Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH3096 - Ambiência e Envelhecimento
Ambience and aging

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2011 Desativação:

Objetivos
Geral:
- Compreender os aspectos mais relevantes da ambiência e suas aplicações no processo de envelhecimento.
Específicos:
- Refletir sobre a importância da humanização dos ambientes para o bem-estar dos sujeitos que nele participam.
- Aprofundar a percepção dos elementos que contribuem para uma boa ambiência.
- Estabelecer parâmetros de referência para o conforto ambiental.
- Demonstrar meios de estabelecer a relação da ambiência com o desempenho funcional dos sujeitos.
- Preparar os futuros profissionais para atuarem como gestores atentos às questões da ambiência nas organizações.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2319983 - Maria Luisa Trindade Bestetti
 
Programa Resumido
Princípios fundamentais da ambiência; relações espaciais; percepção sensorial e confortabilidade; acessibilidade, ergonomia e Desenho Universal; acolhimento e eficiência funcional. 
 
 
 
Programa
- Princípios fundamentais da ambiência e suas implicações na humanização dos ambientes de trabalho e atendimento. 
– Estudo de relações espaciais, exercitando percepção sensorial e reações psicodinâmicas.
– Organização de grupos para desenvolvimento de atividade prática, a partir da definição de lugares relacionados aos diversos interesses por curso. Apresentação de roteiro para desenvolvimento do trabalho em equipe.
– Acessibilidade e Desenho Universal: princípios normativos para garantia de mobilidade para todos.
– Conforto ambiental: observações importantes para a eficiência das atividades domésticas e profissionais.
– Ergonomia: a eficiência nas atividades e o uso de equipamentos adequados.
– Acolhimento e eficiência funcional: sentido proxêmico, valores culturais e humanização
 
 
 
Avaliação
     
Método
Provas e/ou Trabalhos
Critério
- Prova escrita para avaliação dos conteúdos teóricos;
- Seminários a partir de trabalho em grupos de 3 a 5 pessoas, analisando a ambiência de locais previamente escolhidos em conjunto;
- Participação em atividades de leitura e em sala de aula;
- A recuperação será através de prova escrita.
Norma de Recuperação
Será realizada pelos estudantes com média final na disciplina igual ou superior a três (3,0) e inferior a cinco (5,0) e, no mínimo, 70% (setenta por cento) de freqüência às aulas- A recuperação será realizada através de prova individual escrita.
 
Bibliografia
     
Bibliografia:
CAMBIAGHI, Silvana. Desenho Universal. Métodos e técnicas para arquitetos e urbanistas. São Paulo: Editora SENAC São Paulo, 2007, 269 p.

DE VITTA, Alberto. Envelhecimento, Capacidade para o Trabalho e Qualidade de Vida no Trabalho. In: DIOGO, Maria José D.; NERI, Anita L.; CACHIONI, Meire (org.). Saúde e Qualidade de Vida na Velhice. 2 ed., Campinas, SP: Editora Alínea, 2006, 236 p.

HALL, Edward. T.. A Dimensão Oculta. São Paulo: Martins Fontes, 2005, 258 p.

LEFEVRE, Fernando; LEFEVRE, Ana Maria C.. Promoção de Saúde – a negação da negação. Rio de Janeiro: Vieira & Lent, 2004, 166 p.

MAIA, Eulália M. C.; FERREIRA, Camomila L.. Envelhecimento e Desafios Adaptativos. In: FALCÃO, Deusivânia V. S; ARAÚJO, Ludgleyson F. (org.). Psicologia do Envelhecimento – relações sociais, bem-estar subjetivo e atuação profissional em contextos diferenciados. Campinas, SP: Ed. Alínea, 2009, 218 p.
MASCARÓ, Lúcia & MASCARÓ, Juan. Ambiência Urbana. 3. ed., Porto Alegre: Masquatro Editora, 2009, 199 p.
MASETTI, Morgana. Soluções de Palhaços – transformações na realidade hospitalar. São Paulo: Palas Athena, 1998, 77 p.
MASETTI, Morgana. Boas Misturas – a ética da alegria no contexto hospitalar. São Paulo: Palas Athena, 2003, 94 p.
MINISTÉRIO DA SAÚDE – Secretaria de Atenção à Saúde – Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. Cartilha de Ambiência. Brasília: 2006. In: www.saude.gov.br/humanizasus
NBR 9050. Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbano. Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, 2004, 97 p.
OKAMOTO, Jun. Percepção Ambiental e Comportamento – Visão Holística da Percepção Ambiental na Arquitetura e na Comunicação. São Paulo: Ed. Mackenzie, 2002, 261 p.
PREISER, Wolfgang F. E. & OSTROFF, Elaine. Universal Design Handbook. Nova Iorque/EUA: McGraw-Hill, 2001, 1400 p.
SCHMID, Aloísio L.. A Idéia de Conforto – reflexões sobre o ambiente construído. Curitiba: Pacto Ambiental, 2005, 339 p.
TILLEY, Alvin R.. As Medidas do Homem e da Mulher – fatores humanos em design. Porto Alegre: Bookman, 2005, 104 p.
 

Clique para consultar os requisitos para ACH3096

Clique para consultar o oferecimento para ACH3096

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2023 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP