Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Biociências
 
Fisiologia
 
Disciplina: BIF0421 - Cronobiologia: Conceitos e Fundamentos
Chronobiology - concepts and fundaments

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2017 Desativação:

Objetivos
1. Introduzir o conceito da dimensão temporal dos fenômenos biológicos. 2. Apresentar as propostas da abordagem cronobiológica: a recorrência cíclica de estados fisiológicos; as características antecipadas dos rítmos biológicos; a universalidade da ocorrência dos rítmos. 3. Caracterizar a pesquisa cronobiológica, salientando simultâneamente as possibilidades de se conrolar variáveis temporais mesmo em um protocolo experimental que não tenha enfoque explicitamente cronobiológico.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
831421 - Gisele Akemi Oda
 
Programa Resumido
O tempo biológico. 2. Ritmos biológicos - história; 3. Fundamentos da cronobiologia; 3a. Endogenicidade x exogenicidade. 3b. Relógios biológicos: conceitos e propriedades. 3c. Importância da sincronização: papel fisiológico e ecológico. 3d. Parâmetros cronobiológicos fundamentais: oscilador, período, freqüência, amplitude. 4. Espectro dos ritmos biológicos; 4a. Ritmos circadianos; 4b. Ritmos ultradianos; 4c. Ritmos infradianos; 4d. Organização temporal interna; 5. Componentes cronobiológicos de fenômenos ecológicos e comportamentais; 5a. Relações intra-específicas (comportamento de coleta de alimento, corte e acasalamento etc). 5b. Relações inter-específicas (predação, marcação e defesa de território, divisão de fontes de alimentos etc). 6. Fotoperiodismo e termoperiodismo; 6a. Estratégias sazonais, 6b. Quiescência. 7. Ontogênese de ritmos. 8. Genética e biologia molecular de ritmos. 9. Evolução. 9a. Evolução da ritmicidade biológica. 9b. Papel dos ritmos biológicos na especiação.
 
 
 
Programa
O tempo biológico. 2. Ritmos biológicos - história; 3. Fundamentos da cronobiologia; 3a. Endogenicidade x exogenicidade. 3b. Relógios biológicos: conceitos e propriedades. 3c. Importância da sincronização: papel fisiológico e ecológico. 3d. Parâmetros cronobiológicos fundamentais: oscilador, período, freqüência, amplitude. 4. Espectro dos ritmos biológicos; 4a. Ritmos circadianos; 4b. Ritmos ultradianos; 4c. Ritmos infradianos; 4d. Organização temporal interna; 5. Componentes cronobiológicos de fenômenos ecológicos e comportamentais; 5a. Relações intra-específicas (comportamento de coleta de alimento, corte e acasalamento etc). 5b. Relações inter-específicas (predação, marcação e defesa de território, divisão de fontes de alimentos etc). 6. Fotoperiodismo e termoperiodismo; 6a. Estratégias sazonais, 6b. Quiescência. 7. Ontogênese de ritmos. 8. Genética e biologia molecular de ritmos. 9. Evolução. 9a. Evolução da ritmicidade biológica. 9b. Papel dos ritmos biológicos na especiação.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas teóricas, exercícios teórico-práticos, com discussão em grupos, seminários.
Critério
Entrevistas, relatórios de observações, análise escrita de textos.
Norma de Recuperação
critérios de aprovação e épocas de realização das provas ou trabalhos: Não oferece recuperação.
 
Bibliografia
     
1. Cronobiologia: Princípios e Aplicações. 2003. N. Marques e L. Menna-Barreto (orgs.). 2ª edição. São Paulo, EDUSP-Editora Fiocruz. 2. Moore-Ede, M.C., Sulzman, F.M e Fuller C.A. 1984. The clocks that time us: Physiology of the Circadian Timing System. Commonwealth Fund Publications. 3. HASTINGS, J.W.; B. RUSAK, & Z. BOULOS. 1991. Circadian rhythms: the physiology of biological timing. In: Neural and integrative animal physiology. C.L. PROSSER (ed.). NewYork: Wiley-Liss, Inc. pp. 435-546. 4. DUNLAP, J.C., J.J. LOROS e P. DeCOURSEY, P.J. 2004. Chronobiology: Biological Timekeeping. Sinauer Associates, Inc. Publishers. Sunderland, Massachusetts. 5. Foster, R.G. e Kreitzman, L. 2005. Rhythms of Life - The Biologicak Clocks that Control the Daily Lives of Every Living Thing. Yale University Press, New Haven. 6. Foster, R.G. e Freitzman, L. 2009. Seasons of Life - The Biological Rhythms that Enable Living thimgs to Thrive and Survive. Yale University Press, New Haven.
 

Clique para consultar os requisitos para BIF0421

Clique para consultar o oferecimento para BIF0421

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP