Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto de Biociências
 
Botânica
 
Disciplina: BIB0142 - Forma e Função no Desenvolvimento Vegetal
Structure and Function in Plant Development

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 4 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2018 Desativação:

Objetivos
Apresentar um panorama amplo da diversidade de estruturas das plantas associado aos processos e mecanismos de seu funcionamento, em nível celular, tecidual e do organismo, ao longo do ciclo de vida.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
42755 - Gilberto Barbante Kerbauy
902292 - Gladys Flávia de Albuquerque Melo de Pinna
64882 - Helenice Mercier
4850246 - Luciano Freschi
 
Programa Resumido
Estrutura geral da célula vegetal e aspectos evolutivos. Atividade meristemática, morfoanatomia de raiz, caule e folha em diferentes grupos. Crescimento primário e secundário. Diversidade floral. Embriogênese. Germinação. Movimentos das plantas. Controle do desenvolvimento caulinar e radicular.
 
 
 
Programa
1. Célula Vegetal: formação e estrutural da parede celular, estrutura e função dos vacúolos e plastídios. 2. Meristemas: estabelecimento das regiões meristemáticas no embrião, organização do meristema apical caulinar e radicular, controle hormonal e gênico durante a embriogênese. 3. Diferenciação estrutural dos tecidos meristemáticos primários: protoderme, tecido de preenchimento e procâmbio. 4. Sistema radicular: diversidade morfoanatômica, sinalização hormonal e formação das raízes primárias e laterais. 5. Sistema caulinar: diversidade morfoanatômica, sinalização hormonal e dominância apical no desenvolvimento do sistema caulinar. 6. Controle da fotomorfogênese e tropismos. 7. Desenvolvimento floral: indução floral, fotoperiodismo, controle gênico durante a formação floral e diversidade morfológica nos grandes grupos. 8. Frutificação: formação, desenvolvimento e amadurecimento, frutos climatéricos e não climatéricos e armazenamento pós-colheita. 9. Discussão sobre a abordagem dos temas conceituais da disciplina na Educação Básica.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Provas teóricas; discussões em sala; seminários.
Critério
A nota final será calculada através da média das notas de todas as atividades pontuadas em escala de 0 a 10. Pesos diferentes à cada atividade serão divulgados, se necessário, no início da disciplina. O aluno será aprovado quando a nota final for igual ou superior a 5,0 (cinco).
Norma de Recuperação
Recuperação como resultado de média ponderada entre a nota da primeira avaliação e avaliação de recuperação abrangendo todo o conteúdo estudado.
 
Bibliografia
     
Básica: KERBAUY, G.B. 2004. Fisiologia Vegetal. Editora Guanabara-Koogan S.A., Rio de Janeiro. 452p. RAVEN, P., R. EVERT & S. EICHHORN. 2006. Biologia Vegetal. 7a ed. Editora Guanabara-Koogan S.A., Rio de Janeiro. 452p. MENEZES, N.L., PIRANI, J.R., GIULIETTI, A.M. et al. 2006. Anatomia e Morfologia de plantas vasculares. Apostila Didática, Dep. Botânica, USP. THAIZ. L. & E. ZEIGER, E. 2004. Fisiologia Vegetal. 3a ed. Artmed Editora. Porto Alegre. 719p. Complementar: CECCANTINI, G. T. 2006. Os tecidos vegetais têm três dimensões. Revista Brasil. Bot., v.29, n.2, p.335-337. Disponível em: http://www.botanicaonline.com.br/geral/arquivos/bmaterial2.pdf URSI, S., BRASIL, B & NAKAMURA, C. 2012. Observando flores: identificação dos tipos básicos de corola. Departamento de Botânica, IB-USP. Disponível em: http://www.botanicaonline.com.br/geral/arquivos/Observando flores Ursi et al 2012.pdf
 

Clique para consultar os requisitos para BIB0142

Clique para consultar o oferecimento para BIB0142

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP