Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH1103 - Sociologia Ambiental
Environmental Sociology

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2012 Desativação:

Objetivos
A disciplina oferece aos alunos uma introdução para o estudo das abordagens e temas existentes na Sociologia Ambiental. Nela é examinada a pluralidade de teorias, conceitos e temas que modelam o campo de pesquisas nessa área. Os objetivos do curso podem ser descritos como sendo o de:
a) promover a compreensão da relação entre sociedades e meio ambiente por um prisma histórico (coletores e caçadores, sociedades agrárias, sociedades modernas),
b) compreender a dimensão social e ética envolvida nos problemas ambientais contemporâneos,
c) conhecer as diferentes abordagens que integram os estudos na Sociologia Ambiental,
d) examinar a condição do ambientalismo enquanto movimento social,
e) compreender os problemas ambientais como construções sociais (construtivismo sócio-ambiental),
f) examinar a relação existente entre as forças de mercado e as mudanças ambientais contemporâneas,
g) compreender os problemas associados com a distribuição desigual dos riscos ambientais (justiça ambiental),
f) examinar questões como consumo sustentável, estilo de vida ecológico e conflitos ambientais a partir da abordagem sociológica.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
5347458 - Cristiano Luis Lenzi
 
Programa Resumido
A disciplina oferece aos alunos uma introdução para o estudo das abordagens e temas existentes na Sociologia Ambiental. Nela é examinada a pluralidade de teorias, conceitos e temas que modelam o campo de pesquisas nessa área de pesquisa das Ciências Sociais.
 
 
 
Programa
Sociologia é o estudo da vida social humana. Ela envolve o estudo sistemático do que chamamos de sociedades e abarca o estudo da mudança e da reprodução social. Enquanto ciência social, a Sociologia se apresenta como o conjunto de métodos sistemáticos de investigação empírica, a análise de fatos e a avaliação de teorias por meio de provas e argumentos lógicos. A Sociologia Ambiental, por sua vez, é o estudo da vida social humana em interação com o meio ambiente. Ela estuda as interações que ocorrem entre sociedade e meio ambiente e se utiliza de teorias e conceitos provenientes da própria Sociologia moderna para examinar essa relação. Sociedade e meio ambiente são vistos, na perspectiva sociológica, como exercendo influências recíprocas onde o modo de vida humano (cultura) tende a gerar conseqüências para o meio ambiente e vice-versa. Para a Sociologia Ambiental, muitos dos problemas ambientais contemporâneos têm sua origem em práticas e instituições sociais, o que implica em dizer que as propostas práticas para a resolução destes mesmos problemas precisam passar por um exame destas últimas dimensões.
Tópicos da disciplina:
1) Transições ecológicas na história humana.
2) As dimensões sociais dos problemas ambientais.
3) Abordagens da Sociologia Ambiental.
4) Capitalismo e mudança ambiental.
5) Construtivismo sócio-ambiental.
6) Modernização ecológica.
7) Consumismo e consumo sustentável.
8) Estilos de vida ecológicos.
 
 
 
Avaliação
     
Método
A disciplina se utilizará de técnicas de aprendizado colaborativo ao longo do curso. Isso implicará na organização dos alunos em pequenos grupos de aprendizado de modo a fazer com que os mesmos trabalhem de forma coletiva. Os mesmos poderão se envolver na produção de seminários, trabalhos ou atividades envolvendo a resolução de problemas. Essas atividades poderão ser articuladas com debates e aulas expositivas do professor.
Critério
Avaliação baseada em resumos, participação em aula, prova, trabalho final.

Atividades discentes: participação nas aulas, pesquisas bibliográficas,.elaboração de relatórios, apresentação de seminários.
Norma de Recuperação
Avaliação baseada em provas e/ou trabalhos, conforme orientação da CoC-GA.
 
Bibliografia
     
REDCLIFT, M. e WOODGATE, G. Sociologia del medio ambiente. Madri: McGraw-Hill, 2002.
GARCIA, E. Medio ambiente y sociedad. La civilizazion industrial y los limites del planeta. Madrid: Aliança Editorial, 2004.
JAMIESON, Dale. Manual de filosofia do ambiente. Lisboa: Instituto Piaget, 2003.
HANNIGAN, J. Sociologia ambiental. São Paulo: Vozes, 1995.
JAMIESON, D. Ética e Meio Ambiente. São Paulo: Editora Senac, 2010.
LAMBIN, É. A terra sobre corda bamba: para um reequilíbrio ecológico. Lisboa: Instituto Piaget, 2004.
LE PRESTE, P. Ecopolítica internacional. São Paulo: Editora Senac, 2000.
LENZI, Cristiano L. Sociologia ambiental: risco e sustentabilidade na modernidade. Bauru: Edusc, 2006.
MAWHINNEY, M. Desenvolvimento sustentável. Uma introdução ao debate ecológico. São Paulo: Loyola, 2002.
MELA, A. Sociologia do ambiente. Lisboa: Estampa.
MORAN, E. Meio Ambiente e Ciências Sociais. Interações homem-ambiente e sustentabilidade. São Paulo, Editora Senac, 2011.
MORAN, E. Nós e a natureza. Uma introdução às relações homem-ambiente. São Paulo: Editora Senac, 2008.
SEMPERE, J e RIECHMANN, J. Sociologia y Medio Ambiente. Madrid: Editorial Sínteses, 2004.
VINCENT, A. Ecologismo. In: VINCENT, A. Ideologias políticas modernas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1995.
YEARLEY, S. A causa verde. Uma sociologia das questões ecológicas. Oeiras: Celta Editora: 1991.
 

Clique para consultar os requisitos para ACH1103

Clique para consultar o oferecimento para ACH1103

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP