Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Biociências
 
Zoologia
 
Disciplina: BIZ0429 - Annelida - Morfologia, Biologia e Taxonomia das Principais Famílias
Annelida - Morphology, biology and taxonomy of main families

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2014 Desativação:

Objetivos
Propiciar aos estudantes conhecimentos teóricos e práticos que lhes permitam: 1. Caracterizar e identificar os principais grupos de Annelida, incluindo “Polychaeta” e Clitellata; 2. Verificar a diversidade morfológica em cada um desses grupos e ser capaz de reconhecer, dentro desta diversidade, caracteres que agrupem tais organismos; 3. Conhecer hábitos dos animais de cada um desses grupos e os ambientes nos quais vivem, para saber relacionar as adaptações morfológicas; 4. Analisar as diferentes propostas de prováveis relações de parentesco entre os táxons internos de anelídeos e emitir opiniões embasadas na morfologia comparada.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1006036 - João Miguel de Matos Nogueira
 
Programa Resumido
Parte teórica: Estudo da biodiversidade de Annelida, através da morfologia, taxonomia e biologia dos principais grupos, Scolecida, Aciculata e Canalipalpata, incluindo os seguintes táxons internos: Clitellata (Oligochaeta e Hirudinomorpha), Capitellidae, poliquetas de escamas em geral, Nereididae, Syllidae, Eunicida (Eunicidae, Lumbrineridae, Dorvilleidae e Histriobdellidae, dentre outros), Sabellida (Sabellidae, Serpulidae e Siboglinidae), Cirratulidae, Terebellidae, Chaetopteridae e Spionidae.
 
 
 
Programa
Parte teórica: Estudo da biodiversidade de Annelida, através da morfologia, taxonomia e biologia dos principais grupos, Scolecida, Aciculata e Canalipalpata, incluindo os seguintes táxons internos: Clitellata (Oligochaeta e Hirudinomorpha), Capitellidae, poliquetas de escamas em geral, Nereididae, Syllidae, Eunicida (Eunicidae, Lumbrineridae, Dorvilleidae e Histriobdellidae, dentre outros), Sabellida (Sabellidae, Serpulidae e Siboglinidae, dentre outros), Cirratuliformia (Acrocirridae, Flabelligeridae e Cirratulidae), Terebelliformia (Alvinellidae, Ampharetidae, Pectinariidae, Terebellidae e Trichobranchidae), Spionida (Chaetopteridae, Magelonidae e Spionidae).
 
 
 
Avaliação
     
Método
Seminários, relatório de excursão de campo e uma prova com consulta ao final do curso.
Critério
Seminários, relatório de excursão de campo e uma prova com consulta ao final do curso.
Norma de Recuperação
Não há
 
Bibliografia
     
AMARAL, A. C. Z., RIZZO, A. E. e ARRUDA, E. P. 2006. Manual de Identificação dos Invertebrados Marinhos da Região Sudeste-Sul do Brasil. EDUSP, 287 p.
BLAKE, J.A., HILBIG, B. e SCOTT, P.H. (eds.). 1997. Taxonomic Atlas of the Benthic Fauna of the Santa Maria Basin and Western Santa Barbara Channel. Volume 4 – The Annelida. Parts 1-4. Santa Barbara Museum of Natural History.
FAUCHALD, K. 1977. The Polychaete Worms. Definitions and keys to ordes, families and genera. Natural History Museum of Los Angeles County, Science series, 28:1-90.
FAUCHALD, K. e ROUSE, G. 1997. Polychaete systematics: past and present. Zool. Scripta 26 (2): 71-138.
FITZHUGH, K. 1989. A systematic revisión of the Sabellidae-Caobangiidae-Sabellongidae complex (Annelida: Polychaeta). Bull. Am. Mus. nat. Hist. 192: 1-104.
FUKUDA, M.V. (2010) Contribuição ao conhecimento taxonômico dos silídeos (Polychaeta: Syllidae) da região sudeste-sul do Brasil. Tese de Doutorado, Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, São Paulo, 340 pp.
HUTCHINGS, P.A. e GLASBY, C.J. 1988. The Amphitritinae (Polychaeta: Terebellidae) from Australia. Rec. Aust. Mus. 40(1): 1-60.
NOGUEIRA, J.M.M. 2000. Anelídeos poliquetas associados a Mussismilia hispida (Verrill, 1868) em ilhas do litoral do Estado de São Paulo. Tese de Doutorado, IB-USP, 265p.
NOGUEIRA, J.M.M.; HUTCHINGS, P.A. & FUKUDA, M.V. 2010. Morphology of terebelliform polychaetes (Annelida: Polychaeta: Terebelliformia), with a focus on Terebellidae. Zootaxa 2460: 1-185.
NOGUEIRA, J.M.M.; FITZHUGH, K. & HUTCHINGS, P.A. 2013. The continuing challenge of phylogenetic relationships in Terebelliformia. Inv. Syst, 27: 186-232.
RIGHI, G. 1966. Invertebrados: a Minhoca. Ibecc. 83 p.
ROUSE, G. e FAUCHALD, K. 1997. Cladistics and Polychaetes. Zool. Scripta 26(2): 139-204.
ROUSE, G. e PLEIJEL, F. 2001. Polychaetes. Oxford University Press. 354 pp.
ROUSSET, V.; PLEIJEL, F.; ROUSE, G.W.; ERSÉUS, C. & SIDDALL, M.E. 2007. A molecular phylogeny of annelids. Cladistics, 23: 41-63.
SAN MARTÍN, G. 1984. Estudio Biogeográfico, Faunístico y Sistemático de los poliquetos de la familia Sílidos (Syllidae: Polychaeta) en Baleares. Tese de Doutorado. Editorial de la Universidad Complutense de Madrid 187: 1-529 p.
SAWYER, R.T. 1986. Leech biology and behaviour. Oxford University Press. 464 p.
STRUCK, T.H.; PAUL, C.; HILL, N.; HARTMANN, S.; HÖSEL, C.; KUBE, M.; LIEB, B.; MEYER, A.; TIEDERMANN, R.; PURSCHKE, G. & BLEIDORN, C. 2011. Phylogenomic analyses unravel annelid evolution. Nature, 471: 95-98.
STRUCK, T.H.; SCHULT, N.; KUSEN, T.; HICKMAN, E.; BLEIDORN, C.; McHUGH, D. & HALANYCH, K. 2007. Annelid phylogeny and the status of Sipuncula and Echiura. BMC Evolutionary Biology, 7: 57.
SHAIN, D.H. 2009. Annelids in Modern Biology. Wiley-Blackwell. 367 p.
 

Clique para consultar os requisitos para BIZ0429

Clique para consultar o oferecimento para BIZ0429

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP