Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
 
Projetos
 
Disciplina: AUP2005 - MOP: Design para Usuários Específicos
EDM: Design for Specific Users

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
Desenvolver projetos de objetos, comunicação e serviços voltados para usuários específicos que tenham em seu rol de necessidades elementos que se diferenciam dos encontrados para o desenvolvimento de projetos de produtos de distribuição em massa. Identificar nichos de projetos que tenham demandas específicas justificadas pelas necessidades de inclusão, melhoria de qualidade de vida e ampliação do potencial das ações dos usuários na vida cotidiana, tanto em relação à autonomia, mobilidade, integração, presença no mercado de trabalho quanto no atendimento aos seus direitos constitucionais. Implementar ferramentas de pesquisa e análise de necessidades dos usuários que permitam maior aproximação e empatia. Aplicar sistemas de testes das propostas e validação com os grupos de usuários definidos para o projeto. Estudar e propor viabilidade de produção e distribuição.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
506352 - Cristiane Aun Bertoldi
532442 - Denise Dantas
 
Programa Resumido
Desenvolvimento de projetos voltados a situações de design para perfil de público muito restrito ou com necessidades diferenciadas em relação aos produtos de largo consumo. Abordará os aspectos de design centrado no usuário e de user experience para identificação de problemas. Considerará os aspectos da psicologia social e da psicologia do cotidiano para compreensão das necessidades dos usuários e aspectos de implementação do projeto a partir de análise de viabilidade. Desenvolverá produtos para: público da terceira idade, usuários com necessidades especiais cognitivas, usuários com necessidades especiais de mobilidade, usuários em atividades de trabalho diferenciado, usuários em condições precárias.
 
 
 
Programa
Design Centrado no Usuário: conceituação, abordagens e campos de aplicação, métodos e ferramentas de análise de projetos, aplicações no desenvolvimento de projetos. Conceitos de empatia, preconceito, esteriotipização, aspectos da psicologia social aplicados ao design. User Experience: aspectos metodológicos, técnicas e ferramentas para análises das necessidades dos usuários. Usuários específicos e projetos de nichos: identificação dos usuários e requisitos de projeto para produtos de nicho. Usuários específicos e necessidades cotidianas: inclusão, melhoria da qualidade de vida, ampliação do potencial de ações da vida cotidiana, autonomia, mobilidade, integração, mercado de trabalho, direitos constitucionais. Usuários específicos: estudos de casos – público da terceira idade, usuários com necessidades especiais cognitivas, usuários com necessidades especiais de mobilidade, usuários em atividades de trabalho diferenciado, usuários em condições precárias. Usuários específicos: aspectos metodológicos para abordagem e levantamento de dados Usuários específicos: tratando os dados para aplicação no projeto. Proposta do tema para o semestre Análise dos aspectos específicos do tema do semestre Elaboração de alternativas e desenvolvimento do projeto Ferramentas de validação das propostas. Técnicas para validação da proposta: interação com os usuários Apresentação do projeto e contextualização sociocultural. Implementação do projeto: análise de viabilidade.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Acompanhamento individual no desenvolvimento do projeto durante o bimestre. Apresentação de todas as etapas solicitadas nos prazos estabelecidos. Capacidade de apresentação do projeto e argumentação. Qualidade final do material apresentado.
Critério
Qualidade da proposta apresentada, adequação ao escopo da disciplina, qualidade gráfica da documentação de projeto, capacidade de argumentação e defesa da proposta, originalidade, viabilidade de implantação.
Norma de Recuperação
Haverá a possibilidade de recuperação através da reapresentação de trabalhos, a ser realizada após o término do curso, de acordo com calendário definido pela USP e pela FAU. A recuperação será possível apenas para alunos com nota entre 3 e 5, e que não estejam reprovados por falta. Média de recuperação = ((média anterior) + (nota dos trabalhos reapresentados)) /2
 
Bibliografia
     
ANGROSINO, M. Etnografia e observação participante. Porto Alegre: Artmed, 2009. BARBER, B.R. Consumido: como o mercado corrompe crianças, infantilize adultos e engole cidadãos. Rio de Janeiro: Record, 2009. BATE, P.; ROBERT, G. Bring User Experience to Healthcare improvement. The concepts, methods and practices of experienced-based design. Abingdon: Radcliffe Publishing, 2007. BAUER, M. W.; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Um manual prático. 8a. Edição. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010. CADDICK, R.; CABLE, S. Communicating the user experience. A practical guide for creating useful UX. Chichester (UK): John Wiley & Sons, 2011. CHEN, D.; DOWNING, J.E. Tactile Strategies for Children who have visual impairments and multiple disabilities: promoting communication and learning skills. NEW York: AFB Press, 2006. ENDSLEY, M. R., BOLTÉ, B., JONES, D. J. Designing for situation awareness: an approach to user-centered design. Georgia, USA: Taylor & Francis, 2005. GARRET, J.J. The Elements of User Experience: User-Centered Design for the Web and Beyond (2nd Edition). Berkeley (USA):, Material, 2010. GRAUE, M.E.;WALSH, D. Investigação etnografica com crianças: teorias, métodos e ética. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1998. GREENBERG, S. at all. Sketching user experiences. Waltham (USA): Morgan Kaufmann, 2012. HOFFMAN, D. P. Inteligência visual. Rio de Janeiro: Campus, 2000. ISO 9241-171:2008 Ergonomics of human-system interaction-- Part 171: Guidance on software accessibility KOSKINEN, I.; BATTARBEE, K.; MATTELMÄKI, T. Empathic design. Finland: Edita, 2003. KROEMER, K.H.E. “Extra-Ordinary” Ergonomics. How to accommodate small and big persons, the disabled and elderly, expectant mothers and children. Boca Raton (USA): CRC Press, 2006. KUNIAVSKY, M. Observing the user experience: a practitioner’s guide to users research. San Francisco, USA: Morgan Kaufmann, Elsevier, 2003. LUEDER, R.; RICE, V.J.B. Ergonomics for Children. Designing products and places for toddler to teens. Boca Raton (USA): Taylor and Francis, 2008. MARCUS, A. Design, User Experience, and Usability. Theory, Methods, Tools and Practice. Proceedings of HCI 2011 International. Berkley: Spring, 2011. MEDNICK, M. Supporting Children with multiple disabilities. Birmingham: Questions Publishing Company, 2004. MOKHTARI, M. Independent Living for Persons with Disabilities and Elderly People. ICOST 2003. 1st International Conference on Smart homes and health Telematics. Amsterdam: IOS Press, 2003. NORMAN, D. A.; DRAPER, S. W. User centered system design: new perspectives on human-computer interaction. Hillsdale, New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates, 1986. NORMAN, D. A. Things that make us smart: defending human attributes in the age of the machine . Reading: sl, 1993. NORMAN, D. A. O design do dia-a-dia. Rio de Janeiro: Rocco, 2006. PAASCHE, C.L.; GORRILL, L.; STROM, B. Crianças com necessidades especiais em contextos de educação na infância. Identificação, Intervenção, Inclusão. Porto: Porto Editora, 2010. RODRIGUES, A. ASSMAR, E. M. L.. JABLONSKI, B. Psicologia social . Petropolis: Vozes, 2000. SAVELSBERGH, G.; DAVIDS, K.; KAMP, J.; BENNETT, S.J. Development of Movement Co-ordination in Children. Applications in the fields of Ergonomics, Health Sciences and Sports. Abingdon (UK):Routledge, 2003. STEEN, M.G.D. The Fragility of Human-Centred Design. S.l:. IOS PRESS, 2008. Vredenburg, Karel; Isensee, Scott, Righi, Carol. User-Centered Design: An Integrated Approach. London: Prentice Hall, 2001. WATERWORTH, J.; HOSHI, K. Human-Experiential Design of Presence in Everyday Blended Reality. Living in the Here and Now. Springer International Publishing, 2016.
 

Clique para consultar os requisitos para AUP2005

Clique para consultar o oferecimento para AUP2005

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP