Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Odontologia de Bauru
 
Ciências Biológicas
 
Disciplina: BAB0157 - Fisiologia Prática Aplicada à Odontologia e Fonoaudiologia
Physiology Applied to Dentistry and Speech Language Pathology and Audiology

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 45 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2018 Desativação:

Objetivos
Oferecer bases práticas para a compreensão das funções associadas ao sistema estomatognático e de vias aéreas superiores de interesse para a Odontologia e a Fonoaudiologia. Apresentar métodos objetivos de avaliação de funções como respiração, sono, fala e mastigação, demonstrando seu uso na prática clínica e no desenvolvimento de pesquisas. Fornecer subsídios para que o aluno de graduação possa compreender a importância dos conhecimentos básicos na clínica odontológica e fonoaudiológica. Promover a integração de conhecimentos entre as duas áreas.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
830802 - Inge Elly Kiemle Trindade
2249363 - Ivy Kiemle Trindade Suedam
 
Programa Resumido
Fisiopatologia do sistema estomatognático e das vias áreas de interesse para Odontologia e Fonoaudiologia: respiração, sono, fala e mastigação. Métodos instrumentais de avaliação funcional: eletromiografia, espirometria, polissonografia, rinometria acústica, rinomanometria, técnica fluxo-pressão, nasometria e nasoendoscopia. As fissuras labiopalatinas e anomalias relacionadas como modelo de estudo das disfunções do sistema estomatognático e das vias aéreas.
 
 
 
Programa
1- Fisiopatologia do sistema estomatognático e das vias áreas de interesse para Odontologia e Fonoaudiologia : respiração, sono, fala e mastigação. 2- Métodos instrumentais de avaliação funcional: eletromiografia, espirometria, polissonografia, rinometria acústica, rinomanometria, técnica fluxo-pressão, nasometria e nasoendoscopia. 3- As fissuras labiopalatinas e anomalias relacionadas como modelo de estudo das disfunções do sistema estomatognático e das vias aéreas.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, práticas demonstrativas e seminários.
Critério
Prova escrita e/ou desempenho em seminário e/ou trabalho.
Norma de Recuperação
A prova será aplicada ao final do curso. Não sendo atingida a nota mínima cinco (5,0), outra prova será aplicada com intervalo de 15 dias. A nota final corresponderá à média aritmética simples das duas (2) provas.
 
Bibliografia
     
REFERÊNCIAS BÁSICAS 1. SILVERTHORN, D. U. (2010) Fisiologia Humana – uma abordagem integrada, 5ª ed., Ed. Artmed, RS. 2. HALL, J. E. (2011) Guyton& Hall: Tratado de Fisiologia Médica, 12ª ed., Ed. Elsevier, Rio de Janeiro, RJ. 3. Trindade IEK, Silva Filho OG (coord.). Fissuras labiopalatinas: uma abordagem interdisciplinar. São Paulo: Editora Santos, 2007. p. 87-107. REFERÊNCIAS COMPLEMENTARES 1. Freitas JA, Trindade-Suedam IK, Garib DG, Neves LT, Almeida AL, Yaedú RY, Oliveira TM, Soares S, LaurisRde C, Yamashita RP, Trindade AS Jr, Trindade IE, Pinto JH. Rehabilitative treatment of cleft lip and palate: experience of the Hospital for Rehabilitation of Craniofacial Anomalies/USP (HRAC/USP) - Part 5: institutional outcomes assessment and the role of the Laboratory of Physiology.JAppl Oral Sci. 2013 Jul-Aug;21(4):383-90. 2. Trindade-Suedam IK, Castilho RL, Sampaio-Teixeira AC, Araújo BM, Fukushiro AP, Campos LD, Trindade IE. Rapid Maxillary Expansion Increases Internal Nasal Dimensions of Children With Bilateral Cleft Lip and Palate.Cleft Palate Craniofac J. 2016May;53(3):272-7. 3. Little, Falace e Rhodus, Manejo Odontológico do paciente clinicamente comprometido. 7ª ed, Elsevier.2009 4. Tomographic Pharyngeal Dimensions in Individuals With Unilateral Cleft Lip/Palate and Class III Malocclusion Are Reduced When Compared With Controls.Trindade-Suedam IK, Lima TF, Campos LD, Yaedú RY, Filho HN, Trindade IE. Cleft Palate Craniofac J. 2016 May 5. [Epub ahead of print] 5. Bite force of children with repaired unilateral and bilateral cleft lip and palate.Garcia MA, Rios D, Honório HM, Trindade-Suedam IK. Arch Oral Biol. 2016 Aug;68:83-7. doi: 10.1016/j.archoralbio.2016.03.019. Epub 2016 Mar 31. 6. Obstructive Sleep Apnea Following Pharyngeal Flap Surgery for Velopharyngeal Insufficiency: A Prospective Polysomnographic and Aerodynamic Study in Middle-Aged Adults.Campos LD, Trindade-Suedam IK, Sampaio-Teixeira AC, Yamashita RP, Lauris JR, Lorenzi-Filho G, Trindade IE. CleftPalateCraniofac J. 2016 May;53(3):e53-9. doi: 10.1597/14-152. Epub 2015 Mar 20. 7. Rapid Maxillary Expansion Increases Internal Nasal Dimensions of Children With Bilateral Cleft Lip and Palate. Trindade-Suedam IK, Castilho RL, Sampaio-Teixeira AC, Araújo BM, Fukushiro AP, Campos LD, Trindade IE. Cleft Palate Craniofac J. 2016 May;53(3):272-7. doi: 10.1597/14-244. Epub 2015 Jan 15. 8. Velar activity in individuals with velopharyngeal insufficiency assessed by acoustic rhinometry. Trindade IE, Araújo BM, Teixeira AC, Silva AS, Trindade-Suedam IK. J Appl Oral Sci. 2014 Jul-Aug;22(4):323-30.
 

Clique para consultar os requisitos para BAB0157

Clique para consultar o oferecimento para BAB0157

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP