Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Odontologia de Bauru
 
Odontopediatria, Ortodontia e Saúde Coletiva
 
Disciplina: BAO0518 - Eixo Tutorial IV
Tutorial Axis IV

Créditos Aula: 6
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
1) Compreender os conceitos básicos dos processos patológicos do organismo humano, habilitando-os a saber as etiologias das doenças, seus mecanismos formadores e as alterações anatômicas e funcionais que esses processos desencadeiam. 2) Compreender os mecanismos de agressão dos microrganismos, os mecanismos imunológicos de proteção e patogenia nas doenças infecciosas; Identificar os métodos adequados ao auxílio diagnóstico (clínico, microbiológico, parasitológico, imunológico e patológico), bem como saber interpretar os respectivos resultados; Identificar os sinais e sintomas associados às doenças infecciosas. 3) Conhecer o processo da proliferação celular normal e patológico. Entender as respostas moleculares e celulares frente aos agravos que ocorrem diuturnamente às células. Familiarizar-se com os métodos diagnósticos, os tratamentos clássicos das doenças proliferativas e os diferentes rumos da pesquisa científica na área.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
8430039 - Cristiano Tonello
2358497 - Luiz Fernando Ferraz da Silva
 
Programa Resumido
1) Reação inflamatória aguda e crônica, as células e mediadores envolvidos, manifestações sistêmicas. Angiogênese e reparação. Alterações do crescimento e da diferenciação celular. Bases moleculares. Oncogênese. Fatores biopatogênicos, ambientais e genéticos envolvidos em patologias humanas. Distúrbios circulatórios. Aterosclerose; 2) Principais doenças infecciosas existentes no Brasil e no mundo, com ênfase nas de maior incidência local, discutindo epidemiologia, fisiopatologia, manifestações clínicas, diagnóstico, tratamento e prevenção dessas doenças. Doenças produzidas por bactérias, virus e fungos; 3) O papel dos proto-oncogenes, oncogenes e dos genes supressores tumorais na multiplicação celular; Métodos diagnósticos de neoplasias (biologia molecular, citologia); Tratamento de neoplasias (cirúrgico, radioterapia, quimioterapia); Suporte clínico e psicológico do paciente com câncer. Mecanismos de adaptação celular; Diferenciação entre neoplasia benigna e maligna; Estudo da Angiogênese; Fatores de risco de agentes físicos que podem induzir câncer; Métodos diagnósticos do câncer de pele (biópsia e histologia).
 
 
 
Programa
1) Inflamação aguda (fenômenos vasculares e exsudativos, mediadores químicos envolvidos). Inflamação aguda (fenômenos exsudativos-celulares e mediadores químicos envolvidos). Classificação da inflamação. Inflamação crônica. Inflamação crônica granulomatosa. Formas especiais de inflamação. Distúrbios da circulação: Hiperemia, Edema, Hemorragia, Choque, Trombose, Embolia, Isquemia e Infarto; 2) Bactérias, fungos e vírus: morfologia, fisiologia e ecologia. Mecanismos de ação das principais infecções humanas. Noções sobre epidemiologia, diagnóstico e tratamento. Técnicas de isolamento e identificação laboratorial dos principais microrganismos causadores de infecções humanas; 3) Ação antineoplásica do sistema imune. NEOPLASIAS: Neoplasia benigna; tipos de tumores; localização. Oncogênese: Fatores genéticos; Padrões de herança e câncer; Processos metastáticos; Distúrbios metabólicos nos processos proliferativos; Fatores de risco biológicos, físicos, químicos. Métodos Diagnósticos: Citologia e biópsia; Princípios de Imunohistoquímica; Diagnóstico em Biologia Molecular; Diagnóstico Preditivo. Princípios de Tratamento e Suporte Psicológico e Clínico. Obsevações do Programa: - No início do semestre letivo será disponibilizado para todos os estudantes, um manual com as regras específicas da disciplina, incluindo potenciais adaptações e ajustes imediatos em elementos da presente ementa, bem como detalhamento das estratégias de avaliação quando aplicável; - A carga horária trabalho está vinculada às atividades de preparação do aluno para as estratégias e metodologias ativas, a serem desenvolvidas com flexibilidade nas áreas apropriadas da grade horária (janelas / períodos de estudo/trabalho); - A carga horária efetiva compreende as atividades presenciais e tempo protegido para a preparação de atividades extra-classe e pode variar discretamente em função de feriados e outros eventos. As datas das provas contam como carga horária da disciplina.
 
 
 
Avaliação
     
Método
A disciplina é composta por três módulos sequenciais. Ao fim de cada módulo será realizada uma avaliação somativa com componentes teóricos e/ou práticos e avaliações formativas pelo docente e interpares. A nota de cada módulo será composta da seguinte forma: NOTA MODULO: Nota Avaliação Somativa X (0,8) + Nota Avaliação Formativa pelo Docente X (0,1) + Nota Avaliação Formativa Interpares X (0,1) Ao fim do semestre será realizada uma avaliação de habilidades no modelo OSCE (Objective Structured Clinical Examination) A nota final levará em conta a média das avaliações dos módulos e o OSCE na seguinte proporção NOTA FINAL = Média da Avaliação Módulos X (0,85) + Nota OSCE X (0,15)
Critério
Serão aprovados os estudantes que obtiverem NOTA FINALigual ou superior a 5,0 E no mínimo 70% de frequência nas atividades da disciplina. Estudantes que obtiverem nota entre 3,0 e 4,9 deverão fazer a segunda avaliação (recuperação). Os estudantes com nota inferior a 3,0 serão considerados reprovados, sem direito a nova avaliação.
Norma de Recuperação
Terão direito à segunda avaliação (recuperação) os estudantes que obtiverem nota entre 3,0 e 4,9 e que tiverem obtido frequência mínima de 70% às atividades da disciplina. Observação: Em caso de aplicação de Avaliação Independente – como teste do progresso ou outras estratégias interinstitucionais ou supra-disciplinares, a nota obtida (em escala ajustada) comporá a NOTA FINAL da disciplina com peso 0,1, passando a Média dos Módulos a ter peso 0,75. Neste caso esta informação deverá estar presente no manual da disciplina no INICIO do semestre letivo
 
Bibliografia
     
Bibliografia Básica: ABBAS, A. K.; LICHTMAN, A. H.; PILLAI, S. Imunologia celular e molecular. 8. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015. 536 p. CONSOLARO, A. Inflamação e reparo: um sílabo para a compreensão clínica e implicações terapêuticas. 2. ed. Maringá: Dental Press, 2015. 509 p. FOCACCIA, R. (Ed.). Tratado de infectologia. 5. ed. rev. atual. São Paulo: Atheneu, 2015. 2 v. KUMAR, V.; ABBAS, A. K.; ASTER, J. C. Robbins & Cotran patologia: bases patológicas das doenças. 9. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2016. 1440 p. Bibliografia Complementar: CHAIMOWICZ, F. Saúde do idoso. 2. ed. Belo Horizonte: NESCON UFMG, 2013. 167 p. Disponível em: https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/3836.pdf. Acesso em: 18 set. 2019. GOLAN, D. E. et al. Princípios de farmacologia: a base fisiopatológica da farmacoterapia. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018. 950 p.
 

Clique para consultar os requisitos para BAO0518

Clique para consultar o oferecimento para BAO0518

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP