Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH3826 - Métodos de Pesquisa Quantitativa e Qualitativa
Qualitative and Quantitative Research Methods

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2012 Desativação:

Objetivos
A disciplina apresenta os procedimentos de análise de dados quantitativos e qualitativos, ordinariamente utilizados nas ciências sociais contemporâneas.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1030750 - Jose Renato de Campos Araujo
4969210 - Rogério Mugnaini
 
Programa Resumido
A disciplina apresenta os procedimentos de análise de dados quantitativos e qualitativos, ordinariamente utilizados nas ciências sociais contemporâneas.
 
 
 
Programa
Tipos de variáveis e notação estatística básica.
Dados quantitativos: medidas de tendência central e medidas de dispersão.
Dados qualitativos: percentuais, razão de chance, independência e
associação (noções básicas)
Organização e apresentação de dados: apresentação de estatísticas descritivas
e morfologia da tabela de contingência
Inferência estatística: conceitos básicos
Distribuição normal, amostras e populações.
Distribuições amostrais, intervalo de confiança e análise de variância.
Correlação; causalidade e independência estatística.
Testes de hipótese
Projeto de pesquisa qualitativa e seu desenvolvimento teórico e prático
Noções básicas do processo de coleta e análise de dados qualitativos referentes à estratégia metodológica.
Pressupostos, estratégias metodológicas, procedimentos de coleta e análise de dados, projeto de pesquisa qualitativa. São eles:
Rever e aperfeiçoar projetos de pesquisa qualitativa que atendam aos objetivos da pesquisa e os critérios de qualidade usualmente aceitos na área de Administração;
Implicações e riscos da escolha do método
Entrevistas (pessoais e em grupo),
Observação participante,
Seleção de material,
Técnicas projetivas
Grupos focais;
 
 
 
Avaliação
     
Método
Provas e/ou Trabalhos
Critério
Provas e/ou Trabalhos
Norma de Recuperação
Provas e/ou Trabalhos
 
Bibliografia
     
Bibliografia Básica:
Cruz Neto, Otávio; Moreira, Marcelo Rasga & Sucena, Luiz F. M. - Grupos Focais e Pesquisa Social Qualitativa: o debate orientado como técnica de investigação – in http://www.abep.nepo.unicamp.br/docs/anais/pdf/2002/Com_JUV_PO27_Neto_texto.pdf
Duarte, Rosália – 2002 - “Pesquisa Qualitativa: Reflexões sobre o Trabalho de Campo” in Cadernos de Pesquisa, n.115, pg. 139-154, março. Scielo: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742002000100005
Eco, Umberto – 2007 – Como se Faz uma Tese – 13ª edição, Editorial Presença, Lisboa.
Martins, Heloisa Helena T. de Souza – 2004 - “Metodologia Qualitativa de Pesquisa” in Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 30, n.2, pg. 289-300, maio/ago. Scielo: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022004000200007
Mattar, F. N. Pesquisa de Marketing - Vol. 1. Ed. Atlas: 2005.
Mattar, F. N. Pesquisa de Marketing - Vol. 2. Ed. Atlas: 2006.TURATO, Egberto Ribeiro. Métodos qualitativos e quantitativos na área da saúde: definições, diferenças e seus objetos de pesquisa. Rev. Saúde Pública, São Paulo, v. 39, n. 3, June 2005 . Available from . access on 29 Aug. 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102005000300024.
Neves, José Luis – 1996 - “Pesquisa Qualitativa: Características, Usos e Possibilidades” in Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v.1, n.3, 2º semestre. In http://www.ead.fea.usp.br/Cad-pesq/arquivos/C03-art06.pdf
SERAPIONI, Mauro. Métodos qualitativos e quantitativos na pesquisa social em saúde: algumas estratégias para a integração. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 5, n. 1, 2000 . Available from . access on 30 Aug. 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232000000100015

Bibliografia Complementar:
ANDION, C.; SERVA, M. A Etnografia e os estudos organizacionais. In: GODOI, C. K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. Pesquisa Qualitativa em Estudos Organizacionais. São Paulo: Saraiva, 2006, cap. 5.
BANDEIRA-DE-MELLO, R. Software em pesquisa qualitativa. In: GODOI, C. K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. Pesquisa Qualitativa em Estudos Organizacionais. São Paulo: Saraiva, 2006, cap. 15.
BURREL, G. Ciência normal, paradigmas, discursos e genealogia da análise. In: CALDAS, M.; FACHIN, R.; FISCHER, T. (Org.). Handbook de Estudos Organizacionais, São Paulo, Atlas, 1999, vol. 1, p. 439-462.
BUSSAB, W. e MORETTIN, P. (1987). Estatística Básica. 4a edição, São Paulo, Atual. Capítulos 1 e 2.
CHRISTIANS, C. G. A ética e a política na pesquisa qualitativa. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Orgs.) O Planejamento da Pesquisa Qualitativa. 2ª. ed. Porto Alegre, Artmed Bookman, 2006, p. 141-162 (cap. 5).
CRESWELL, J. W. Projeto de Pesquisa: métodos qualitativos, quantitativo e misto. 2ª. ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.
DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Orgs.) O Planejamento da Pesquisa Qualitativa: teorias e abordagens. 2ª. ed. Porto Alegre, Artmed Bookman, 2006.
EDEN, C.; HUXHAM, C. Pesquisa-ação no estudo das organizações. In: CLEGG, S. R.; HARDY, FINE, M.; WEIS, L.; WESEEN, S.; WONG, L. Para quem? Pesquisa qualitativa, representações e responsabilidades sociais. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Orgs.) O Planejamento da Pesquisa Qualitativa. 2ª. ed. Porto Alegre, Artmed Bookman, 2006, p. 91-114 (cap. 4)
FLICK, U. Uma Introdução à Pesquisa Qualitativa. 2ª. ed. Porto Alegre: Bookman, 2004.
GODOI, C. K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. Introdução. In: Pesquisa Qualitativa em Estudos Organizacionais: São Paulo: Saraiva, 2006a, p. 1-13.
GODOI, C. K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. Pesquisa Qualitativa em Estudos Organizacionais: Paradigmas, Estratégias e Métodos. São Paulo: Saraiva, 2006.
GODOI, C. K.; MATTOS, P. L. C. L.. Entrevista qualitativa: instrumento de pesquisa e evento dialógico. In: GODOI, C. K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. Pesquisa Qualitativa em Estudos Organizacionais. São Paulo: Saraiva, 2006, capítulo 10.
GODOY, A. S. Estudo de caso qualitativo. In: GODOI, C. K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; GODOY, A. S. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. RAE 35(2): 57-63, 1995a.
GODOY, A. S. Pesquisa Qualitativa: tipos fundamentais. RAE 35(3): 20-29, 1995b.
JAIME JR., Um texto, múltiplas interpretações: antropologia hermenêutica e cultura organizacional. RAE, 42(4), out./nov./dez. 2002, p. 72-83.
KINCHELOE, J. L.; McLAREN, P. Repensando a teoria crítica e a pesquisa qualitativa. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Orgs.) O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2a. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006, p. 281-314.
LEVIN, J. (1987), Estatística Aplicada a Ciências Humanas. 2a edição, São Paulo, Editora Harbra. Capítulos 2,4 e 5.
LINCOLN, Y. S.; GUBA, E. G. Controvérsias paradigmáticas, contradições e confluências MACKE, J. A pesquisa-ação como estratégia de pesquisa organizacional. In: GODOI, C. K.; BANDEIRA-DE-MELLO, R.; SILVA, A. B. Pesquisa Qualitativa em Estudos Organizacionais: Paradigmas, Estratégias e Métodos. São Paulo: Saraiva, 2006, cap. 7.
SANTOS, B. S. A Crítica da Razão Indolente. São Paulo: Cortez, 2000.
SANTOS, B. S. Um Discurso sobre as Ciências. 5ª. ed. São Paulo: Cortez, 2008.
SCHWANDT, T. A. Três posturas epistemológicas para a investigação qualitativa: interpretativismo, hermenêutica e construcionismo social. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Orgs.) O Planejamento da Pesquisa Qualitativa: teorias e abordagens. 2ª. ed. Porto Alegre, Artmed Bookman, 2006, p. 193-218.
SIEGEL, S. (1975), Estatística não-paramétrica para as ciências do comportamento, Rio de Janeiro, McGraw-Hill. Capítulo 3.
SILVA, Nelson do Valle (1990), Introdução à Análise da Dados Qualitativos. Rio de Janeiro, Vertice Editora. Capítulos 1 e 2
SPINK, M.J., MEDRADO, B. Produção de sentidos no cotidiano: uma abordagem teórico-metodológica para análise das práticas discursivas. In: SPINK, M.J. (Org.) Práticas discursivas e produção de sentidos no cotidiano: aproximações teóricas e metodológicas. São Paulo: Cortez, 2004.
STRAUSS, A.; CORBIN, J. Pesquisa Qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2008.
THIOLLENT, M. Metodologia da Pesquisa-Ação. 11a. ed. São Paulo: Cortez, 2002.
THIOLLENT, M. Pesquisa-Ação nas Organizações. São Paulo: Atlas, 2007.
VIDICH, A. J.; LYMAN, S. M. Métodos qualitativos: sua história na sociologia e na antropologia. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Orgs.) O Planejamento da Pesquisa Qualitativa. 2ª. ed. Porto Alegre, Artmed Bookman, 2006, p. 49-90 (cap. 2).
WONNACOTT, R. e WONNACOTT, T. (1985), Fundamentos de Estatística. Rio de Janeiro, Livros Técnicos e Científicos Editora S.A.
YIN, R. K. Estudo de Caso: Planejamento e Método. 2ª. Ed. Porto Alegre: Bookman, 200.
 

Clique para consultar os requisitos para ACH3826

Clique para consultar o oferecimento para ACH3826

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP