). Os Jovens e a mídia. Porto Alegre: Artmed, 2009.
MERTEN, Luiz Carlos. Cinema: entre a realidade e o artifício. 4ª edição. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 2010.
MUGGLETON, David. Inside subculture : the postmodern meaning of style. Oxford : Berg, 2002.
OLIVEIRA, Fátima. Régis. A ficção científica e a questão da subjetividade homem-máquina. Contracampo (UFF), Niterói, v. 9, n. 0, 2003,.
PIETROFORTE, Antonio V. Semiótica visual: os percursos do olhar. São Paulo: Contexto, 2004.
______. Análise do texto visual: a construção da imagem. São Paulo: Contexto, 2007.
SANTOS, Hugo. Sid Vicious : o espetáculo punk. São Paulo : Brasiliense, 1985.
TAVARES, Bráulio. O que é ficção científica. 2ª edição. Coleção Primeiros Passos, 169. São Paulo, Brasiliense, 1992.
 

Clique para consultar os requisitos para ACH0182

Clique para consultar o oferecimento para ACH0182

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP