Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH1537 - Planejamento Estratégico do Lazer e Turismo
Strategic Planning for Leisure and Tourism

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
1. Apresentar considerações básicas relativas ao significado de um sistema e implicações do enfoque sistêmico em ações de planejamento na área de lazer e de turismo. 2. Contribuir para a montagem do plano estratégico de um empreendimento de lazer ou de turismo, em colaboração com a disciplina de Empreendedorismo. 3. Identificar o papel da pesquisa como fundamento do processo de planejamento na área, tanto na esfera pública como no ambiente mercadológico das empresas. 4. Apontar o papel de metodologias participativas na abordagem do planejamento público. 5. Analisar políticas públicas de lazer e de turismo no Brasil na atualidade.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1401430 - Madalena Pedroso Aulicino
 
Programa Resumido
A Disciplina vai-se desenvolver a partir de considerações básicas relativas a um sistema, destacando a abordagem do planejamento a partir do enfoque sistêmico, e sempre referenciada `a realidade do turismo e do lazer do Brasil na atualidade. Serão revistos aspectos relativos a efeitos e a fatores intervenientes no planejamento/desenvolvimento de atividades na área; será reforçado ainda o papel da pesquisa e no caso da dimensão pública, o uso de instrumentos de metodologia participativa.
 
 
 
Programa
1. Planejamento : alguns parâmetros 2. Lazer e Turismo: efeitos e fatores intervenientes no desenvolvimento de atividades 3. O planejamento e o enfoque sistêmico 4. Estudos de mercado para o lazer e o turismo 4.1 O ambiente do processo decisório e a atual competitividade 4.2 Ética e Responsabilidade Social 4.3 O processo estratégico 4.5 A construção de cenários 4.6 Plano de Negócios 5. Políticas públicas de lazer e de turismo no Brasil 6. Metodologias participativas 7. Turismo regional, planejamento municipal e Municípios de Interesse Turístico 8. Turismo Rural 9. A formação de recursos humanos 10. Logística, transportes, lazer e turismo
 
 
 
Avaliação
     
Método
A nota final do semestre será calculada a partir da média de duas outras: a primeira com peso quatro e a segunda com peso seis.
Cada uma dessas notas incluirá as atividades desenvolvidas pelos alunos, com peso quatro e uma prova, com peso seis; as atividades poderão ser desenvolvidas em classe ou extra-classe, individuais ou em grupo, orais ou escritas.
Cada aula deve estar vinculada a um instrumento de avaliação e os ausentes poderão compensar as atividades, mas não as faltas, a partir de 50% do valor atribuído a elas (atividades), ou a partir de atividades específicas atribuídas na ocasião. A metodologia das aulas incluirá procedimentos diversos como aula expositiva, estudo dirigido, discussão em grupo, filmes e simulações, entre outros.
Critério
Tanto a primeira como a segunda provas serão individuais e dissertativas, com peso seis cada uma.
As atividades terão peso quatro no total, sendo avaliadas inicialmente a partir de conceitos: Muito Bom – MB e valor máximo atribuído; Bom – B e 75% do valor máximo; Regular – R e 50% do valor atribuído e Fraco – F e 25% do valor atribuído.

As atividades poderão ser refeitas, mas sem alteração do conceito já atribuído.
A partir do grau de dificuldade, a nota atribuída para cada atividade poderá ser de meio ponto ou de um ponto e em alguns casos o conceito Fraco – F poderá corresponder a Zero.
Norma de Recuperação
Prova individual, dissertativa, valendo de zero a dez pontos e incluindo todos os conteúdos desenvolvidos na disciplina no semestre.
 
Bibliografia
     
Bibliografia Básica BROSE, Markus (org.) Metodologia Participativa. Porto Alegre: Tomo Editorial, 2001. CHIAVENATO, Idalberto, SAPIRO, Arão. Planejamento estratégico. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003, 9a. Reimpressão. HALL, C. Michael. Planejamento Turístico: políticas, processos e relacionamentos. 2.ed. São Paulo: Contexto, 2004. LAGE, Beatriz Helena Gelas, MILONE, Paulo Cesar (organizadores). Turismo: teoria e prática.São Paulo: Atlas, 2000. MARCELLINO, Nelson Carvalho (org.) Políticas públicas de lazer. Campinas, SP: Editora Alínea, 2008. MINISTÉRIO do Turismo. Publicações do Programa Nacional de Regionalização – www.regionalizacao.turismo.gov.br RUSCHMANN, Doris van de Meene, TOLEDO, Karina Solha (org.) Turismo: uma visão empresarial. Barureri, SP: Manole, 2004. DORNELAS, José; BIM, Adriana; FREITAS, Gustavo; USHIKUBO, Rafaela. Plano de negócios com o modelo CANVAS – Guia prático de avaliação de ideias de negócios a partir de exemplos. 1a. ed. (Reimpr.) – Rio de Janeiro: LTC, 2018 Bibliografia complementar BENI, Mário Carlos. Análise Estrutural do Turismo. 11a, ed. São Paulo: Editora SENAC São Paulo, 2006 BIAGIO, Luiz Arnaldo, BATOCCHIO, Antônio. Plano de negócios – estratégia para micro e pequenas empresas. Barueri, SP: Manole, 2005. CHURCHMAN, C. West. Introdução `a teoria dos sistemas. 2a. edição. Rio de Janeiro: Vozes,1972. PADILHA, Valquíria (org.). Dialética do Lazer. São Paulo: Cortez, 2006. SEMENIK, R., BAMOSSY, G. Princípios de Marketing: uma perspectiva global. São Paulo: Makron Books, 1995. TZU, Sun. A arte da Guerra. São Paulo: Ediouro, 2009.
 

Clique para consultar os requisitos para ACH1537

Clique para consultar o oferecimento para ACH1537

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP