Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH1586 - Intervenções Profissionais em Turismo – Vivências de Turismo Emissivo e Receptivo
Professional Interventions in Tourism - Experiences of Tourism Emissive and Receptive

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2022 Desativação:

Objetivos
• proporcionar experiências práticas de aprendizagem por meio de vivências de turismo emissivo e receptivo; • fomentar o contato das(os) estudantes com as realidades das diversas áreas do turismo através da realização de atividades de estudo e pesquisa e da participação em visitas técnicas, viagens didáticas e eventos do setor; • favorecer, quando possível, a integração das disciplinas que compõem a estrutura curricular do Curso de Lazer e Turismo.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1284483 - Marcelo Vilela de Almeida
 
Programa Resumido
Propõe-se uma interação do estudo teórico com a experiência prática, por meio de diversas estratégias de ensino-aprendizagem: aulas expositivo-dialogadas e reuniões anteriores (de preparação) e posteriores (de avaliação) às atividades de campo, atividades programadas, visitas técnicas, viagens didáticas, pesquisas, participação em feiras, palestras, oficinas, seminários e/ou outros eventos relativos à área de turismo, monitorias, exibição de vídeos, escuta de podcasts e atividades a distância, entre outras.
 
 
 
Programa
As atividades da disciplina estão estruturadas em torno de viagem didática a destino turístico de significativa importância no contexto nacional e/ou internacional, sendo, portanto, obrigatória a participação na referida viagem (com duração superior a 80% da carga horária da disciplina). Fazem parte, ainda, do conjunto das atividades: - encontros anteriores (de preparação) e posteriores (de avaliação) às atividades de campo; - outras visitas técnicas complementares relativas aos conteúdos da viagem didática; - pesquisas e leituras sobre temas referentes aos conteúdos da viagem didática; - participação em eventos da área; - elaboração e/ou apresentação de relatórios; - outras atividades programadas (presenciais e a distância). Em todas as atividades supramencionadas haverá verificação da presença e/ou participação, obedecendo-se o estabelecido no Regimento Geral da Universidade de São Paulo (USP) no que diz respeito ao controle de frequência. Obs.: 1) o desenvolvimento do programa poderá ser concentrado em determinados períodos dos semestres regulares e/ou de forma intersemestral (incluindo fins de semana, feriados e horários alternativos aos do curso); 2) em função das atividades propostas e dos recursos disponíveis para a realização destas, serão selecionadas/os as/os estudantes do período ideal (sexto semestre) por ordem decrescente da média ponderada com reprovações, até o limite de vagas da disciplina. Caso haja demanda por vagas de estudantes de outros semestres e possibilidade de atendimento a tal demanda, serão observados os seguintes aspectos, além dos requisitos da disciplina: ano de ingresso no curso (do mais antigo para o mais atual) e média ponderada com reprovações (por ordem decrescente), observando-se esta sequência de critérios. Poderão ser estabelecidos, ainda, outros critérios específicos para a inscrição e seleção das/dos estudantes, quando necessário; 3) a participação na viagem didática e nas demais atividades externas implicam em custos que podem não ser cobertos pela USP; 4) considerando que se trata de disciplina optativa livre, entende-se que, ao efetuar a matrícula na referida disciplina, a/o estudante está ciente de que deve submeter-se às condições aqui estabelecidas, não havendo possibilidade da realização de atividades alternativas. 
 
 
 
Avaliação
     
Método
Participação integral nas atividades propostas, conforme normas estabelecidas para cada atividade, podendo incluir provas escritas, leituras, fichamentos, resumos e/ou resenhas, seminários, atividades a distância, relatórios de visitas técnicas e de participação em eventos do setor, portfólios e/ou outras (as devidas orientações serão fornecidas oportunamente, por escrito sempre que possível).
Critério
As atividades serão valoradas de acordo com seus respectíveis níveis de exigência, variando conforme o envolvimento e o desempenho dos alunos no cumprimento das atividades de avaliação.
Norma de Recuperação
Prova escrita e/ou trabalho individual (podendo ser de natureza prática).
 
Bibliografia
     
BRAGA, Débora Cordeiro (Org.). Agências de viagens e turismo; práticas de mercado. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

CHAN, Nelida. Circuitos turísticos; programación y cotización. 2.ed. Buenos Aires: Librerías Turísticas, 1994.

HAYLLAR, B. et al. Turismo em cidades. São Paulo: Elsevier, 2011. 158 p.

IRVING, Marta de Azevedo; AZEVEDO, Julia. Turismo; o desafio da sustentabilidade. São Paulo: Futura, 2002. 219p.

PEARCE, Douglas G. Geografia do turismo; fluxos e regiões no mercado de viagens. São Paulo: Aleph, 2003. 388p. (Série Turismo)

SILVA, Maria da Glória Lanci da. Cidades turísticas; identidades e cenários de lazer. São Paulo: Aleph, 2004. 192p. (Série Turismo)

TAVARES, Adriana de Menezes. City tour. São Paulo: Aleph, 2002. 67p. (Coleção ABC do Turismo)

YASOSHIMA, José Roberto; OLIVEIRA, Nadja da Silva. Gestão da qualidade na recepção e no acolhimento de turistas. in: GIMENES, Maria Henriqueta S. Garcia. (org.) Oportunidades e investimentos em turismo. São Paulo: Roca, 2003. P.21-29.
 
Observação: esta bibliografia será revista periodicamente em função do destino da viagem didática e dos aspectos que poderão ser abordados durante sua realização, bem como em função dos interesses e das propostas das/os docentes e discentes participantes.
 

Clique para consultar os requisitos para ACH1586

Clique para consultar o oferecimento para ACH1586

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2024 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP