Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH3848 - Políticas de Segurança Alimentar na América Latina
Food Security Policies in Latin America

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2022 Desativação:

Objetivos
A disciplina tem o objetivo geral de oferecer aos alunos um panorama amplo sobre as perspectivas analíticas que têm como foco a fome e a insegurança alimentar, bem como os instrumentos desenvolvidos para seu efetivo combate. Trata-se de uma abordagem interdisciplinar que busca elementos descritivos e analíticos em um conjunto de disciplinas consolidadas tanto nas ciências humanas quanto nas ciências sociais aplicadas, dentre as quais a ciência política, a economia, a geografia e a sociologia. O conteúdo trabalhado está focado em experiências latino-americanas e sobretudo em experiência brasileira e suas relações com atores e arenas nacionais e internacionais.
 
 
 
Programa Resumido
- Apresentar a fome como um fenômeno interdisciplinar e a emergência da ideia de Segurança Alimentar e Nutricional; - Apresentar e discutir a construção dos principais instrumentos que compõe as políticas de segurança alimentar na América Latina e principalmente no Brasil, mobilizando categorias de análise da sociologia da ação pública, tais como atores e arenas, processos e instrumentos; - Apresentar, analisar e discutir processos de “circulação de ideias e normas” e disseminação de experiências de políticas públicas em arenas internacionais.
 
 
 
Programa
1. O fenômeno da Fome e seus indicadores 2. O fenômeno da fome na América Latina e no Brasil 3. Do Combate à Fome à promoção da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN): a experiência brasileira 4. Combate à Fome e SAN: atores e arenas ao longo da história 5. O Sistema Nacional de SAN: processos, atores e instrumentos 6. A Construção de Mercados Institucionais como estratégia econômica para promover a SAN 7. O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE): percurso de mais de meio século de história de uma política brasileira e suas interfaces com a América Latina 8. A política de SAN e sua dimensão territorial: ação concreta local e coordenação Nacional em perspectiva comparada entre países da América Latina 9. Processos de disseminação dos instrumentos da Política Nacional de SAN do Brasil para a América Latina 10. A fome no contexto dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) 11. A fome no contexto de epidemias e pandemias: uma análise a partir da COVID-19 e da crise sanitária mundial de 2020
 
 
 
Avaliação
     
Método
Realização de um seminário em grupo a partir de temas selecionados; e um trabalho individual em formato de “short-paper” relacionado com os temas tratados em aula.
Critério
O seminário em grupo em o trabalho individual terão pesos de 40% e 60%, respectivamente, na nota final.
Norma de Recuperação
Não haverá prova ou avaliação substitutiva para aqueles estudantes que não realizarem o seminário ou o trabalho individual. Estudantes com nota final maior ou igual a 3,0 e menor que 5,0 terão direito à recuperação.
 
Bibliografia
     
ABRAMOVAY, Ricardo. O que é fome. São Paulo: Brasiliense, 1986. ALVES, M. M. A força do povo: democracia participativa em Lages. São Paulo: Brasiliense, 1980. BEDUSCHI FILHO; Luiz Carlos; ABRAMOVAY, Ricardo. Desafios para o desenvolvimento das regiões rurais. Nova Economia, Belo Horizonte, v. 14, n. 3, p. 35-70, setembro-dezembro de 2004. BELIK, Walter e SOUZA, Luciana Rosa de. O planejamento da política de alimentação: uma análise a partir dos casos do México, Brasil e Peru. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, 19(2): 111-129, 2012. CALDAS, E. L. Formação de agendas governamentais locais: o caso dos consórcios intermunicipais. 2008. Tese (Doutorado em Ciência Política) — Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. CALDAS, E. L. ; JAYO, M. Três programas brasileiros de políticas públicas em segurança alimentar e nutricional em perspectiva comparada. In: Eduardo de Lima Caldas; Ricardo Rapallo; Yury Marcela Ocampo Buitrago (Org.). Boletín #1 Comida y Comunidad. Buenos Aires: CLACSO - Conjejo Latinoamericano de Ciencias Sociales, 2020, p. 97-110. CALDAS, E. L; MOREIRA, I. Políticas de desenvolvimento territorial e intermunicipalidade no Brasil: complementaridades e tensões. SUSTENTABILIDADE EM DEBATE, v. 4, p. 41-61, 2013. CALDAS, Eduardo de Lima; ÁVILA, Mário Lúcio. Compras públicas e alimentação escolar no Paraguai : a disseminação da experiência brasileira e a adaptação do modelo. In: Eric Sabourin e Catia Grisa. (Org.). A difusão de políticas brasileiras para a agricultura familiar na América Latina e Caribe. 1ºed.Porto Alegre, Rio Grande do Sul: Escritos, 2018, v. 1, pp. 171-188. (ISBN: 978-85-98334-85-1). CALDAS, Eduardo de Lima; JAYO, Martin. Agriculturas urbanas em São Paulo: Histórico e tipologia. Confins – Revue Franco-Brésilienne de Géographie, Paris v. 39, 2019. CASTRO, Josué de. A geografia da fome. A fome no Brasil. Rio de Janeiro: Empresa Gráfica O Cruzeiro, 1946. CHANG, Ha-Joon. 23 coisas que não nos contaram sobre o capitalismo. São Paulo: Cultrix, 2013. CROZIER, Michel; FRIEDBERG, Erhard L'acteur et le système: les contraintes de l'action collective. Seuil, 1992. CROZIER, Michel; THOENIG, Jean-Claude La régulation des systèmes organisés complexes: le cas du système de décision politico-administratif local en France. Revue française de sociologie, v. 16, n. 1, p. 3-32, 1975. FAO. 2017. The future of food and agriculture – Trends and challenges. Rome. Disponível em http://www.fao.org/3/a-i6583e.pdf FAO. El estado mundial de la agricultura y la alimentación: La protección social y la agricultura: romper el ciclo de pobreza rural. 2015. Disponível através de http://www.fao.org/3/a-i4910s.pdf FAURE, Alain. Action publique territoriale. In: PASQUIER, R.; GUIGNER, S.; COLE, A. Dictionnaire des politiques territoriales. Paris: Presses de Sciences Po, 2011. FORNAZIER, Armando; BELIK, Walter. Articulação entre políticas de compras governamentais da agricultura familiar e políticas territoriais. Planejamento e Políticas Públicas (PPP), n°52, janeiro/junho, 2019. GRISA, Catia; CALDAS, Eduardo de Lima; AVILA, Mário Lúcio. As compras públicas da agricultura familiar no Brasil: de onde veio essa ideia? In: Eric Sabourin e Catia Grisa. (Org.). A difusão de políticas brasileiras para a agricultura familiar na América Latina e Caribe. 1ºed.Porto Alegre, Rio Grande do Sul: Escritos, 2018, v. 1, p. 54-88. (ISBN: 978-85-98334-85-1). GRISA, Catia; SAYAGO, Doris; CALDAS, Eduardo de Lima; SABOURIN, Eric; LOPES FILHO, M.; AVILA, Mário Lúcio; PERAFAN, M. E. V.; BALESTRO, M. A disseminação das políticas públicas brasileiras para a agricultura familiar na América Latina em uma perspectiva comparada. In: Eric Sabourin e Catia Grisa. (Org.). A difusão de políticas brasileiras para a agricultura familiar na América Latina e Caribe. 1ºed.Porto Alegre, Rio Grande do Sul: Escritos, 2018, v. 1, p. 256-280. (ISBN: 978-85-98334-85-1). JAYO, M.; CALDAS, E. L. Discursos de agricultura urbana em São Paulo: formação, profusão e captura. kult-ur, Revista Interdisciplinària sobre la Cultura de la Ciutat, v. 6, p. 157-176, 2019. MASSARDIER, Gilles. Expertise et aménagement du territoire. L’Etat savant, L’Harmattan, Logiques Politiques, 1996. MASSARDIER, Gilles. Politiques et action publique. Armand Colin, 2008. MENEZES, F.; PORTO, S.; GRISA, C. Abastecimento Alimentar e Compras Públicas no Brasil: um resgate histórico. Série Políticas sociais e de Alimentação. Brasília: Centro de Excelência Contra a Fome, 2015. p. 21-53. OXFAM. El vírus del hambre: cómo el coronavirus está agravando el hambre en un mundo hambriento. Nota Informativa, 9 Julio 2020. PASQUIER, Romain; GUIGNER, Sébastien; COLE, Alistair (dir.). Dictionnaire des politiques territoriales, Presses de Sciences Po, 2011. PEIXINHO, A.M.L. A trajetória do Programa Nacional de Alimentação Escolar no período de 2003-2010: relato do gestor nacional. Ciência, saúde coletiva, v. 18, n. 4, 2013. RENAUD, Payre. Approche socio-historique. In: PASQUIER, Romain; GUIGNER, Sébastien; COLE, Alistair (Dir.). Dictionnaire des politiques territorialisées. Presses de Sciences Po, 2011, p. 40-45. SABOURIN, Eric (org.). Associativismo, cooperativismo e economia solidária no meio rural. Cadernos do Ceam, n°23. Brasília, Universidade de Brasília, Ceam, Neagri, 2006. SABOURIN, Eric; GRISA, Cátia; LOPES FILHO, Marcos A.; BALESTRO, Moisés V.; PERAFÁN, Mireya E. V.; CALDAS, Eduardo de L.; ÁVILA, Mário L.; SAYAGO, Doris. Regional Diffusion of Brazilian Social and Rural Public Policies in Latin America and the Caribbean. In: OLIVEIRA, Osmany Porto; GONNET, Cecília Osório; MONTERO, Sérgio; LEITE, Cristiane Kerches da Silva. (Org.). Latin America and Policy Diffusion: from import to export. Londres, UK: Routledge, 2020, pp.67-92. (ISBN: 978-1-138-33316-1). SANTOS, F. B.; CALDAS, Eduardo de Lima; NONATO, Raquel Sobral; JAYO, Martin. Introdução progressiva de alimentos orgânicos e agroecológicos na merenda escolar no município de São Paulo: uma análise a partir dos instrumentos de ação pública. REVISTA BRASILEIRA DE POLÍTICAS PÚBLICAS E INTERNACIONAIS, v. 5, p. 84-104, 2020. SCHMITT, C.J.; GRISA, C. Agroecologia, Mercados E Políticas Públicas. In: NIEDERLE, P. A.; ALMEIDA, L.; VEZZANI, F.M. (org.). Agroecologia: Práticas, Mercados e Políticas Públicas para uma Nova Agricultura. Curitiba, 2013. Parte II, Cap. 3, p. 215-266. SEN, Amartya. Desenvolvimento como liberdade. SP: Companhia das Letras, 2000. SOUZA, Ronaldo Tavare de; CALDAS, Eduardo de Lima. Redes alimentares alternativas e potencialidade ao desenvolvimento do capital social. ESTUDOS SOCIEDADE E AGRICULTURA (UFRRJ), v. 26, p. 426-446, 2018. TAKAGI, Maya. A implantação da política de segurança alimentar e nutricional no Brasil: seus limites e desafios. Tese (Doutorado em Economia) – Instituto de Economia (IE/UNICAMP). Campinas (SP), 2006. CONSEA. Construção do Sistema e da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional: a experiência brasileira. Brasília: FAO/IICA, 2009. THOENIG, Jean-Claude; DURAN, Patrice. L'État et la gestion publique territoriale. In: Revue française de science politique, 46ᵉ année, n. 4, p. 580-623, 1996. UJVARI, Stefan Cunha. Pandemias: a humanidade em risco. São Paulo: Editora Contexto, 2020. VEIGA, José Eli. A face territorial do desenvolvimento. Interações: Revista Internacional de Desenvolvimento Local, v. 3, n. 5, p. 5-19, set. 2002.
 

Clique para consultar os requisitos para ACH3848

Clique para consultar o oferecimento para ACH3848

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP