Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH3578 - Políticas Públicas para Inclusão Social
Public Policies for Social Inclusion

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2006 Desativação:

Objetivos
Oferecer condições para compreender as políticas para a inclusão social, a tradição que vincula essas políticas à defesa dos direitos humanos em sociedades excludentes e o reconhecimento das principais políticas inclusivas no Brasil.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1948868 - Vivian Grace Fernandez Davila Urquidi
 
Programa Resumido
Apresentar os princípios filosóficos e políticos sobre os quais se assentaram as principais políticas para a inclusão social dos grupos historicamente discriminados/excluídos e compreender a interligação dessas políticas com as discussões acerca dos direitos humanos e dos direitos dos povos em sociedades pautadas por valores e políticas liberais.
 
 
 
Programa
Direitos humanos, direitos civis e direitos dos povos: um prefácio das políticas para a inclusão social. Igualdade e diferença: a construção jurídica da exclusão. Políticas de reconhecimento e seus fundamentos: universalismo versus diferencialismo. Ação afirmativa e políticas compensatórias ao redor do mundo. O princípio constitucional da igualdade e a formulação de políticas afirmativas no Brasil.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Os alunos serão avaliados de forma continuada, através de duas provas, trabalhos em grupo e participação das atividades em sala de aula.
Critério
Norma de Recuperação
provas e/ou trabalhos
 
Bibliografia
     
Bibliografia básica:
SANSONE, Livio. Racismo sem etnicidade. Rio de Janeiro: Pallas, 2004.
SOUZA, J. (org.), 1997. Multiculturalismo e Racismo: Uma Comparação Brasil-Estados Unidos. Brasília: Paralelo 15.
TAYLOR, C. Multiculturalismo. Lisboa: Instituto Piaget, 1998.
BRUSCHINI,C.; UNBEHAUM, S. C. (Orgs.). Gênero, democracia e sociedade brasileira. São Paulo: FCC/Editora 34, 2002.
GORDON, A. F.; NEWFIELD, C. (Org.). Mapping multiculturalism. Londres: University of Minnesota Press, 1997.
SADER, E. (org.) Pós-Neoliberalismo: as políticas sociais e o Estado democrático. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.
ARNAUD, André-Jean. O direito entre modernidade e globalização: lições de filosofia do direito e do Estado. Rio de Janeiro, Renovar. 1999.

Bibliografia complementar:

GUIMARÃES, A. S. A., Racismo e Anti-Racismo no Brasil. São Paulo: Editora 34, 1999.
GILROY, P. Against race: imagining political culture beyond the color line. Cambridge, Mass.:Harvard University Press, 2000.
MARX, A. Making race and nation: a comparison of the United States, South Africa, and Brazil. Cambridge: Cambrige University Press, 1998.
CARONE, I.; BENTO, M. A. S. (orgs.) Psicologia social do racismo: estudos sobre branquitude e branqueamento no Brasil. Petrópolis: Vozes, 2002.
SILVA Jr., H. Direito de igualdade racial. Aspectos constitucionais, civis e penais. São Paulo: Juarez de Oliveira, 2002.
SANTOS, Boaventura Sousa. “Para uma concepção pós-moderna do direito”. A crítica da razão indolente. 4a. ed. São Paulo: Cortez, 2000
SANTOS, R. E. & LOBATO, F.. Ações afirmativas: Políticas Públicas contras as desigualdades raciais. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.
BENHABIB, Seyla. Democracy and Difference. Princeton University Press, 1996.
LAQUEUR, Thomaz. Inventando o sexo. Corpo e gênero dos gregos a Freud. Rio de Janeiro Relume-Dumará, 2001
MUNANGA, Kabengele. (org) Estratégias de combate à discriminação racial. São Paulo: EDUSP, 1996.
SANTOS, Gislene Aparecida dos. A invenção do ser negro. São Paulo/ Rio de Janeiro: EDUC/Pallas/FAPESP, 2001.
TAGUIEFF, Pierre. La force du prejugé, 1997.
BOWEN, Willian & BOK, Derek. O curso do Rio. Um estudo sobre a ação afirmativa no acesso à universidade. Rio de Janeiro: Garamond, 2004.
AQUINO, Julio Groppa (org.) Diferenças e preconceito na escola. São Paulo: Summus, 1998.
RAWLS, John, O direito dos povos, São Paulo: Martins Fontes, 2001.
BENHABIB, Seyla & CORNELL, D. Feminismo como crítica da modernidade. Rosa dos Tempos.
PINHEIRO, Paulo Sergio & Guimarães, Samuel Pinheiro. Direitos Humanos no século XXI. Instituto de pesquisas e relações, 2003.
MCLAREN, Peter. Multiculturalismo crítico, São Paulo: Coretez, 1997.
TOURAINE, Alain. Igualdade e diversidade: o sujeito democrático: Bauru: Edusc, 1998.
TOURAINE, Alain. Podemos viver juntos? Petrópolis: Vozes, 1999.
CAHN, Steven (ed.) Affirmative action and the university. A philosophical Inquiry: Philadelphia: Temple University Press, 1993.
BORRILLO, Daniel. Lutter contre les discriminations. Paris: La Decouverte, 2003.
 

Clique para consultar os requisitos para ACH3578

Clique para consultar o oferecimento para ACH3578

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP