Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Artes, Ciências e Humanidades
 
Artes, Ciências e Humanidades
 
Disciplina: ACH4627 - Teorias da Opinião Pública
Public Opinion Theory

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2012 Desativação:

Objetivos
- Possibilitar que os alunos sejam capazes de avaliar os meios de comunicação como agentes no processo comunicacional e sua influência junto à opinião pública.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
691878 - Jane Aparecida Marques
2065862 - Sandra Lucia Amaral de Assis Reimão
 
Programa Resumido
A disciplina aborda os principais conceitos e posturas teóricas sobre o tema da Opinião Pública; enfoca também os conceitos correlatos de multidão, massa, público e os processos psicossociais na formação e expressão da opinião pública. A questão dos líderes de opinião. Desvios na formação e manifestação da opinião pública: a questão dos preconceitos e estereótipos. Discussão sobre a Opinião Pública na cultura midiática.
 
 
 
Programa
Indivíduo, massa, público e opinião pública – uma introdução conceitual;

Formação da opinião pública:
- Público e agregado de atenção para Lasswell;
- Público, massa e ação social para Lazarfeld e Merton;
- Atitude e opinião pública para D. Katz;
- A hipótese agenda-setting;
- A hipótese espiral do silêncio;

Estudos dos desvios da formação e manifestação da opinião:
- Preconceitos;
- Estereótipos;

A impossibilidade da opinião pública: Adorno e a indústria cultural como engodo das massas;

A abordagem de J. Habermas sobre o espaço público e sobre a ação comunicativa e a ambivalência da cultura de massa;

Opinião publica – um estudo de caso (a ser decidido);

Discussões finais e avaliação discente;

Encerramento da disciplina.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas e seminários.
Critério
NOTA FINAL = 0,5(MP) + 0,5(MA)
sendo
MP = Média das provas intermediária e final
MA = Média de atividades, exercícios, seminários, etc
Norma de Recuperação
Poderão fazer prova de recuperação os alunos que obtiverem média semestral entre 3,0 e 4,9.
 
Bibliografia
     
Bibliografia Básica:

Cohn, Gabriel (org), Comunicação e Indústria Cultural, São Paulo: Edusp, 1971.
Wolf, Mauro. Teorias da Comunicação. Lisboa: Editorial Presença, 2ª. edição, 1992.


Bibliografia Complementar:

Adorno, Theodor. Mínima moralia. Rio de Janeiro: Beco do Azougue Ed., 2008.
Adorno, Theodor e Horkheimer, Max. Dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro: Zahar, 1985, 2a. ed .
Bobbio, Norberto; Matteucci, Nicola e Pasquino, Gianfranco. Dicionário de Política. Brasília: Editora Universidade de Brasília. 1986.
Cobley, Paul(ed.). The Communication Theory Reader. London/ N.Y.,:Routledge, 1996.
Crowley, David e Mitchell, David (ed.). Communication Theory Today. Stanford: Stanford University Press, 1994.
Gontijo, Silvana. A voz do povo. O Ibope do Brasil. Rio de Janeiro: Objetiva, 1996.
Habermas, Jürgen. Teoría de la acción comunicativa, vol II. Madrid: Taurus, 1987. (“tareas de una teoría critica de la sociedad”, p. 527 a 562)
Heller, Agnes. Cotidiano e história. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1989. (capítulo: “Sobre os preconceitos”)
Noelle-Neumann, La espiral del silencio - opinión pública: nuestra piel social. Buenos Aires: Paidós, 1995.
 

Clique para consultar os requisitos para ACH4627

Clique para consultar o oferecimento para ACH4627

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP