Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto de Biociências
 
Ecologia
 
Disciplina: BIE0320 - Ecologia de Populações e Comunidades Vegetais
Population and Community Ecology of Plants

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2016 Desativação:

Objetivos
Conhecer e explorar os fatores e processos determinantes da distribuição e das abundâncias dos vegetais, usando como estratégia de ensino a análise crítica de artigos científicos (textos para leitura em inglês), associada a aulas expositivas e ao conhecimento de abordagens analíticas.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
5493601 - Adriana Maria Zanforlin Martini
198471 - Alexandre Adalardo de Oliveira
3447762 - Paulo Inácio de Knegt López de Prado
 
Programa Resumido
- Dinâmica de populações vegetais - Estrutura de populações vegetais - Dinâmica de comunidades vegetais - Estrutura de comunidades vegetais
 
 
 
Programa
Módulo 1 - Dinâmica de populações vegetais - Definição - Métodos de análise de dados: análise de padrões temporais; modelos de crescimento populacional; modelos matriciais; análise de sensibilidade e elasticidade; estocasticidade ambiental e demográfica. Obs.: a cada ano de oferecimento da disciplina, um tipo de método será abordado de forma mais aprofundada e os demais serão apresentados em aula expositiva. - Principais contextos teóricos: processos relacionados a mudanças temporais em populações; efeitos dependentes e independentes da densidade; modelo Janzen-Connell (distância e densidade); interações com inimigos naturais; interações competitivas; interações de facilitação. Módulo 2 - Estrutura de populações vegetais - Definição - Métodos de análise de dados: estrutura espacial em diferentes escalas; índices de agregação; uso de testes de Monte Carlo para avaliar significância. Obs.: a cada ano de oferecimento da disciplina, um tipo de método será abordado de forma mais aprofundada e os demais serão apresentados em aula expositiva. - Principais contextos teóricos: relações entre padrões e processos; processos baseados em nicho; associação com habitats; limitação de dispersão; importância da estrutura espacial na análise de interações ecológicas. Módulo 3 - Dinâmica de comunidades vegetais - Definição - Métodos de análise de dados: modelos de dinâmica estocástica; modelos de soma zero; simulação de modelos neutros; modelos de metacomunidade com e sem migração. - Principais contextos teóricos: teoria neutra da biodiversidade; biogeografia de ilhas; estocasticidade demográfica; processos baseados em nicho; processos de dispersão e migração; processos estabilizadores e equalizadores. Módulo 4 - Estrutura de comunidades vegetais - Definição - Métodos de análise de dados: índices de similaridade; métodos multivariados de análise de estrutura de comunidades; relações filogenéticas em comunidades vegetais. Obs.: a cada ano de oferecimento da disciplina, um tipo de método será abordado de forma mais aprofundada e os demais serão apresentados em aula expositiva. - Principais contextos teóricos: padrões e processos relacionados a riqueza, abundância e composição de espécies em comunidades vegetais; componentes da diversidade (alfa, beta e gama); mecanismos de coexistência de espécies; processos neutros; processos baseados em nicho; história e filogeografia.
 
 
 
Avaliação
     
Método
- Fichas de leitura e análise crítica de um conjunto de artigos científicos para cada módulo da disciplina. - Participação em discussões de artigos científicos em sala de aula. - Relatório de aula prática de campo (quando houver viagem de campo). - Apresentação de trabalho final.
Critério
- Média ponderada das atividades desenvolvidas, cujos pesos serão definidos no início de cada semestre.
Norma de Recuperação
Não haverá recuperação.
 
Bibliografia
     
- Begon, M., Townsend, C.R., Harper, J.L. 2007. Ecologia: de Indivíduos a Ecossistemas. Ed. Artmed, São Paulo. - Gotelli, N. 2007. Ecologia. Ed. Planta. Londrina. - Gurevitch, J., Scheiner, S.M., Fox, G.A. 2009. Ecologia Vegetal. Ed. Artmed, São Paulo. - Ricklefs, R.E. 2003. A Economia da Natureza. 5ª edição. Editora Guanabara Koogan, Rio de Janeiro - Rizzini, C.T. 1997. Tratado de Fitogeografia do Brasil . 2a. ed. Âmbito Cultural Edições Ltda. - Walter, H. 1986. Vegetação e Zonas Climáticas. EPU Editora, São Paulo. - um conjunto de artigos científicos em inglês será selecionado a cada ano para contemplar os temas principais abordados.
 

Clique para consultar os requisitos para BIE0320

Clique para consultar o oferecimento para BIE0320

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP