Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
 
Projetos
 
Disciplina: AUP2017 - MOP: Design para Saúde e bem-estar
EDM: Design for Health and Well-being

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
Esta disciplina tem por objetivo a realização de projetos de produtos, visuais e de serviços voltados para contextos diversos, abrangendo situações de doenças e tratamentos, estratégias para prevenção e educação salutar, o esporte e as atividade física, desenvolvimento de bem-estar e promoção de saúde. Também possui como objetivo apresentar e experimentar ferramentas, técnicas e métodos necessários à prática de projeto.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
506352 - Cristiane Aun Bertoldi
2095550 - Daniela Kutschat Hanns
2861485 - Sara Miriam Goldchmit
 
Programa Resumido
Desenvolvimento de projetos de design voltados bem-estar e promoção de saúde. Projetos multidisciplinares que podem envolver design de produtos, design gráfico e de informação, design de serviços e design de experiências
 
 
 
Programa
Reflexão das transformações ocorridas ao longo da história acerca da concepção de produtos, equipamentos, dispositivos de informação voltados para saúde e bem-estar Projetos relacionados ao binômio doença x saúde e seus usuários - profissionais da saúde, pacientes, cuidadores Projetos voltados ao bem-estar - aspectos fisiológicos, culturais e comportamentais. Projetos que consideram esporte e condicionamento físico voltados para saúde e bem-estar Contexto social, ético, ambiental para projeto de produtos voltados para saúde e bem-estar. Conteúdos Ferramentas, técnicas e métodos de projeto – fundamentos e aplicação Introdução aos princípios e métodos do design centrado no humano Design de interface - sistemas digitais e interatividade para projetos voltados para saúde e bem-estar Ergonomia para projetos voltados para saúde e bem-estar Planeamento de cenários para projetos voltados para saúde e bem-estar.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas teóricas expositivas Exercícios em sala Leitura e discussão de textos Visitas técnicas e pesquisa de campo Desenvolvimento de projeto assistido em sala Apresentação de projetos Os projetos serão desenvolvidos por equipes de até quatro alunos. As atividades práticas serão desenvolvidas individualmente ou em grupo, em decorrência de suas características e demandas e sua apresentação corresponderá uma entrega de trabalho, com atribuição de nota. As avaliações referentes ao conteúdo teórico do curso poderão ser realizadas por meio de trabalhos escritos de produção individual.
Critério
Os projetos serão desenvolvidos por equipes de até quatro alunos. As atividades práticas serão desenvolvidas individualmente ou em grupo, em decorrência de suas características e demandas e sua apresentação corresponderá uma entrega de trabalho, com atribuição de nota. As avaliações referentes ao conteúdo teórico do curso poderão ser realizadas por meio de trabalhos escritos de produção individual. Todos os trabalhos e projetos serão avaliados segundo critérios relativos a: - adequação à proposta - apresentação de todos os itens previstos no projeto - qualidade da apresentação e comunicação de projeto - originalidade da solução
Norma de Recuperação
Apresentação dos projetos desenvolvidos na disciplina, acompanhados de modelos físicos e relatório técnico com documentação dos procedimentos adotados e reflexão sobre resultados obtidos.
 
Bibliografia
     
BAXTER, M. Projeto de produto. São Paulo, Edgard Blucher Ltda, 1998. BONSIEPE, G. Design, cultura e sociedade. São Paulo: Edgard Blücher, 2011 ____________ Design: como prática de projeto. São Paulo: Edgard Blücher, 2009 BÜRDEK, B. E. Design: história, teoria e prática do design de produtos. São Paulo, Edgard Blücher, 2006. CUREDALE, R. Design Thinking. Process & Methods. 3rd ed. Topanga: Design Community College, 2016. CULLEN, C D, HALLER, L.Design secrets: products 2. 50 real-life projects uncovered. Gloucester: Rockport Publishers, 2004 DREYFUSS, H. Designing for people. New York: Grossman Publishers. 1974. GOODWIN, K. Design for digital age. How to create human-centered products and services. Indianopolis: Wiley Publishing, Inc., 2011. IIDA, I. Ergonomia. Projeto e produção. São Paulo: Edgard Blücher, 2013 LAUDER, R; RICE, V.J.B. Ergonomics for children. Designing products and places for toddlers and teens. New York: Taylor & Francis, 2008 KELLEY, T. The art of innovation. New York: Corrency Doubleday, 2001. LÖBACH, Bernd. Trad. Freddy Van Camp. Design industrial: Bases para a configuração dos produtos industriais. São Paulo: Edgard Blücher Ltda, 2001 MALDONADO. Cultura sociedade e técnica. São Paulo: Edgard Blücher, 2012 MARTIN, B; HANINGTON, B. Universal Methods of design. 100 ways to research complex problems, develop innovative ideas, and design effective solutions. Beverly: Rockport Publishers, 2012. MILTON, A; RODGERS, P. Research methods for product design. Londres: Lawrence King Publishers, 2013. MUNARI, B. Das coisas nascem coisas. São Paulo: Martins Fontes, 1989. MANZINI, E; COAD, R. Design, When Everybody Designs. An Introduction to Design for Social Innovation. Cambridge: The MIT Press, 2015. NORMAN, D A. Design emocional. Rio de Janeiro: Editora Rocco Ltda, 2008. PAPANECK, V. Design for the real world. New York: Pantheon Books, 1971. POLAINE, A; LOVILE, L; REASON, B. Service Design: From Insight to Implementation. New York: Rosenfeld Media, 2013. TULLIS, T; ALBERT, B. Measuring the user experience. Burlington: Morgan Kaufmann Publishers, 2008. YOCK, et al. Biodesign. The process of innovating medical technologies. Cambridge: Cambridge University Press, 2016.
 

Clique para consultar os requisitos para AUP2017

Clique para consultar o oferecimento para AUP2017

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP