Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH3107 - Habitação e a Cidade para o Envelhecimento
Housing and the city in aging

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2018 Desativação:

Objetivos
Apresentar os diferentes modos de morar. Introduzir conceitos da arquitetura e do urbanismo. Compreender aspectos fundamentais da acessibilidade. Desenvolver ferramentas de análise de espaço público e privado. Analisar o programa de necessidades básicas de diferentes sujeitos em seus espaços domésticos. Discutir aspectos relativos à importância da habitabilidade no ciclo de vida dos sujeitos. Perceber os elementos que serão úteis na atuação dos profissionais Gestores em Gerontologia.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2319983 - Maria Luisa Trindade Bestetti
 
Programa Resumido
Os modos de morar e a relação com a cidade; acessibilidade e Desenho Universal na cidade “para todos”; as relações de continuidade entre o espaço público e privado; programa de necessidades; habitabilidade e ambiência; a percepção das características do espaço e os subsídios para a micro gestão.
 
 
 
Programa
- Modos de morar. - O edifício, o bairro, a região e a cidade. - Componentes da acessibilidade. - Programas de necessidades para diferentes núcleos familiares. - Habitabilidade e ambiência. - Princípios de percepção espacial como ferramenta de Gestão em Gerontologia.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Prova e/ou Trabalho
Critério
- Prova escrita para avaliação dos conteúdos teóricos;
- Seminários a partir de trabalho em grupos de 3 a 5 pessoas, analisando as diversas formas de moradia e a inserção na cidade;
- Participação em atividades de leitura e em sala de aula;
- A recuperação será através de prova escrita.
Norma de Recuperação
Terão direito à recuperação os alunos que tenham obtido média semestral maior ou igual a 3,0 (três) e freqüência maior ou igual a 70%. A recuperação será oferecida e avaliada por meio de prova ou trabalho definido a critério do professor.
 
Bibliografia
     
Bibliografia:
ALMEIDA PRADO, Adriana Romeiro de (coord.). Município Acessível ao Cidadão. São Paulo: Fundação Prefeito Faria Lima – CEPAM, 2001, 276 p.
BARROS, Cybele Ferreira Monteiro de. Casa Segura: uma arquitetura para a maturidade. Rio de Janeiro: Papel Virtual Editora, 2000, 115 p.
BESTETTI, Maria Luisa Trindade. Hospedando a Terceira Idade: recomendações de projeto arquitetônico. Campo Grande/MS: UNIDERP, 2002, 88 p.
BOUERI, Jorge. Espaço Mínimo e Avaliação Dimensional da Habitação. São Paulo: FAUUSP, 1994.
CAMBIAGHI, Silvana. Desenho Universal. Métodos e técnicas para arquitetos e urbanistas. São Paulo: Editora SENAC São Paulo, 2007, 269 p.
CHING, Francis D. K.. Arquitetura, Forma, Espaço e Ordem. São Paulo: Martins Fontes, 1998, 399 p.
COLEMAN, Roger. Designing for Our Future Selves. In: PREISER, Wolfgang F. E. & OSTROFF, Elaine. Universal Design Handbook. Nova Iorque/EUA: McGraw-Hill, 2001, cap. 4, 25 p.
CRONEY, John. Antropometria para Diseñadores. Barcelona: Ed.Gustavo Gili, 1978, 173p.
EISENMAN, Peter. Diagram diaries. Nova Iorque/EUA: Universe Publishing, 1999.
GREEN, Isaac et al. Housing for the Elderly: the Development and Design Process. USA: Van Nostrand Reinhold Company, 1975.
GROSBOIS, Louis-Pierre. The Evolution of Design for All in Public Buildings and Transportation in France. In: PREISER, Wolfgang F. E. & OSTROFF, Elaine. Universal Design Handbook. Nova Iorque/EUA: McGraw-Hill, 2001, cap. 27, 23 p.
GUEDES, Joaquim. Prefácio de Arquitetura e Urbanidade. In: HOLANDA, Frederico de (org.). Brasília-DF: Pós-graduação FAU UnB, agosto de 2003.
GUEDES, Joaquim. MONUMENTALIDADE X COTIDIANO: a função pública da arquitetura. Belo Horizonte: ENCONTROS M.D.C., Diálogos módulo 3, 18 de março de 2006.
GURGEL, Miriam. Projetando Espaços: guia de arquitetura de interiores para áreas residenciais. São Paulo: editora SENAC São Paulo, 2005, 301 p.
HARRISON, James D.. Housing for Older Persons in Southeast Asia: Evolving Policy and Design. In: PREISER, Wolfgang F. E. & OSTROFF, Elaine. Universal Design Handbook. Nova Iorque/EUA: McGraw-Hill, 2001, cap. 40, 19 p.
KLEIN, Alexander. Vivienda Mínima: 1906-1957. Barcelona: Editorial Gustavo Gili S.A., 1980, 363 p.
LEUPEN, Bernard et al. Proyecto y Análisis – Evolución de los Principios en Arquitectura. Barcelona: ed. Gustavo Gili, 1999, 224 p.
NUNES, Aline C., MAGEDANZ, Ellen H. & CREUTZBERG, Marion. Instituição para Idosos: antes de tudo, uma residência coletiva. In TERRA, Newton L. & DORNELLES, Beatriz. Envelhecimento Bem-Sucedido. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2003, 2 ed., 536 p.
OSTROFF, Elaine. Universal Design: the new paradigm. In: PREISER, Wolfgang F. E. & OSTROFF, Elaine. Universal Design Handbook. Nova Iorque/EUA: McGraw-Hill, 2001, cap. 1, 12 p.
PANERO, Julius; ZELNIK, Martin. Las Dimensiones Humanas en los Espacios Interiores. México: Ed. Gustavo Gilli, 1989. 320 p.
PREISER, Wolfgang F. E. & OSTROFF, Elaine. Universal Design Handbook. Nova Iorque/EUA: McGraw-Hill, 2001, 1400 p.
SANDHU, Jim S.. An Integrated Approach do Universal Design: Toward the Inclusion of All Ages, Cultures, and Diversity. In: PREISER, Wolfgang F. E. & OSTROFF, Elaine. Universal Design Handbook. Nova Iorque/EUA: McGraw-Hill, 2001, cap. 3, 14 p.
SCHMID, Aloísio L.. A Idéia de Conforto – reflexões sobre o ambiente construído. Curitiba: Pacto Ambiental, 2005, 339 p.
TILLEY, Alvin R., Henry Dreyfuss Associates. As Medidas do Homem e da Mulher – Fatores Humanos em Design. Porto Alegre: Bookman, 2005, 104 p.
VALINS, Martin. Housing for Elderly People: a Guide for Architects, Interior Designers and their Clients. Londres: The Architectural Press, 1997, 132 p.
Outras fontes:
ALMEIDA PRADO, Adriana Romeiro de. A Cidade e o Idoso: um estudo da questão de acessibilidade nos bairros Jardim de Abril e Jardim do Lago do Município de São Paulo. Dissertação de Mestrado em Gerontologia, PUC / São Paulo, 2003, 132 p.
BESTETTI, Maria Luisa Trindade. Habitação para Idosos – o trabalho do arquiteto, arquitetura e cidade. Tese de Doutorado em Projeto de Arquitetura, FAU USP/ São Paulo, 2006, 167 p.
BESTETTI, Maria Luisa Trindade. Acessibilidade como direito do hóspede que busca conforto e segurança nos hotéis. Agosto/2004. In: http://www.vitrinehotel.com.br/
BESTETTI, Maria Luisa Trindade. A reforma da previdência e o previsível aumento na ocupação hoteleira pelo idoso turista. Acesso em agosto de 2004. In: http://www.vitrinehotel.com.br/
CARLI, Sandra Maria Marcondes Perito. Habitação adaptável ao idoso: um método para projetos residenciais. Tese de Doutorado em Tecnologia da Arquitetura, FAU USP / São Paulo, 2004, 334 p.
DE YOUNG, R.. Environmental Psychology. (1999) In D. E. Alexander and R. W. Fairbridge [Eds.] Encyclopedia of Environmental Science. Hingham, MA: Kluwer Academic Publishers. Acesso em maio/2004. In: http://www.snre.umich.edu/eplab/
KOSE, Satoshi. Capability of daily living of old persons and their accident experiences: Implication for the design of safer and easier-to-use dwellings. Budapest: Report of the CIB Expert Seminar on Building Non-Handicapping Environments, 1991. Acesso em abril 2005. In: http://www.independentliving.org/cib/cibbudapest14.html
Senior Housing Net. Housing Care Types. Outubro/2004. Acesso em 02/10/2004. In: ttp://www.springstreet.com/seniors/kyo/index
The National Center for Assisted Living. A Consumer's Guide to Assisted Living and Residential Care. Julho/2004. Acesso em 02/10/2004. In: http://www.ncal.org/consumer/thinking.htm
 

Clique para consultar os requisitos para ACH3107

Clique para consultar o oferecimento para ACH3107

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP