Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Ciências Biomédicas
 
Parasitologia
 
Disciplina: BMP0215 - Parasitologia
Parasitology

Créditos Aula: 8
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2014 Desativação:

Objetivos
O objetivo principal desta disciplina é discutir com os alunos as relações entre os parasitas e seus hospedeiros. Além de uma visão geral sobre protozoários e helmintos, serão enfatizadas as principais endemias humanas, e apresentadas algumas espécies de importância veterinária e de vida livre.
Esta disciplina pretende estimular o raciocínio, a análise crítica e a capacidade de integrar os conhecimentos básicos de Imunologia, Biologia Celular e Molecular com a Parasitologia. Estes são aspectos fundamentais para o estudo da Parasitologia contemporânea, que é multidisciplinar e dinâmica. Serão abordados diversos aspectos das infecções causadas por parasitas visando oferecer aos alunos uma visão abrangente: 1) da organização celular e genômica; 2) dos mecanismos bioquímicos e moleculares peculiares destes eucariotos; 3) da diversidade e estratégias evolutivas destes organismos; 4) da genética e epidemiologia; 5) dos métodos de diagnóstico; 6) da resposta dos hospedeiros; 7) dos mecanismos de patogenicidade e patologias; 8) dos mecanismos de evasão e sobrevivência; 9) da interação parasita-vetor; 10) de alvos, mecanismos de ação e resistência a drogas; 11) de vacinas contra parasitas; 12) das medidas profiláticas.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
140390 - Beatriz Simonsen Stolf Carboni
6627386 - Silvia Beatriz Boscardin
60658 - Silvia Reni Bortolin Uliana
 
Programa Resumido
 
 
 
Programa
1. Introdução
a Conceitos e estratégias evolutivas dos parasitas
b. Principais grupos de parasitas de importância médica
c. Artrópodes de importância médica
2. Protozoários
Trypanosoma cruzi - Doença de Chagas
Outras espécies de tripanossomas (T. rangeli, T. brucei e T. vivax).
Leishmania spp. Leishmanioses: cutânea, muco cutânea e visceral
Entamoeba histolytica - Amebíase
amebas de vida livre (Acanthamoeba e Naegleria)
Giardia e Trichomonas - protozoários cavitários
Plasmodium spp. - Malária
Toxoplasma gondii - Toxoplasmose
Cryptosporidium e Eimeria
3. Helmintos:
a. Trematóides
Schistosoma mansoni – Esquistossomose
b. Cestóides
Taenia solium e Taenia saginata – Teníases e cisticercose
Echinococcus granulosus – Hidatidose
c. Nematóides
Strongyloides stercoralis, Ancilostoma duodenale, Necator americanus, Enterobius vermicularis e Ascaris lumbricoides - Nematóides causadores de infecções intestinais
Wuchereria bancrofti e Onchocerca volvulus - Filarioses


Para contemplar o programa e atingir os objetivos propostos serão ministradas aulas teóricas com a utilização de recursos áudio-visuais, seguidas de aulas práticas e outras atividades tais como: seminários, discussões de artigos científicos e exercícios em grupo. As aulas práticas serão ministradas com a participação efetiva dos alunos, com exercícios teórico-práticos seguidos de discussão. O objetivo é apresentar os diversos parasitas e, com a utilização de alguns modelos, introduzi-los aos principais métodos empregados no estudo de aspectos celulares e moleculares dos parasitas, e das relações destes com seus hospedeiros.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Para a composição da média, serão realizadas provas dissertativas e/ou objetivas com conteúdo cumulativo e outros tipos de atividades (aulas práticas, seminários e grupos de discussão).
Critério
Serão considerados aprovados os estudantes que obtiverem média final igual ou superior a cinco (5,0) e com frequência igual ou superior a 70%. Alunos com média inferior a três (3,0) ou com frequência inferior a 70% serão considerados reprovados na Disciplina, sem direito à Recuperação. Os estudantes reprovados com média entre três (3,0) e quatro e nove (4,9) serão submetidos à Prova de Recuperação, a ser realizada no mesmo semestre letivo. A nota da prova de Recuperação será usada para compor a média final com a nota obtida antes da recuperação.
Norma de Recuperação
Para a realização da prova de recuperação, o aluno deverá ter média igual ou superior a 3,0 (três) e frequência igual ou superior a 70%.
A prova de recuperação será dissertativa e com conteúdo cumulativo, devendo ser realizada no mesmo semestre letivo da disciplina.
 
Bibliografia
     
1) Parasitologia - Parasitos e Doenças Parasitarias do Homem nos Trópicos Ocidentais - – Luís REY – Editora Guanabara Koogan - 4ª Edição.
2) Fundamentos Biológicos da Parasitologia Humana - Marcelo U. FERREIRA, Annete S. FORONDA, Teresinha T. S. SCHUMAKER - Editora Manole - 1ª Edição.

Bibliografia complementar

1) Foundations of Parasitology – Gerald D. Smith and Larry S. Robert (Ed. WCB Publishers)
2) Modern Parasitology – F.E.G.Cox (Ed. Blacwell Scientific Publications).
3) Parasitology: The Biology of Animal Parasites - Noble, E.R. & Noble, E.R. (Ed.Lea & Febiger)

Para os seminários e discussões em grupo serão utilizados artigos recentes, atualizados a cada ano, publicados em periódicos internacionais.
 

Clique para consultar os requisitos para BMP0215

Clique para consultar o oferecimento para BMP0215

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP