Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
 
Projetos
 
Disciplina: AUP2405 - Design para o Mundo Real
Design for the Real World

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2012 Desativação:

Objetivos
1)Apresentar um panorama histórico do design voltado para a compulsão do consumo e do design voltado para o atendimento das necessidades humanas e sociais.
2)Discutir a questão dos modelos do design simples, do design útil e do design fútil.
3)Analisar a questão das estratégias do desperdício e obsolescência planejada, na sua origem e nos produtos atuais.
4)Analisar a relação entre progresso técnico e progresso humano.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
506352 - Cristiane Aun Bertoldi
 
Programa Resumido
Aulas teóricas,
Estudos de casos;
Apresentação e debates dos trabalhos discentes.
 
 
 
Programa
O design americano dos anos 20/30. As autoestradas americanas e a moradia nos subúrbios. O “dever de consumir” do cidadão americano no pós-guerra. Raymond Loewy e Henry Dreyfuss. Vance Packard e Ralf Nader. A obsolescência planejada e as novas técnicas de convencer. A vitória da obsolescência nos computadores e na fotografia digital. O consumismo hoje. O branding, o marketing e o merchandising. Produtos úteis e produtos fúteis. A complicação desnecessária. Atendimento eletrônico bancário – facilidade de uso ou desemprego planejado. As “modas”, as “tendências”, a necessidade de pertencer ao grupo e os conceitos de “contemporaneidade”. Necessidades e vaidades egoísticas e suas consequências sociais. O design com fetiche. Análise de produtos e de informações.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Caso viável pelo número de alunos os trabalhos serão desenvolvidos por equipes de, no máximo, três alunos.
Ensaios preliminares.
Estudos de casos de produtos atuais.
Seminários, debates e apresentações.
Critério
Presença e participação nas atividades de classe.
Desenvolvimento dos trabalhos.
Qualidade do resultado final e de sua apresentação.
Norma de Recuperação
Poderá haver recuperação para o aluno, ou grupo, que, embora tenha apresentado um trabalho de qualidade, não tenha conseguido formalizar a sua apresentação final.
De acordo com normas da USP, só terão direito à recuperação alunos com presenta (70% ou mais) e nota superior a 3,0 (três).
 
Bibliografia
     
ANDREWS, EDGARD; ANDREWS, FAITH. Shaker furniture: the craftsmanship of an american communal sect. New York: Dover Publications, 1964.
BISHOP, TERRY. Design history: fad or function? London: Design Council: 1978
CONRAM, TERENCE; FRASER, MAX. Designers on design. New York: Conran Octopus, 2004.
DAHLIN, TORSTEN et alii. The human dimension: Swedish industrial design. Stokholm: Svensk Industridesign, 1994.
DREYFUSS, HENRY. Designing for people. New York: Grossman Publishers. 1974.
DUITS, THIMO te. The origin of things. Rotterdam: NAi Publisher, 2003.
FERNÁNDEZ, SILVIA; BONSIEPE, GUI. Historia del deseño em América Latina y el Caribe. São Paulo: Editora Blücher, 2008.
FLINCHUM, RUSSEL. Henry Dreyfuss industrial designer: the man in the brown suit. New York: Cooper-Hewitt National Design Museum. 1997.
FORTY, ADRIAN. Objetos de desejo. São Paulo: Cosac Naify, 2007.
GLOAG, JOHN.A social history of furniture. New York: Bonanza Books,
HAWKEN, PAUL. The ecology of commerce – a declaration of sustainability. New York: HarperColims Publishers, 1993.
KAO, JOHN. The new business of design. New York: Allworth Press, 1996.
KELLEY, TOM. The ten faces os innovation. New York: Corrency Doubleday, 2005.
KELLEY, TOM. The art of innovation. New York: Corrency Doubleday, 2001.
KEPES, GYORGY (org.). L`objet créé par l`homme. Bruxelas: La connaissance, 1968
KEPES, GYORGY (org.). Éducation de la vision. Bruxelas: La connaissance, 1967
KUNKEL, PAUL, Apple design. New York: Graphis Inc, 1997.
LINDINGER, HERBERT. Ulm design: the morality of objects. Cambridge: The MIT Press, 1991.
LOEWY, RAYMOND. Industrial design. London: Faber and Faber, 1979.
LONGINOTTI-BUITONI, GIAN LUIGI. Vendendo sonhos – como deixar qualquer produto irresistível. São Paulo: Negócio Editora Ltda., 2000.
MAHEU, JEAN. Désign: actuali´tes fin de siècle. Paris: Centre Georges Pompidou, 1986.
MANZINI, EZIO. The material of invention: materials and design. Cambridge: The MIT Press, 1989.
MANZINI, EZIO; VEZZOLI, CARLO. O desenvolvimento de produtos sustentáveis: os requisitos ambientais dos produtos industriais. São Paulo: Edusp, 2002.
MARCUS, GEORGE H. Functionalist design: an ongoing history. New York: Prestel, 1995.
McDONOUGH, WILLIAM; BRAUNGART, MICHAEL. Cradle to cradle: remaking the way we make things. New York: North Point Press, 2002.
MORIN, EDGAR. Cultura de massas no século XX. Rio de Janeiro: Forense, 1967.
NORMAN, DONALD A. The design of everyday things. New York: Currency Doubleday, 1989.
NORMAN, DONALD A. Design emocional. Rio de Janeiro: Editora Rocco Ltda, 2008.
PACKARD, VANCE. Estratégia do desperdício. São Paulo: IBRASA. 1965.
PAPANECK, VICTOR. Design for the real world. New York: Pantheon Books, 1971.
SAAD, ANA LÚCIA. Autocad – atualizações frequentes: avanço tecnológico ou obsolescência programada? São Paulo: FAUUSP: Dissertação MSc. 2001.
TULLIS, TOM; ALBERT, BILL. Measuring the user experience. Burlington: Elsevier, 2008
 

Clique para consultar os requisitos para AUP2405

Clique para consultar o oferecimento para AUP2405

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP