Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
 
Projetos
 
Disciplina: AUP2305 - Processos de Criação e Design Visual
Criative process and visual design

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2014 Desativação:

Objetivos
1. Atender, desenvolver e informar processos de criação no campo do Design Visual através de Seminários e Oficinas específicos.
2. Apoiar em particular os TCC - Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Design e os TFG – Trabalho Final de Graduação em Arquitetura e Urbanismo, da FAUUSP.
2.1 Apoiar os demais trabalhos de projeto de alunos da FAUUSP.
3. Oferecer espaço de liberdade criativa para aprendizado, desenvolvimento e reflexão crítica sobre processos, estratégias e técnicas que favoreçam a realização de trabalhos em Design Visual.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
651017 - Clice de Toledo Sanjar Mazzilli
2095550 - Daniela Kutschat Hanns
 
Programa Resumido
A disciplina abordará os processos de criação no campo do Design Visual por meio de seminários e oficinas, buscando explorar as diversas linguagens que permeiam os projetos dessa área específica.
 
 
 
Programa
1. Seminários:
• Processos de Criação em Design Visual.
• Direção de Arte em Design Visual: mídia impressa, web design e imagem em movimento (televisão, cinema, vídeo, mobile e game).
• Artes Gráficas, Ilustração, Infografia e Programação Visual.
• Motion Design, Animação e Game.
2. Workshops:
• Programação visual: projetos e mídias.
• Artes gráficas: ilustração, pintura, desenho, gravura e colagens (pós-produção).
• Motion design e animação.
• Web design, infografia e game.
 
 
 
Avaliação
     
Método
- Seminários, trabalhos analíticos e projetos realizados pelos alunos.
- Avaliação continuada por meio de atendimentos aos alunos durante o desenvolvimento dos projetos.
Critério
Resultados alcançados pelos alunos nos seminários, nos trabalhos analíticos e nos projetos.
Norma de Recuperação
não ha
 
Bibliografia
     
• Ali, Fatima. A arte de editar revistas. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2009.
• ALSTYNE, G.; LOGAN, R. K. Designing for Emergence and Innovation: redesigning design. In: ARTIFACT - 2007 - Volume I, Issue 2 - Pages 83–94.
• ARNHEIN, Rudolf. Arte e Percepção Visual. São Paulo Pioneira, 1995.
• AUMONT, Jacques. A Imagem. 9 ed. Campinas: Editora Papirus, 2004.
• AUMONT, Jacques. O olho interminável: cinema e pintura. São Paulo: Cosac & Naify, 2004.
• BERRY, J. D. (ed.). Contemporary Newspaper Design. West New York (EUA): Batty, Mark, 2004.
• BONSIEPE, Gui. Design, do material ao digital. Florianópolis: FIESC/ IEL, 1997.
• BOURRIAUD, Nicolas. Estética relacional. São Paulo: Martins, 2009.
• ______ . Pós-produção: como a arte reprograma o mundo contemporâneo. São Paulo: Martins, 2009.
• BROWN, Tim. Design Thinking. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.
• CANEVACCI, Massimo. Antropologia da comunicação visual. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.
• COUCHOT, Edmond . “A segunda interatividade. Em direção a novas práticas artísticas” in DOMINGUES, Diana (org). Arte e vida no séc XXI, Unesp: São Paulo, 2003.
• COUCHOT, Edmond. A tecnologia na arte – da fotografia à realidade virtual. Porto Alegre: UFRGS editora, 2003.
• DANIEL FILHO. O Circo Eletrônico: fazendo TV no Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.
• DEBORD, G. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.
• DEWEY, John. Arte como experiência. São Paulo: Martins Fontes, 2010.
• DIMANTAS, Hernani. Linkania, uma teoria de redes. São Paulo: Senac, 2010.
• EAGLETON, Terry. A idéia de cultura. São Paulo: UNESP, 2005.
• FLUSSER, Vilém (org. Rafael Cardoso). O mundo codificado: por uma filosofia do design e da comunicação. São Paulo: Cosac Naify, 2007.
• FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas. São Paulo: Martins Fontes, 1985.
• HOFFMAN, Donald D. Inteligência Visual: como criamos o que vemos. Rio de Janeiro: Campos, 2000.
• HOLLIS, Richard. Design gráfico: uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2001.
• GIACCARDI, Elisa. Metadesign as an Emergent Design Culture. In: LEONARDO, Vol. 38, No. 4, pp. 342–349, 2005.
• JOHNSON, Steven. Cultura da interface: como o computador transforma nossa maneira de criar e comunicar. Rio de Janeiro: Martins Fontes, 2001.
• _____. Emergência: a vida integrada de formigas, cérebros, cidades e softwares. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.
• KOSSOY, Boris. Realidades e Ficções na trama fotográfica. São Paulo: Ateliê Editorial, 1999.
• MANZINI, Ézio. Design para a inovação social e sustentabilidade: comunidades criativas, organizações colaborativas e novas redes projetuais. Rio de Janeiro: E-papers, 2008.
• MOGGRIDGE, Bill. Designing Interactions. Cambridge: MIT Press, 2007.
• MORAES, Dijon. Metaprojeto: o design do design. São Paulo: Blucher, 2010.
• PINKER, S. Do que é feito o pensamento. A língua como janela para a natureza humana. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.
• PLAZA, Júlio e TAVARES, Mônica. Processos Criativos com os meios eletrônicos. São Paulo: Summus, 1998.
• SACKS, Oliver. O Olhar da Mente. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.
• SADI, Sajid. Metadesign. Design for design: a path beyond mass customization. Cf.: http://www.docstoc.com/search/path-design/3
• TATARKIEWICZ, Wladyslaw. Historia de Seis Ideas: arte, belleza, forma, creatividad, mímeses, experiencia estética. Madrid: Editorial Tecnos, 2008.
• WATTS, Harris. On Câmera: o curso de produção de filme e vídeo da BBC. São Paulo: Summus Editorial, 1990.
• ZAPPATERRA, Yolanda. Art Direction+Editorial Design. London: Laurence King, 2007.
Específica:
• ARNHEIM, Rudolf. Arte e percepção visual: uma psicologia da visão criadora. São Paulo: Pioneira, 1980.
• CÂMARA, Sergio. O Desenho Animado. Lisboa: Editorial Estampa, 2005.
• CARSON, David; BLACKWELL, Lewis. The end of print: the grafik design of David Carson. San Francisco: Chronicle, 2000.
• CASACUBERTA, David. Creation Colectiva. En Internet el creador es el publico. Barcelona: Gedisa, 2003.
• CHION, Michel. Le son au cinéma. Paris: Cahiers du cinema, 1992.
• COLLARO, A. C. Produção Visual e Gráfica. São Paulo: Summus, 2005.
• COUCHOT, Edmond. A Tecnologia na arte: da fotografia à realidade virtual. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2003.
• FARIAS Agnaldo (ed.). Rico Lins: uma gráfica de fronteira. Rio de Janeiro: Solisluna Editora, 2009.
• FARIAS, Priscila. Tipografia digital: o impacto das novas tecnologias. Rio de Janeiro: 2AB, 2001.
• FARINA, Modesto. Psicodinâmica das cores na comunicação. São Paulo: Blucher, 2006.
• FERRARI, P. Hipertexto, hipermídia: as novas ferramentas da comunicação digital. São Paulo: Contexto, 2007.
• GIL Filho, Vicente. A revolução dos tipos. São Paulo: FAUUSP, 1999. Tese de Doutorado.
• GODFREY, Janson. BiblioGráfico: 100 livros clássicos sobre design gráfico. São Paulo: Cosac Naify, 2009.
• GUIMARÃES, L. A cor como Informação: a construção biofísica, lingüística e cultural da simbologia das cores. São Paulo: Annablume, 2000.
• HELLER, Steven. Merz to Emigre and beyond: avant-garde magazine design of the twentieth century. London; New York: Phaidon Press, 2003.
• HELLER, Eva. Psicologia das cores: como as cores afetam a emoção e a razão. São Paulo: GG, 2012.
• LINDEN, Shopie Van der. Para Ler o Livro Ilustrado. São Paulo: Cosac Naify, 2011.
• LUCENA, Alberto Júnior. Arte da Animação. São Paulo: Senac, 2002.
• LUPTON, Ellen. Intuição, Ação, Criação. Graphic Design Thinking. São Paulo: Gustavo Gili, 2013.
• LUPTON, E. e Phillips, J. C. Novos fundamentos do design. São Paulo: Cosac Naify, 2008.
• LUZ, Alan R. da. Vídeo Games: história, linguagem e expressão gráfica. São Paulo: Blucher, 2010.
• MACHADO, Arlindo (Org.). Made in Brasil: três décadas de vídeo brasileiro. São Paulo: Iluminuras/Itaú Cultural, 2007.
• MACHADO, Regina. Acordais: Fundamentos teórico-poéticos da arte de contar histórias. São Paulo: DCL, 2004.
• MARTIN, Marcel. A linguagem cinematográfica. Tradução Paulo Neves. São Paulo: Brasiliense, 2003.
• MOHERDAUI, L. Guia de estilo web: produção e edição de notícias on-line. 3 ed. São Paulo: SENAC, 2007.
• MONGELLI, Lenia Marcia de Medeiros. A estética da ilustração: textos doutrinários comentados. São Paulo: Atlas, 1992.
• VASSÃO, Caio Adorno. Metadesign: ferramentas, estratégias e ética para a complexidade. São Paulo, Blucher, 2010.
• MACHADO, Ludmila A. Design e Linguagem Cinematográfica: narrativa visual e projeto. São Paulo: Blucher, 2011.
• MELO, Chico H. de; RAMOS, Elaine C. Linha do Tempo do Desenho Gráfico no Brasil. São Paulo: Cosac Naify, 2012.
• MUNARI, Bruno. Artista e designer. Lisboa: Presença, 1990.
• MUNARI, Bruno. Design e comunicação visual. São Paulo: Martins Fontes, 1982.
• NEWS DESIGN. The Best of Newspaper Design: 26th Edition. Gloucester (EUA); Rockport, 2005.
• OLIVEIRA, Sandra Ramalho e. Imagem também se lê. São Paulo, Edições Rosari, 2005.
• OSTROWER, Fayga. Criatividade e processos de criação. Petrópolis: Vozes, 1993.
• PAIVA, Ana Paula M. de. A Aventura do Livro Experimental. São Paulo EDUSP/ Autêntica, 2010.
• PANOFSKY, Erwin. Significado nas artes visuais. São Paulo: Perspectiva, 1976.
• PICCIARELLI, Sergio. Encartes especiais: a mídia impressa em busca de novas formas de comunicar. São Paulo: Sergio Picciarelli, 2009.
• ROLLINS, Andrew; ADAMS, Ernest. On Game Design. Berkeley: New Riders, 2003.
• SALLES, Cecília Almeida. Gesto inacabado. Processo de criação artística. São Paulo: Annablume, 2007.
• SCHLITTLER, João Paulo A. TV Digital Interativa: convergência das mídias e interface do usuário. São Paulo: Blucher, 2011.
• SILVEIRA, Paulo. A página violada: da ternura à injúria na construção do livro de artista. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2001.
• STRAUB, Ericson (ed.) ABC do Rendering. Curitiba, PR: Infolio Editorial, 2004.
• THE SOCIETY OF PUBLICATION DESIGNERS. SPD Solid Gold: 40 Years of Award Winning Magazine Design. Gloucester: EW Rockport, 2005.
• VASSÃO, Caio Adorno. Metadesign: ferramentas, estratégias e ética para a complexidade. São Paulo, Blucher, 2010.
• WEISNER, Will. Narrativas Gráficas. São Paulo: Devir, 2013.
• WIEDEMANN, Julius. Animation Now. São Paulo: Taschen, 2004.

Algumas Referências para Ilustração:
• Quadrinhos:
V DE VINGANÇA Alan Moore e David Lloyd
A LIGA EXTRAORDINÁRIA VOLUMES 1 e 2 Alan Moore e Kevin O'Neill
WATCHMEN Alan Moore e Dave Gibbons
DO INFERNO Alan Moore e Eddie Campbell
A PIADA MORTALl Alan Moore e Brian Bolland
SIN CITY Frank Miller
BATMAN ANO UM Frank Miller e Mazzuchelli
CAVALEIRO DAS TREVAS 1 Frank Miller
OS 300 DE ESPARTA Frank Miller
SUPERMAN: AS QUATRO ESTAÇÕES Jeph Loeb e Tim Sale
BATMAN: O LONGO DIA DAS BRUXAS Jeph Loeb e Tim Sale
PIRATAS DO TIETÊ Laerte
OVERMAN Laerte
GARFIELD Jim Davis
PEANUTS Charles Schulz
MAFALDA Quino
CALVIN & HAROLDO Bill Watterson
ARAGONÉS DESTRÓI O UNIVERSO DC Sérgio Aragonés
ARAGONÉS MASSACRA O UNIVERSO MARVEL Sérgio Aragonés
NOME DO JOGO Will Eisner
AVENIDA DROPSIE Will Eisner
SANDMAN Neil Gaiman.

Veja também:
• Andrew Loomis: CREATIVE ILLUSTRATION, DRAWING FIGURE FOR ALL IT´S WORTH, DRAWING HEADS AND HANDS, e FUN WITH A PENCIL.
 

Clique para consultar os requisitos para AUP2305

Clique para consultar o oferecimento para AUP2305

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP