Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Odontologia de Bauru
 
Fonoaudiologia
 
Disciplina: BAF0275 - Clínica de Fluência – Estágio Supervisionado
Fluency Disorders Clinic – Supervised Internship

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h ( Estágio: 30 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2018 Desativação:

Objetivos
Capacitar o aluno a (a) caracterizar as desordens da fluência em seus aspectos linguísticos e motores, em seus aspectos de produção e processamento de fala e linguagem, (b) conceituar e analisar criticamente as principais linhas teóricas de base, que subsidiam a compreensão dos distúrbios da fluência quanto à definições e causas e também quanto a procedimentos avaliativos e interventivos, (c) analisar e interpretar dados coletados em anamnese e avaliação fonoaudiológica dos distúrbios da fluência em crianças, adolescentes e adultos, para nortear condutas interventivas (encaminhamentos, realização de diagnóstico diferencial e definição de metas terapêuticas), (d) definir metas terapêuticas para a intervenção fonoaudiológica nos distúrbios da fluência em crianças, adolescentes e adultos (ocasionalmente com grupo de pais), assim como estabelecer estratégias terapêuticas e formas de aplica-las de forma a efetivas os objetivos e metas delineados, obedecendo os rigores da ética e da biossegurança inerentes à pratica clinica.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1968349 - Simone Aparecida Lopes Herrera
 
Programa Resumido
Parte teórico-pratica: definição de fluência e disfluência; teorias que embasam a compreensão e estudp dos distúrbios da fluência; caracterizaçãoe sintomatologia dos distúrbios da fluência; parâmetros e cálculos da fluência; anamnese e avaliaçãofonoaudiológica da fluência em todos os seus aspectos multidimensionais; intervençãofonoaudiológica individual e em grupo nos distúrbios da fluência em crianças, jovens e adultos; atuação junto a pais e escolas de crianças e adolescentes com distúrbios da fluência. Parte prática: Realização de atendimento clínico fonoaudiológico em avaliação e intervenção relacionadas às alterações da fluência em crianças, jovens e adultos; participação em supervisão quanto à discussão e aplicabilidade da literatura pertinente sobre as diferentes abordagens e estratégias terapêuticas; elaboração de planejamento terapêutico; realização de atuações diretas e/ou indiretas com a família e a escola de crianças e adolescentes com distúrbios da fluência.
 
 
 
Programa
Parte teórico-prática: - Definição de fluência e disfluência: noções básicas sobre a gagueira (definição, etiologia, incidência, sintomas); diferença entre gagueira e disfluência normal de fala; tipologia das disfluências (gagas e não-gagas). - Teorias sobre a gagueira: aspectos orgânicos da gagueira; neurolinguísticos, psicolinguísticos da gagueira e de outros distúrbios da fluência. Abordagem multidimensional das alterações da fluência. - Definição, caracterização e diagnóstico diferencial dos distúrbios da fluência: gagueira do desenvolvimento, taquifemia, gagueira adquirida (neurológica e psicogênica). - Fatores no desenvolvimento da gagueira (predisponentes, precipitadores e de perpetuação). - Parâmetros e cálculos da disfluência. - Anamnese fonoaudiológica nos distúrbios da fluência. - Avaliação fonoaudiológica nos distúrbios da fluência. - Intervenção fonoaudiológica nos distúrbios da fluência: individual, em grupo e atuação com pais, familiares, cuidadores e educadores/escola. Parte prática: - Realizar atendimentos clínicos de avaliação e intervenção com crianças, jovens ou adultos com distúrbios da fluência (casos a serem definidos para atendimento em supervisão pela professora responsável/supervisora). - Elaboração e aplicação dos procedimentos de avaliação fonoaudiológica nas alterações da fluência, com apresentação de relatórios de anamnese e de avaliação do caso a ser selecionado pela supervisora. - Realizar discussão de casos clínicos, com levantamento bibliográfico necessário ao estudo dos casos clínicos, assim como discussão das diferentes possibilidades de abordagens terapêuticas fonoaudiológicas e discussão e preparação de estratégias terapêuticas para intervenção fonoaudiológica.
 
 
 
Avaliação
     
Método
- Aulas expositivas dialogadas. - Estudo dos textos indicados em supervisão. - Aula Expositiva Dialogada - Estudo de texto - Problematização - Estudo de caso clínico - Atendimentos clínicos supervisionados - Supervisões clinicas com discussão de casos - Discussões de casos clínicos - Provas e arguições orais e/ou escritas a critério do supervisor.
Critério
- Participação nas atividades propostas - Embasamento teórico-prático, a ser verificado a critério do supervisor, com argüições durante o atendimento ou supervisão e/ou provas orais e/ou escritas. - Pontualidade - Assiduidade - Capacidade de resolução de problemas - Elaboração de fichas, relatórios e planejamentos solicitados - Participação em supervisão - Capacidade de atuar em equipe interdisciplinar
Norma de Recuperação
A disciplina não oferece recuperação.
 
Bibliografia
     
BIBLIOGRAFIA BÁSICA: 1. ANDRADE, C. R. F.; et. al. ABFW: Teste de linguagem infantil nas áreas de Fonologia, Vocabulário, Fluência e Pragmática. Carapicuiba (SP): Pró–Fono, 2000. 90 p. 2. ANDRADE, C.R.F. Gagueira Infantil: risco, diagnóstico e programas terapêuticos. Carapicuíba (SP): Pró-Fono, 2006. 184 p. 3. ANDRADE, C.R.F. (ORG) Adolescentes e Adultos com Gagueira: fundamentos e aplicações clínicas. Carapicuíba (SP): Pro-fono, 2017. 4. RIBEIRO, I.M. (Org.) Conhecimentos essenciais para atender bem a pessoa com queixa de gagueira. São José dos Campos: Pulso, 2003. 5. MARCHESAN, I.Q. et al Tratado Das Especialidades Em Fonoaudiologia. São Paulo: Roca, 2014. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: 1. ANDRADE, C.R.F. de A gagueira e o processo de comunicação humana. In: LIMONGI, S.C.O. (Org.) Fonoaudiologia: informação para formação. Linguagem: desenvolvimento normal. Alterações e Distúrbios. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003. 2. ANDRADE, C.R.F. de Programa fonoaudiológico de promoção da fluência em adultos gagos: tratamento e manutenção. In: LIMONGI, S.C.O. (Org.) Fonoaudiologia: informação para formação. Linguagem: procedimentos terapêuticos. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003. 3. ANDRADE, C.R.F. de Gagueira Infantil. In: ANDRADE, C.R.F. de; MARCONDES, S.E. (Org.) Fonoaudiologia em pediatria. São Paulo: Editora Sarvier, 2003. 4. JAKUBOVICZ, R. A gagueira – teoria e tratamento de adultos e crianças. Rio de Janeiro: Revinter, 2016.. 5. MEIRA, I. Gagueira. In: GOLDFELD, M. (Org.) Fundamentos em Fonoaudiologia: linguagem. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1998. 6. SCHIEFER, A.M. Abordagem psicolingüística da fluência. In: FERREIRA, L.P.; BEFI-LOPES, D.M.; LIMONGI, S.C.O. (Org.) Tratado de Fonoaudiologia. São Paulo: Roca, 2004.
 

Clique para consultar os requisitos para BAF0275

Clique para consultar o oferecimento para BAF0275

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP