Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH1575 - Inovação em Serviços de Lazer e Turismo
Innovation in Leisure and Tourism Services

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
Analisar as contribuições da inovação para o desenvolvimento do setor de serviços, com foco no campo da hospitalidade e turismo. Estimular a reflexão sobre o panorama do desenvolvimento cultural, social e econômico sob a perspectiva da inovação. Avaliar a relação de mercado e a gestão de marcas entre prestadores de serviços e consumidores em processos inovadores, com destaque para a entrada de inovação disruptiva.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
7028358 - Cynthia Harumy Watanabe Correa
 
Programa Resumido
No século XXI, a inovação configura-se como uma estratégia de desenvolvimento mundial, sendo básica para o crescimento em ambientes competitivos. A inovação relaciona-se à habilidade de agregar continuamente valor a bens e produtos disponíveis no mercado e ocupa uma posição de destaque nos projetos de gestores públicos e privados, como resultado do cenário complexo e interconectado da economia global. Além disso, o setor de serviços, como o de Lazer e Turismo, consolida-se como atividade econômica em maior expansão nas últimas décadas, tornando essencial o controle dos chamados ativos intangíveis, como relações de mercado e gestão de marcas. Nesse sentido, a relação entre prestadores de serviços e consumidores é central no processo, vista como um fator chave na teoria da inovação. Uma das áreas mais expressivas de inovação no Lazer e Turismo é representada pelo uso de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), por exemplo, ao apoiar a criação de processos inovadores como propostas de negócios novos ou adaptados, mudanças na ordem de produtos e serviços prestados, bem como, a introdução de ações de marketing.
 
 
 
Programa
1. Introdução à inovação. 2. Formas e tipos de inovação. 3. Inovações de produtos. 4. Inovações de processos. 5. Inovações organizacionais. 6. Inovações de marketing. 7. Inovações tecnológicas. 8. Inovação disruptiva e comportamento do consumidor. 9. Estudos de caso de inovação em Lazer e Turismo. 10. Tendências de inovação em serviços de Lazer e Turismo. A disciplina dará ênfase as possibilidades de trabalho nesse setor, bem como oferece orientações sobre a importância e tipos de formação profissional especializada por meio de atividades praticas, visitas técnicas e viagens didáticas, com aulas ministradas com a carga horária concentrada, durante a semana, aos finais de semana e feriados conforme as especificidades e necessidades de áreas de serviços com inovação em Serviços de Lazer e Turismo
 
 
 
Avaliação
     
Método
Métodos utilizados: aulas expositivas com a utilização de recursos multimídia e a organização de atividades externas, como participações em eventos (acadêmicos e profissionais) e visitas técnicas sobre a temática da disciplina. Atividades discentes: leituras obrigatórias como base para as aulas expositivas, a partir da apresentação de sínteses individuais em debates e discussões em sala; produções e apresentações de trabalhos e/ou seminários e participações em eventos e visitas técnicas.
Critério
Avaliação baseada em provas, trabalhos e/ou seminários e participações em atividades externas.
Norma de Recuperação
Avaliação de recuperação consistirá em prova escrita individual.
 
Bibliografia
     
Bibliografia básica: ALVAREZ, Roberto dos Reis. Inovar é preciso. In: ARBIX, Glauco; SALERNO, Mario Sergio; TOLEDO, Demétrio; MIRANDA, Zil; ALVAREZ, Roberto dos Reis (org.), Inovação: estratégia de sete países. Brasília: ABDI, 2010, p. 32-65. ARBIX, Glauco. Inovação e desenvolvimento. In: ARBIX, Glauco; SALERNO, Mario Sergio; TOLEDO, Demétrio; MIRANDA, Zil; ALVAREZ, Roberto dos Reis (org.), Inovação: estratégia de sete países. Brasília: ABDI, 2010, p. 66-91. BURGELMAN, Robert A; CHRISTENSEN, Clayton M.; WHEELWRIGHT, Steven C. Gestão estratégica da tecnologia e da inovação: conceitos e soluções. Porto Alegre: AMGH, 2012. CASTANO, María-Soledad; MENDEZ, María-Teresa; GALINDO, Miguel-Ángel. Innovation, internationalization and business-growth expectations among entrepreneurs in the services sector. Journal of Business Research, v. 69, n. 5, p. 1690-1695, 2016. COUSSEMENT, Martha Anne; TEAGUE, Thomas J. The new customer-facing technology: mobile and the constantly-connected consumer. Journal of Hospitality and Tourism Technology, v. 4, n. 2, p. 177-187, 2013. DAVILA, Tony; EPSTEIN, Marc J.; SHELTON, Robert. As regras da inovação. Porto Alegre: Bookman, 2007. DRUCKER, Peter Ferdinand. Inovação e espírito empreendedor (entrepreneurship): prática e princípios. São Paulo: Cengage Learning, 2015. GUTTENTAG, Daniel. Airbnb: disruptive innovation and the rise of an informal tourism accommodation sector. Current Issues in Tourism, v. 18, n. 12, p. 1192-1217, 2015. HEO, Cindy Yoonjoung. Sharing economy and prospects in tourism research. Annals of Tourism Research, v. 58, n. C, p. 166-170, 2016. LEIPZIGER, Danny; DODEV, Victoria. Disruptive Technologies and their Implications for Economic Policy: Some Preliminary Observations. Paper provided by The George Washington University, Institute for International Economic Policy, Working Papers, 2016. LIN, Lei. The impact of service innovation on firm performance. The Service Industries Journal, v. 33, n. 15-16, p. 1599-1632, 2013. ORGANISATION FOR ECONOMIC COOPERATION AND DEVELOPMENT - OECD/Eurostat. Oslo Manual: Guidelines for Collecting and Interpreting Innovation Data. 3rd Edition. Paris: OECD Publishing, 2005. PRAHALAD, C. K. A nova era da inovação: a inovação focada no relacionamento com o cliente. Rio de Janeiro: Elsevier: Campus, 2008. SIPE, Lori J. How do senior managers influence experience innovation? Insights from a hospitality marketplace. International Journal of Hospitality Management, v. 54, p. 75-83, 2016. SMITS, Ruud. Innovation studies in the 21st century: Questions from a user’s perspective. Technological Forecasting & Social Change, v. 69, p. 861-883, 2002. SUNDBO, Jon. Three paradigms in innovation theory. Science and Public Policy, v. 22, n. 6, p. 399-410, 1995. WANG, Dan; LI, Mimi; GUO, Pengcheng; XU, Wenqing. The Impact of Sharing Economy on the Diversification of Tourism Products: Implications for Tourist Experience. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON INFORMATION AND COMMUNICATION TECHNOLOGIES IN TOURISM, 23., 2016, Bilbao. Proceedings… Bilbao: Springer, 2016. p. 683-694.
 

Clique para consultar os requisitos para ACH1575

Clique para consultar o oferecimento para ACH1575

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP